All for Joomla All for Webmasters
Foto: MPMG/Divulgação

Polícia

A Operação Higia do Ministério Público (MP), Corregedoria Geral da Polícia Civil, Polícia Militar (PM) e Departamento Penitenciário cumpre 14 mandados de prisão preventiva e 40 de busca e apreensão, na manhã desta terça-feira (28), em Belo Horizonte, Betim, Vespasiano, Ribeirão das Neves e Curvelo.

De acordo com o MP, foram cumpridas buscas nas celas de quatro investigados, que já estavam presos em Patrocínio, no Alto Paranaíba, e Ribeirão das Neves por outros crimes.

As investigações apontaram que uma organização criminosa praticava crimes de corrupção passiva e ativa e lavagem de dinheiro, mediante pagamento de vantagens indevidas a agentes públicos no Departamento Estadual de Combate ao Narcotráfico (Denarc), no Departamento Estadual de Investigação de Crimes Contra o Patrimônio (Depatri) e no Departamento Estadual Investigação Crimes de Trânsito (Deictran).

Os policiais civis investigados recebiam de criminosos, a maioria traficantes de drogas, vantagens para que não houvesse efetivo enfrentamento dos crimes praticados por eles. Os contatos entre policiais civis e criminosos eram intermediados por um advogado, que também teve prisão preventiva decretada.

"Higia"

Na mitologia grega, Higia era a deusa da saúde, limpeza e sanidade, associada com a prevenção da doença e a continuação da boa saúde.

 

0
0
0
s2smodern

Polícia

A Polícia Federal (PF) realizou nesta terça-feira (28) a Operação "Terceiro" em Ribeirão das Neves e em outras cidades de Minas Gerais. A ação teve o objetivo de desmantelar uma organização criminosa envolvida com o tráfico de drogas, precursores químicos e lavagem de dinheiro no estado.

De acordo com a PF, além de Ribeirão das Neves, foram cumpridos mandados de busca e apreensão em Belo Horizonte, Esmeraldas, Juiz de Fora, onde fica a base operacional do grupo.

Ao todo, a Justiça expediu três mandados de prisão preventiva, um mandado de prisão temporária, 12 mandados de busca e apreensão, além de determinar o bloqueio de valores em 20 contas bancárias de investigados e envolvidos, o sequestro de um imóvel de alto padrão e o de diversos veículos envolvidos na lavagem de dinheiro.

Segundo a corporação, a operação se iniciou com a descoberta de um esquema de corrupção no qual o alvo principal corrompeu uma equipe de policial que havia flagrado um dos laboratórios de processamento de drogas instalado em Ribeirão das Neves.

"As investigações revelaram o pagamento de suborno de mais de meio milhão de reais para a soltura de um comparsa e a devolução da carga apreendida", explicou a PF em publicação.

Também foi descoberto que a organização criminosa negociou produtos químicos suficientes para produção de duas toneladas de cocaína e o registro de movimentações patrimoniais e financeiras de cerca de R$ 19,3 milhões nos últimos 10 meses.

0
0
0
s2smodern

Polícia

Uma médica da UPA Joanico, na região central de Ribeirão das Neves, foi acusada nesta segunda-feira (20) de injúria racial. De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima é um homem, de 54 anos, que recebeu atendimento no local.

A filha do paciente acionou a polícia e contou que a médica sugeriu que o pai dela deveria receber "chibatadas" por não tomar a medicação da forma correta. Ainda segundo a mulher, a funcionária teria dito que o problema de hipertensão do paciente está relacionado com a cor da pele dele.

“Tá vendo? Você tem é uma escrava! Você merece tomar umas chibatadas na cara”, teria dito a médica. A frase foi registrada no boletim de ocorrência, a partir do relato da filha da vítima.

A filha da vítima ainda contou que a profissional fez o comentário depois do homem admitir que a companheira separava a medicação para ele, mas que, ainda assim, ele se esquecia de tomar no horário marcado.

A mulher ainda contou que a profissional esfregava a mão várias vezes no braço e, durante a consulta, chamava a atenção pelo fato da pele dela ser branca, enquanto a do paciente era negra.

O paciente confirmou a versão da filha e afirmou que, em dado momento, a médica o chamou de irresponsável por ser negro.

"O senhor é negro e é um irresponsável. Um irresponsável. Você viu quanto estava a sua pressão quando você chegou aqui?", teria dito a médica, a partir do relato do paciente à PM.

A médica negou os fatos. A servidora disse, no boletim de ocorrência, que abordou pai e filha para explicar o quadro clínico do paciente e explicou que o homem não estava tomando a medicação da maneira correta.

A profissional contou aos militares, ainda, que "de maneira científica e técnica", explicou ao paciente que deveria tomar mais cuidado com os limites da pressão arterial pelo fato de ser negro.

Os militares levaram os envolvidos para registro de Termo Circunstanciado de Ocorrência.

0
0
0
s2smodern

Polícia

A Polícia Militar (PM) prendeu três homens suspeitos de assaltar um motorista de aplicativo, na madrugada desta terça-feira (17), no bairro Eliane, em Ribeirão das Neves.

De acordo com a PM, o carro do motorista foi levado pelos ladrões, que estavam armados com facas. Eles fugiram sentido à região central da cidade.

Com o apoio de viaturas, houve rastreamentos e os três foram presos. Com eles, os policiais apreenderam três facas, três celulares, R$ 1.999 em dinheiro e recuperaram o carro roubado.

0
0
0
s2smodern

Polícia

Dois irmãos foram esfaqueados em uma casa na madrugada deste domingo (15), no bairro Jardim Colonial, em Ribeirão das Neves. As duas vítimas, de 27 e 30 anos, chegaram a serem socorridas com vida, porém não resistiram e vieram a óbito.

O irmão mais velho faleceu ainda no Hospital Municipal São Judas Tadeu. Já o mais novo foi transferido para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, em Belo Horizonte, mas também não resistiu.

De acordo com o boletim de ocorrência, o crime foi durante a madrugada na Alameda Pelicanos. As vítimas foram encontradas inconscientes e com perfurações no peito após denúncia anônima.

A perícia esteve no local e a Polícia Civil vai investigar o caso.

0
0
0
s2smodern

Polícia

Um homem de 47 anos tentou matar a ex-mulher a tiros e se matou em seguida na noite desta terça-feira (10) no bairro Botafogo, em Ribeirão das Neves. A filha do casal, de 15 anos, presenciou o crime e tentou proteger a mãe.

De acordo com a Polícia Militar (PM), o casal ficou junto por cerca de 23 anos e estava em processo de separação. O suspeito não aceitava o fim do relacionamento. Ele tinha passagens anteriores por desacato, ameaça e furto.

Na casa, o homem disparou 14 vezes contra a ex-mulher, atingindo as pernas dela. A vítima caiu ao solo e, logo em seguida, o autor tirou a própria vida.

A mulher, que é motorista do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), foi socorrida por vizinhos e levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Justinópolis. Depois, foi transferida para o Hospital João XXIII, em Belo Horizonte.

O corpo do homem foi levado para o Instituto Médico Legal (IML).

0
0
0
s2smodern

Polícia

Um homem de 43 anos foi morto a tiros na noite desta quinta-feira (29) em Ribeirão das Neves. O crime aconteceu no condomínio onde ele morava, no bairro Porto Seguro.

De acordo com a Polícia Militar (PM), vizinhos ouviram os disparos e acionaram o 190. A execução aconteceu no apartamento da vítima, na frente do filho de 7 anos, que viu toda a ação e começou a gritar.

A vítima tinha passagens por tráfico de drogas, por isso a Polícia acredita que o crime tenha sido um acerto de contas.

O condomínio tem câmeras de segurança. A PM teve acesso às imagens e conseguiu identificar que o suspeito do crime andou entre os prédios até encontrar o apartamento da vítima. Ele efetuou os disparos na porta e fugiu pelo estacionamento.

Até o momento, o suspeito não foi preso.

0
0
0
s2smodern

Polícia

Um foragido da Justiça trocou tiros com a Polícia Militar de Minas Gerais, em Ribeirão das Neves, nesta quarta-feira (28). Durante o confronto, o foragido foi baleado e morreu.

De acordo com a Polícia Militar, o homem, de 26 anos, tinha 3 mandados de prisão expedidos pela Justiça do Espírito Santo e um pela Justiça de Minas.

Ainda segundo a PM, o homem estaria recebendo a cobertura de um comparsa de 20 anos, que também acabou morrendo no confronto.

A companheira do foragido, de 18 anos, foi presa na ocorrência, porque no local do crime foram encontrados uma quantidade de maconha, cocaína, três armas que foram utilizadas contra os policiais, além de diversas munições.

0
0
0
s2smodern

Polícia

O projeto de lei do acordo com a Vale vai destinar, por meio de uma emenda dos deputados, R$ 1,5 bilhão aos municípios mineiros de forma proporcional à população de cada cidade.

Embora mudanças possam ocorrer, elas não deverão ser feitas na quantia já definida que cada cidade vai receber. Pelo acordo encaminhado, estima-se que Ribeirão das Neves vai receber R$ 15 milhões, mesmo valor que municípios como Betim, Montes Claros, Uberaba, Governador Valadares, Ipatinga, Sete Lagoas, Divinópolis e Santa Luzia.

Cada prefeitura vai poder decidir em quais obras irá gastar o dinheiro, desde que esteja em conformidade com o que foi definido no acordo com a Vale.

Os deputados dividiram os recursos de acordo com faixas populacionais conforme a população estimada pelo IBGE para 2019. A cidade que mais vai receber é Belo Horizonte, com R$ 50 milhões, enquanto os menores municípios irão receber pelo menos R$ 750 mil.

0
0
0
s2smodern

Quatro pessoas foram baleadas na noite desta terça-feira (6) na avenida Denise Cristina da Rocha, em Justinópolis, durante um emboscada.

De acordo com a Polícia Militar (PM), o alvo era um homem que tinha acabado de sair da Penitenciária José Maria Alkimim. O carro onde ele estava foi seguido e, ao chegar a Justinópolis, houve o tiroteio.

Os baleados foram socorridos e chegaram conscientes à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Justinópolis.

Dos quatro atingidos, dois já foram liberados e apenas uma mulher, esposa do homem que era o alvo, precisou ser transferida para o Hospital Risoleta Tolentino Neves, em Belo Horizonte, porque foi atingida por quatro tiros.

A policia suspeita que os autores dos disparos sejam rivais deste homem que estava preso por tráfico de drogas.

 

0
0
0
s2smodern

A Polícia Federal (PF) cumpriu, nesta terça-feira (22), 12 mandados de busca e apreensão e uma medida cautelar de afastamento de função pública contra sete investigados, dentre eles cinco servidores do Departamento Penitenciário de Minas Gerais. A força-tarefa, coordenada pela PF, foi integrada pelas polícias Civil, Militar, Penal estadual e Penal federal.

De acordo com a corporação, os investigados utilizaram a estrutura da oficina mecânica do Presídio Inspetor José Martinho Drumond, em Ribeirão das Neves, e a mão de obra de detentos, que recebiam benefícios indevidos para fazer manutenção em veículos particulares dentro da penitenciária.

Durante a operação, foram apreendidos documentos e equipamentos eletrônicos em casas, gabinetes e no presídio, que serão periciados. A apuração, que durou cerca de seis meses, descobriu supostos crimes de peculato e corrupção passiva/ativa por servidores públicos, detentos e familiares.

A operação foi denominada "Catira", em referência à expressão que significa troca. Os autos tramitam em segredo de Justiça.

0
0
0
s2smodern

A Polícia Civil concluiu o inquérito que apurava uma tentativa de roubo a fiéis que estavam participando de um ritual de oração em um monte no bairro Paraíso das Piabas, em Ribeirão das Neves. O resultado da apuração foi apresentado pela corporação nesta quarta-feira (16) em entrevista coletiva.

Durante a tentativa de assalto, um dos suspeitos morreu. O outro suspeito conseguiu fugir em direção a um matagal, mas se apresentou à polícia dias depois.

De acordo com a Polícia Civil, a causa da morte do assaltante é indeterminada. "Não havia nenhuma violência contra o corpo. Foi uma questão fisiológica. Acreditamos que a quantidade de drogas que ele usou acabou colaborando com o estresse que ele sentiu no momento do assalto, causando o infarto que levou a óbito", disse o delegado Alex Daton.

Ainda segundo o delegado, o suspeito que fugiu colaborou com as investigações e disse que desistiu do roubo após desmaiar. "Ele se entregou à polícia no dia 8 de junho e vai aguardar o julgamento em liberdade", finalizou Dalton.

0
0
0
s2smodern

bg contorno