All for Joomla All for Webmasters

Governo de Minas

  • Governo de Minas lança 40 mil vagas gratuitas para cursos de capacitação profissional


    O Governo de Minas lançou nesta quarta-feira (16) o programa "Trilhas de Futuro", que vai capacitar cerca de 40 mil jovens e adolescentes para atuar no mercado de trabalho, por meio de formação técnica gratuita a partir deste ano. O projeto terá investimento de R$ 534,7 milhões.

    Ao todo, serão disponibilizadas 40 mil vagas para 78 cursos priorizados em 425 municípios que apresentaram demanda pelas atividades. Os cursos serão integralmente gratuitos, na modalidade presencial — respeitando as medidas sanitárias de prevenção à covid-19 — e com duração de um ano e meio. A expectativa é de que as aulas comecem em outubro.

    O projeto é voltado para estudantes de escolas públicas matriculados no 2º e 3º ano do ensino médio, além de alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Também poderão se inscrever adolescentes da rede particular de ensino, além de egressos do sistema educacional — neste último caso, apenas se houver vagas remanescentes, após as inscrições regulares. Todos os contemplados receberão vale-alimentação e vale-transporte no valor de R$ 18 por aluno.

    A definição dos cursos selecionados, segundo o governo mineiro, foi feita após ampla pesquisa junto ao setor produtivo, envolvendo 110 empresas de 50 polos industriais do estado. Entre as áreas com mais ofertas estão eletrotécnica, enfermagem, sistemas de energia renovável, mecânica, mecatrônica, vendas, edificações e automação industrial.

     

    Readmore
  • Governo de Minas lança consulta pública sobre o Rodoanel Metropolitano


    O Governo de Minas inicia, nesta sexta-feira (5), a consulta pública do edital referente ao projeto de parceria público-privada (PPP) do Rodoanel Metropolitano de Belo Horizonte. O período de consulta será de 45 dias, encerrando-se em 22 de março.

    Por meio da consulta pública, a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra) tem objetivo de divulgar o projeto e receber contribuições da sociedade sobre o modelo proposto. A iniciativa é, ainda, uma importante ferramenta de participação dos cidadãos na construção de políticas públicas, junto ao Governo.

    A minuta de edital objeto da consulta pública, estudos de Engenharia, econômico-financeiros e jurídicos do projeto estão disponíveis de forma digital para acesso livre, que deve ser acessado aqui.

    As contribuições sobre o projeto podem ser enviados para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., observando o modelo de questionamentos disponibilizado na ferramenta.

    Audiências públicas

    Ao longo dos 45 dias da consulta serão promovidas audiências públicas para apresentação, esclarecimentos sobre o projeto e oitiva da população. Devido à pandemia, as sessões serão virtuais e integralmente acessíveis por meio de links que serão disponibilizados nos canais de comunicação da Seinfra e no Diário Oficial do Estado. A previsão é que sejam realizadas cinco audiências.

    Após coleta e análise de todas contribuições, serão realizados os ajustes pertinentes nos documentos que compõem o Edital e seus anexos. A publicação do edital deve ocorrer ainda no primeiro semestre de 2021, segundo o governo mineiro.

    Sobre o Rodoanel

    O Rodoanel ligará alguns dos principais polos econômicos de Minas Gerais, ampliando a malha viária do estado, garantindo melhor qualidade de vida para a população e mais vias de acesso. A ideia é deixar o Anel Rodoviário livre para a circulação de veículos coletivos e individuais, visando a redução do número de acidentes.

    O Rodoanel é dividido em três alças - Norte, Oeste e Sul, onde Ribeirão das Neves será cortada pela Norte, que passa pela BR-040 e próximo ao bairro Monte Verde, entre a sede e o distrito de Justinópolis.

     

    Readmore
  • Governo do Estado abre inscrições para os cursos técnicos gratuitos do Trilhas de Futuro


    As inscrições para os cursos técnicos gratuitos, oferecidos pela Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) pelo projeto Trilhas de Futuro, começam nesta sexta-feira (20/8) e vão até o dia 30/8. O cadastro dos interessados deve ser feito no site www.trilhasdefuturo.mg.gov.br.

    Inicialmente, serão disponibilizadas 40 mil vagas para cursos técnicos. A previsão é de que as aulas tenham início no mês de outubro. Podem se inscrever para as vagas estudantes de escolas públicas e privadas regularmente matriculados no 2º e 3º anos do ensino médio ou em qualquer período da Educação de Jovens e Adultos (EJA) - Ensino Médio e também jovens que já concluíram essa etapa de ensino.

    Não há limite de idade para concorrer às formações profissionalizantes, mas é importante que o candidato tenha conhecimento dos critérios e da ordem de prioridade e desempate na seleção das vagas. No momento da inscrição é preciso fornecer informações como nome completo, data de nascimento, endereço, CPF, nome da mãe/pai ou responsável legal, escolaridade, entre outras.

    Cada candidato pode indicar até três cursos de interesse. Também é necessário informar o turno de preferência e a instituição. Só podem ser feitas inscrições para cursos e instituições listadas no Catálogo de Cursos.  

    O candidato que não tiver acesso aos recursos digitais pode procurar uma escola estadual do seu município para se inscrever. Serão adotadas todas as estratégias de segurança sanitária estabelecidas pela SEE/MG em consonância com as deliberações do Comitê Extraordinário Covid-19, como uso de máscara e distanciamento social.

    No Trilhas de Futuro há cursos de enfermagem, mineração, vestuário, meio ambiente, redes de computadores, mecânica, eletrônica, entre vários outros. Os cursos serão oferecidos gratuitamente por instituições credenciadas, em 110 municípios mineiros. Todos os alunos selecionados para participar receberão uma ajuda de custo para vale-transporte e alimentação.

    Readmore
  • Governo do Estado divulga número de vacinas da segunda remessa que serão distribuídas aos municípios


    O Governo de Minas divulgou o número de doses da segunda remessa de vacinas contra o coronavírus que serão enviadas aos municípios mineiros a partir da próxima segunda-feira (1º). Ao todo, serão 356,3 mil imunizantes da AstraZeneca e CoronaVac.

    De acordo com o governo mineiro, foi levado em consideração o número de trabalhadores de saúde no interior do estado. Para Ribeirão das Neves, serão destinadas 1.330 doses da Coronavac e 1.360 da AstraZeneca.

    Na primeira remessa, o município recebeu 1.144 doses do Ministério da Saúde para imunizar os profissionais de saúde das UPAs e do Hospital São Judas Tadeu. Segundo balanço divulgado nesta sexta-feira pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), 871 nevenses já foram vacinados contra a covid-19, dentre equipe de vacinação, de saúde, cuidadores e idosos, pessoas com deficiência e envolvidos diretamente na atenção/referência para os casos de coronavírus.

    Planilha com a distribuição dos imunizantes por municípios - Fonte: Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG)
    Readmore
  • Governo do Estado lança novas regras para o Minas Consciente; veja ao que muda


    O governador Romeu Zema (Novo) lançou, nesta quarta-feira (29), as novas regras para o plano Minas Consciente, criado pelo Governo de Minas para orientar a retomada segura e responsável da economia nos municípios. O novo protocolo, que considerou uma consulta pública com centenas de contribuições, pretende adequar as regras ao momento de platô da pandemia no estado, que indica estabilidade no número de novos casos e óbitos. Para definir as mudanças, também foi considerado o aumento de 71,8% no número de leitos de UTI na rede pública de Saúde nos últimos três meses.

    De acordo com o Governo do Estado, as mudanças do Minas Consciente passarão a valer no dia 6 de agosto, quando o Comitê Extraordinário Covid-19 divulgará as ondas a serem seguidas por cada microrregião.

    O governador ressaltou que o novo plano foi desenvolvido para simplificar as regras, tornar os critérios mais intuitivos e contemplar as necessidades específicas dos municípios, principalmente aqueles com menos de 30 mil habitantes. 

    Zema também destacou que a segunda fase do plano acontece após a decisão judicial que impôs aos municípios a adesão. "Vimos a necessidade de regionalizar ainda mais, para considerar as características específicas das cidades, já que elas deverão obrigatoriamente seguir as regras a partir de agora. Por isso, teremos agora a divisão por macrorregião e também por microrregião, com as ondas indicadas para cada uma delas. Os gestores poderão optar por qual regra aderir, a mais ampla ou a mais específica, de acordo com os critérios que julgar mais adequados no seu município", explicou.

    O governador lembrou que o momento ainda não é de relaxamento e é fundamental continuar adotando os critérios de proteção para manter a doença sob controle em Minas.

    As novas ondas do plano serão divididas da seguinte forma:

    Onda 1 - Vermelha – Serviços essenciais
    Exemplos: supermercados, padarias, farmácias, bancos, depósitos de material de construção, fábricas e indústrias, lojas de artigos de perfumaria e cosméticos, hotéis

    Onda 2 – Amarela – Serviços não essenciais
    Exemplos: lojas de artigos esportivos, eletrônicos, floriculturas, autoescolas, livrarias, papelarias, salões de beleza

    Onda 3 – Verde – Serviços não essenciais com alto risco de contágio
    Exemplos: academias, teatros, cinemas, clubes

    Atividade especial
    Escolas (seguirão regras específicas)

    Protocolo

    Além da mudança na divisão das ondas, o novo plano trará um protocolo único de higiene e distanciamento, a ser cumprido por todas as empresas. As definições específicas, como regras a serem seguidas em refeitórios ou alojamentos, estão disponíveis no site do Minas Consciente

     

    Readmore
  • Sem dinheiro, sem duplicação


    O secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Murilo Valadares, informou ao blog que o término da duplicação da LMG-806, em Ribeirão das Neves, não tem qualquer previsão na agenda da Setop. O problema, segundo ele, é que o Governo do Estado não tem dinheiro sequer para arcar com as indenizações necessárias para continuidade da obra.

     

    Readmore

Casos suspeitos: 18.871

Casos confirmados: 5.692

Casos em presídios: 386

TOTAL DE CASOS: 6.078

Óbitos confirmados p/ Covid-19: 169

Casos curados: 5.245

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde de
Ribeirão das Neves 
Última atualização: 30/12/2020