All for Joomla All for Webmasters

Polícia

A Polícia Civil recuperou 24 cabeças de gado que foram roubadas em Curvelo, na Região Central de Minas. Os animais foram encontrados nessa quinta-feira (14) em uma fazenda em Ribeirão das Neves.

No local, um homem de 46 anos foi preso. Os policiais também localizaram mais 76 animais roubados na Região Centro Oeste do estado. Segundo a Polícia Civil, as investigações começaram há seis meses e o local estava sendo monitorado desde o início da semana.

De acordo com a Polícia Civil, os animais eram abatidos no local e as carnes eram vendidas para açougues. O homem preso no local foi levado para o Ceresp, em Belo Horizonte.

0
0
0
s2smodern

Polícia

Um corpo carbonizado foi encontrado dentro de um carro incendiado nesse domingo (10) em um loteamento às margens do km 522 da BR-040, na divisa entre Ribeirão das Neves e Contagem.

De acordo com a Polícia Militar (PM), o carro foi rebocado e o corpo, ainda não identificado, foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

A autoria e a motivação do crime ainda são desconhecidos.

0
0
0
s2smodern

Polícia

Os vereadores elegeram, nesta sexta-feira (1°), durante cerimônia de posse, na Cidade dos Meninos, o vereador Weberson Diretor (DEM) para ser o novo presidente da Câmara Municipal de Ribeirão das Neves no próximo ano.

O parlamentar foi eleito em chapa única, composta também por Marcelo de Jesus (PSD) como vice-presidente, Renator Diretor (PDT) como 1º secretário e Claudinho de Neves (SD) como 2º secretário.

Weberson Diretor é parlamentar pelo segundo mandato e vai começar a nova legislatura 2021-2024 à frente da Mesa Diretora. O novo presidente agradeceu a confiança dos pares e fez logo uma promessa. "Vamos fazer um legislativo diferente do que foi nos últimos anos", declarou durante o seu voto.

Veja quem são os vereadores empossados:

Celso Araújo, (Republicanos)
Claudinho de Neves, (Solidariedade)
Diney Duarte (PP)
Leo de Areias (PL)
Marcelo de Jesus (PSD)
Mazinho da Quadra (MDB)
Messias Veríssimo (PT)
Pastor Dario (DEM)
Pastor Edson (Cidadania
Prof. Valter Bento (Podemos)
Ramon do Girico (Republicanos)
Renato Diretor (PDT)
Samuel Escolar (MDB)
Weberson Diretor (DEM)

Confira a bancada de vereadores por partido

DEM: 2
MDB: 2
Republicanos: 2
Cidadania: 1
PDT: 1
PL: 1
Podemos: 1
PP: 1
PSD: 1
PT: 1
Solidariedade: 1

Solenidade de posse dos vereadores - Reprodução / Facebook

 

0
0
0
s2smodern

Polícia

A Polícia Militar (PM) descobriu nessa segunda-feira (14) um escritório onde eram feitos documentos falsos no bairro Rosaneves, em Ribeirão das Neves.

De acordo com a corporação, os militares faziam patrulhamento na região quando perceberam uma movimentação estranha em uma casa. Eles entraram e viram que, em um dos cômodos, o morador produzia documentos de identidade.

Dois homens foram presos. O morador, de 18 anos, confessou à polícia que produzia os documentos por encomenda. Ele pegava a foto da pessoa e usava dados das vítimas, adquiridos por meio de sites. Cada documento, segundo a PM, era vendido por R$ 200. Já o outro suspeito detido estava com dois documentos falsos.

No local, a PM encontrou mais de 20 identidades falsas prontas. Uma delas, inclusive, continha dados de um ex-candidato a vereador na cidade. A corporação ainda não sabe se ele foi vítima ou se encomendou o documento. Foram apreendidos também papel-moeda, impressoras e computadores.

O material foi apreendido e levado para a Delegacia de Polícia.

0
0
0
s2smodern

Polícia

Dois homens foram presos na noite deste sábado (12) suspeitos de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de uso restrito em Ribeirão das Neves.

De acordo com a Polícia Militar (PM), durante uma operação no km 464 do Anel Rodoviário, em Belo Horizonte, um veículo que fazia transporte por aplicativo foi abordado. Na revista aos dois passageiros, os policiais encontraram 48 buchas de skunk. Após diligências em Ribeirão das Neves, em um local indicado pelos próprios suspeitos, os militares encontraram duas pistolas: uma argentina Bersa .45 e uma turca Canik 9mm, ambas de uso restrito.

Os dois homens, que também tiveram apreendidos dois celulares e 20 cartuchos intactos de calibre .45, foram levados para uma Delegacia de Polícia Civil.

0
0
0
s2smodern

Polícia

A Polícia Militar (PM) prendeu na manhã deste domingo (22) um homem de 32 anos suspeito de tentativa de feminicídio contra a mulher, de 32, no bairro Metropolitano, em Ribeirão das Neves.

De acordo com a PM, na madrugada deste domingo, o homem apedrejou e deu uma facada nas costas da mulher na frente das duas filhas do casal, de 10 e 7 anos.

A vítima foi socorrida para o Hospital São Judas Tadeu atingida no pulmão. Após cirurgia, ela permanece internada.

O homem, que estava escondido em uma casa na vizinhança, foi conduzido para a Delegacia de Plantão de Ribeirão das Neves.

0
0
0
s2smodern

Polícia

Uma mulher foi presa nesta quinta-feira (19) por posse ilegal de munição e fabricação de arma de fogo no bairro Botafogo 2ª seção, em Ribeirão das Neves.

Os crimes foram descobertos porque no local aconteceu um incêndio de pequenas proporções e os militares que foram atender a ocorrência perceberam que na casa havia material usado na fabricação de armas.

Uma mulher confessou que no local funcionava uma oficina de fabricação de armas artesanais e munições e que um homem também está envolvido nos crimes.

Na casa, foram apreendidas munições, máquinas e materiais para fabricão das armas. De acordo com a PM, o material apreendido é suficiente para fabricar cerca de vinte e cinco armas de fogo.

0
0
0
s2smodern

Polícia

A Polícia Militar (PM) recebeu informações de que um grupo usava uma oficina mecânica no bairro Céu Azul, em Belo Horizonte, de fachada para lavar dinheiro e traficar drogas e uma casa no bairro São Januário, em Ribeirão das Neves, para refinar cocaína.

Na tarde dessa quarta-feira (18), os militares montaram uma operação e desarticularam a quadrilha. Na oficina, quatro pessoas, entre 25 e 45 anos, foram presas e um saco de dinheiro escondido em um fundo falso foi apreendido.

Após a prisão, os policiais seguiram para o outro ponto, citado na denúncia. No imóvel, de alto padrão, os militares encontraram um carro roubado e nele estavam cerca de 40 quilos de pasta base de cocaína e R$ 893 mil em espécie. Dentro da casa a PM apreendeu mais 160 quilos de cocaína, produtos para fazer o refino da droga, além de duas armas.

De acordo com a PM, os suspeitos foram levados para a delegacia de plantão.

0
0
0
s2smodern

Polícia

A Polícia Civil divulgou, nesta terça-feira (10), os detalhes de uma investigação que resultou na apreensão de cerca de 110 quilos de maconha e na prisão de um suspeito de tráfico de drogas na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

De acordo com a corporação, a droga estava escondida na casa em que o suspeito vivia com a mulher e com os filhos no bairro Soares, em Ribeirão das Neves.

As investigações apontam que o homem guardaria a droga e faria a entrega para outros traficantes a mando de uma organização que atua em Belo Horizonte. O suspeito admitiu que recebia uma quantia mensal para armazenar as barras de maconha e também era pago a cada venda.

Ainda de acordo com a PC, o suspeito, que será indiciado pelo crime de tráfico de drogas, foi preso no momento de uma possível entrega.

0
0
0
s2smodern

O Ministério Público de Minas Gerais (MP-MG) deflagrou, nesta segunda-feira (9), com apoio da Polícia Militar e da Polícia Civil, a Operação Hexagrama – Fase III, para cumprir 18 mandados de prisão preventiva de policiais militares, 12 mandados de prisão preventiva de policiais civis e outros 3 mandados de prisão preventiva, além de 60 mandados de busca e apreensão.

Os mandados foram expedidos pelo Juízo da Vara Criminal da Comarca de Nova Lima e pela 4ª Auditoria da Justiça Militar Estadual, que deferiram o requerimento ministerial. As ordens judiciais autorizaram a entrada em residências e em locais de trabalho dos policiais civis e militares de Belo Horizonte, Ribeirão das Neves, Santa Luzia, Esmeraldas, Contagem, Nova Lima, Vespasiano, Sabará, Betim e Lagoa Santa.

A operação é a terceira fase da Operação Hexagrama, originalmente deflagrada em 6 de março de 2020, em que foram presas 14 pessoas – entre as quais dois policiais civis e cinco policiais militares – envolvidas na exploração de jogos de azar, em Belo Horizonte, e em outras quatro cidades da região metropolitana.

Com a continuidade das investigações, foram identificados outros 32 novos integrantes do grupo criminoso, entre eles 18 policiais militares e 12 policiais civis, alvos da atual fase da operação.

A organização criminosa está sendo investigada pela prática dos crimes de corrupção ativa, corrupção passiva, exploração ilegal de jogos de azar, homicídio, extorsão, ameaça, lesão corporais, dano ao patrimônio, destruição de cadáver, comércio ilegal de armas de fogo de uso restrito e acessórios, disparo de arma de fogo em via pública e lavagem de dinheiro.

Participaram da operação quatro promotores de Justiça, 54 policiais militares da Corregedoria-Geral da Polícia Militar, oito policiais militares do Batalhão Rotam e 70 policiais civis da Corregedoria-Geral da Polícia Civil.

0
0
0
s2smodern

Um homem de 44 anos morreu depois de ser baleado em troca de tiros com policiais militares na noite deste sábado (17), em Ribeirão das Neves.

De acordo com a Polícia Militar (PM), uma viatura fazia o patrulhamento no bairro Cristais, quando foi informada sobre uma briga entre dois supostos traficantes no Nossa Senhora da Piedade. Dois homens fugiram ao avistar os militares, que iniciaram uma perseguição. Durante a abordagem, um dos homens atirou duas vezes contra os policiais, que reagiram.

O homem foi atingido pelos disparos e levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Justinópolis, mas não resistiu. O outro suspeito empreendeu em fuga. 

Durante a abordagem, a PM encontrou com o meliante uma sacola com 35 pinos de cocaína, 29 pedras de crack e uma porção de maconha. 

0
0
0
s2smodern

A Polícia Federal prendeu, na manhã desta quinta-feira (8), vários suspeitos de participação em um esquema de corrupção para beneficiar presos por meio do pagamento de propina a servidores públicos e advogados. Entre as vantagens que eram oferecidas aos detentos, estão a permissão para mudar de alas ou pavilhões com regime mais brando e o acesso a objetos ilícitos que chegavam às unidades por meio dos envolvidos na fraude.

Ao todo, estão sendo cumpridos pela Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (Ficco), sob coordenação pela Polícia Federal, 29 mandados de prisão e 45 de busca e apreensão contra uma organização criminosa que se instalou em unidades prisionais de Minas Gerais. A operação ocorre em Ribeirão das Neves e mais 14 cidades do estado.

Os alvos são investigados pelos crimes de participação em organização criminosa, corrupção ativa, corrupção passiva e concussão. As penas podem chegar a 20 anos de reclusão.

Esquema

De acordo com as investigações integradas entre as polícias Civil e Penal de Minas Gerais e o Departamento Penal Federal, presos de alta periculosidade eram transferidos indevidamente de unidades após pagamento, que era dividido entre os líderes da organização criminosa.

Com o pagamento da propina, segundo a investigação, os detentos eram colocados em alas ou pavilhões com benefícios, como trabalho, a que não teriam direito pelas normas da execução penal. Os servidores públicos e advogados atuavam na negociação para a entrada de objetos ilícitos.

A organização criminosa atuava há 1 ano e meio e, segundo o delegado da Polícia Federal, Alexsander Castro, só um servidor lucrou cerca de R$ 2 milhões neste período.

Os investigadores conseguiram identificar crimes praticados pela organização criminosa, principalmente em duas unidades prisionais na Região Metropolitana de Belo Horizonte - o Complexo Penitenciário de Segurança Máxima Nelson Hungria, em Contagem, e a Penitenciária José Maria Alkimin, em Ribeirão das Neves.

 

0
0
0
s2smodern

bg contorno