All for Joomla All for Webmasters

Educação

A Secretaria Municipal de Educação (SMED) divulgou o Cadastramento Escolar 2022 da Rede Municipal de Ensino de Ribeirão das Neves.

Pais e responsáveis pelas crianças de 4, 5 ou 6 anos completos ou que irão completar até 31/03/2022, devem realizar o cadastro entre os dias 16 e 27 de agosto.

O cadastro será realizado exclusivamente pelo site da Prefeitura de Ribeirão das Neves, a partir do dia 16 de agosto.

Informações pelo telefone (31) 3625-4549.

0
0
0
s2smodern

Educação

A Faculdade Pitágoras realiza neste sábado (31), mais uma ação social em Ribeirão das Neves. As atividades, totalmente gratuitas, serão realizadas das 9h às 14h, em frente à sede da unidade nevense,, ao lado da Cidade dos Meninos.

Durante a ação social, a população vai receber aconselhamento jurídico gratuito. Já na área da saúde, os participantes poderão aferir a pressão e a glicose. Além de participar de um treino funcional. Também haverá apresentações musicais durante o evento.

Para participar da ação social é obrigatório o uso de máscaras. Além disso, todas as regras de segurança sanitária serão seguidas para a realização da Ação Social.

0
0
0
s2smodern

Educação

O prefeito Junynho Martins (DEM) editou, na última quinta-feira (1º), o decreto nº 074/2021, que define as regras sobre o retorno gradual das atividades presenciais na rede pública e particular de ensino no município de Ribeirão das Neves no contexto da pandemia do coronavírus. O texto foi publicado nesta segunda-feira (5) no Diário Oficial dos Municípios Mineiros (DOMM).

De acordo com o texto do documento, a partir desta segunda-feira, as atividades presenciais na rede pública e particular de ensino podem ser retomadas, no formato híbrido, inicialmente aos alunos entre 0 e 7 anos, ou seja, educação infantil (creche e pré-escola) e 1º e 2º anos do Ensino Fundamental.

O retorno às aulas presenciais, no entanto, é decisão facultativa aos pais e/ou responsáveis pelos alunos menores de idade. Aqueles que optarem por enviar as crianças às aulas presenciais deverão assinar uma Declaração de Opção ao Retorno de Atividade Presencial, dando ciência do risco. As escolas deverão oferecer o ensino exclusivamente remoto àqueles que não optarem pelo retorno às atividades presenciais.

Ainda segundo o documento, a iniciativa seguirá as diretrizes da OMS (Organização Mundial de Saúde), do protocolo do Consórcio Intermunicipal de Saúde e Políticas de Desenvolvimento da Região do Calcário, (CISREC), do Ministério da Educação e do Plano Minas Consciente.

Dentre as medidas sanitárias para retorno às aulas estão previstos o distanciamento mínimo de 1,5 metro entre as carteiras, uso de máscas e álcool em gel, e ainda a organização da entrada, saída e recreios dos alunos das unidades escolares a fim de evitar aglomerações.

A íntegra do decreto está disponível no Diário Oficial dos Municípios Mineiros (DOMM).

0
0
0
s2smodern

Educação

Uma audiência pública realizada nesta quinta-feira (1º) na Câmara Municipal de Ribeirão das Neves reuniu vereadores, representantes do Governo de Minas e da Secretaria Municipal de Educação, além de dirigentes sindicais para debater o projeto de municipalização das escolas estaduais no município.

Lançado em meio deste ano pela Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG), o projeto Mãos Dadas ampliar o regime de cooperação entre Estado e municípios no atendimento educacional dos anos iniciais do ensino fundamental nas unidades escolares. Para viabilizar a transição, o governo mineiro anunciou investimentos da ordem de R$ 500 milhões.

De acordo com Igor Alvarenga, subsecretário de Articulação Educacional do Governo de Minas, o regime de colaboração prevê 38 milhões para serem aplicados em escolas de ensino fundamental e nas creches de Ribeirão das Neves. A equipe técnica do Estado afirmou que são cerca de 11 mil matrículas que seriam absorvidas pelo município. A adesão ao programa é opcional.

Denise Romano, coordenadora do Sind-UTE, mostrou preocupação com a proposta em relação ao aproveitamento dos servidores, grande parte designados, e o aumento significativo de 128% no número de matrículas na rede municipal. "A preocupação é a transferência da responsabilidade do Estado para os municípios", comentou.

A secretária municipal de Educação, Dolores Kícila, garantiu que o objeto ainda está em franca discussão entre as partes. "(Ainda) não há nada a se dizer sob o (projeto) Mãos Dadas em Ribeirão das Neves", destacou. "Desde o primeiro momento, nós nos assustamos e o primeiro impacto foi não absorver esses alunos, pois não é só gerir a escola, envolve também o tamanho da nossa secretaria e da nossa equipe técnica", disse.

O presidente da Câmara, vereador Weberson Diretor, que é regresso da educação, prometou que o projeto será amplamente discutido pelo legislativo nevense. 'Nós vamos discutir o tema a quatro mãos assim que for apresentada a demanda", destacou.

A íntegra da audiência pública está disponível aqui

0
0
0
s2smodern

Educação

O Governo de Minas lançou nesta quarta-feira (16) o programa "Trilhas de Futuro", que vai capacitar cerca de 40 mil jovens e adolescentes para atuar no mercado de trabalho, por meio de formação técnica gratuita a partir deste ano. O projeto terá investimento de R$ 534,7 milhões.

Ao todo, serão disponibilizadas 40 mil vagas para 78 cursos priorizados em 425 municípios que apresentaram demanda pelas atividades. Os cursos serão integralmente gratuitos, na modalidade presencial — respeitando as medidas sanitárias de prevenção à covid-19 — e com duração de um ano e meio. A expectativa é de que as aulas comecem em outubro.

O projeto é voltado para estudantes de escolas públicas matriculados no 2º e 3º ano do ensino médio, além de alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Também poderão se inscrever adolescentes da rede particular de ensino, além de egressos do sistema educacional — neste último caso, apenas se houver vagas remanescentes, após as inscrições regulares. Todos os contemplados receberão vale-alimentação e vale-transporte no valor de R$ 18 por aluno.

A definição dos cursos selecionados, segundo o governo mineiro, foi feita após ampla pesquisa junto ao setor produtivo, envolvendo 110 empresas de 50 polos industriais do estado. Entre as áreas com mais ofertas estão eletrotécnica, enfermagem, sistemas de energia renovável, mecânica, mecatrônica, vendas, edificações e automação industrial.

 

0
0
0
s2smodern

Educação

Estão abertas até o dia 19 de junho de 2021 as inscrições para curso de extensão (EAD) “Redação do ENEM: por uma aprendizagem significativa” ofertado pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (IFMG).

De acordo com o edital, estão disponibilizadas 100 vagas, que serão preenchidas por ordem de inscrição. Para participar é necessário ser residente em Ribeirão das Neves, ser ou ter sido estudante de escola pública durante o Ensino Médio e ter conhecimento de internet.

As aulas, que começam no dia 1º de julho, serão ofertadas pelo Ambiente Virtual de Ensino e Aprendizagem – Moodle Ribeirão das Neves, em horários flexíveis.

A íntegra do edital está disponível no site do IFMG.

0
0
0
s2smodern

Educação

O prefeito Junynho Martins (DEM) anunciou, na última semana, a volta às aulas da rede municipal de ensino para a primeira semana de julho após a paralisação em função da pandemia do coronavírus. A declaração foi feita no programa Alerta Super, do apresentador Ricardo Sapia, na rádio Super Notícia.

De acordo com o chefe do Executivo nevense, foi formada uma comissão para discutir o assunto envolvendo pais, professores e diretores escolares.

- "Vamos anunciar para o dia 05/07 o retorno das aulas, com todos os cuidados, todos os insumos, as escolas estão adaptadas para segurança da comunidade escolar", disse o prefeito.

Segundo ele, a equipe da educação está sendo treinada para implantar um modelo híbrido, onde os alunos terão, num primeiro momento, uma semana de aula presencial e uma semana de estudo remoto.

0
0
0
s2smodern

Educação

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (IFMG) emitiu nota nesta quarta-feira (2) manifestando sua preocupação em relação aos sucessivos cortes orçamentários a que vem sendo submetido. Apesar das constantes tentativas de reaver as perdas junto ao Governo Federal e Congresso Nacional, o orçamento aprovado para 2021 voltou a equiparar-se, em termos absolutos, aos valores do ano de 2010. São perdas orçamentárias que podem chegar a 34,4% de um orçamento que já estava no limite.

A instituição considera que, embora existam dificuldades geradas pela pandemia, as escolhas feitas na distribuição dos recursos não reconheceram a importância da educação para o país. Os cortes apresentados são incompatíveis com a realidade de funcionamento institucional. Com sua Reitoria sediada em Belo Horizonte, o IFMG conta com mais de 23 mil estudantes matriculados em cursos técnicos, superiores e de pós-graduação, ofertando 187 cursos e cerca de 5.400 vagas anualmente em seus processos seletivos. Se em 2010, possuía 9 unidades educacionais, hoje são 18.

As perdas em 2021 podem chegar a aproximadamente R$ 19,4 milhões e atingem diversos serviços prestados pela instituição. Está comprometido o planejamento das ações de Ensino, Pesquisa e Extensão. Da mesma forma, o corte inviabiliza o andamento de parte das atividades administrativas e de manutenção das unidades, como vigilância, limpeza e serviços gerais. Além disso, todos os contratos de serviços possuem previsão de reajuste anual com base na inflação ou mesmo reequilíbrio de preço diante das atuais restrições de mercado, que acabaram elevando o preço de muitos insumos e equipamentos. Com isso, torna-se preocupante a gestão da instituição, tendo como base o orçamento atual.

Cabe destacar que o IFMG não parou na pandemia. Além de diversas ações sociais de combate à Covid-19, grande parte das atividades passaram a ser realizadas remotamente, o que demandou, também, novas rotinas e, em alguns casos, investimentos, a exemplo dos auxílios de assistência estudantil para que os estudantes pudessem acompanhar as aulas. Desde maio de 2020, a política de apoio foi ampliada com a instituição do Auxílio de Inclusão Digital para quem não possui condições financeiras de ter acesso à internet e de adquirir equipamento tecnológico adequado para acompanhar as aulas e atividades remotas.

No campus Ribeirão das Neves, os cortes ameaçam diretamente o ensino, a assistência estudantial e o custeio geral do campus com despesas de água, luz e internet. De acordo com a diretora-geral do campus, Maria das Graças Oliveira, a falta de verbas ainda compromete a construção de uma nova planta de salas de aulas.

"Vai ter um reflexo na expansão do campus que já estava previsto para esse ano. O que a gente queria era aumentar a oferta de cursos. Principalmente o ensino médio integrado, pois precisamos ampliar a oferta de cursos", destacou.

Apesar da falta de recursos, Graça afirma que o instituto não está de braços parados para avançar na construção das novas instalações.

"Estamos tentando recursos extras de emendas parlamentares para contemplar a entrega da estrutura física", finalizou.

Sobre o IFMG

O IFMG é uma autarquia federal, com estrutura multicampi localizada nos municípios de Arcos, Bambuí, Betim, Congonhas, Conselheiro Lafaiete, Formiga, Governador Valadares, Ibirité, Ipatinga, Itabirito, Ouro Branco, Ouro Preto, Piumhi, Ponte Nova, Ribeirão das Neves, Sabará, Santa Luzia e São João Evangelista. Há ainda o Pólo de Inovação-EMBRAPII, em Formiga. Essas unidades formam uma importante comunidade acadêmica com mais de 2 mil colaboradores, entre servidores técnico-administrativos, docentes e terceirizados.

 

0
0
0
s2smodern

Educação

Estão abertas, até 21 de junho, as inscrições do processo que irá selecionar estudantes para ingressar no Instituto Federal de Minas Gerais no 2º semestre letivo deste ano.

No campus Ribeirão das Neves, estão sendo ofertadas os cursos tecnólogo em Processos Gerenciais (35 vagas) e gaduação em Administração (35 vagas).

Para os cursos de graduação, serão usadas como critério seletivo as notas do Enem dos últimos três anos (2018-2019-2020). Do total de vagas, 50% estão reservadas à inclusão social pelas ações afirmativas destinadas a candidatos que tenham estudado em escolas públicas, respeitando a proporção mínima de autodeclarados pretos, pardos e indígenas do último censo do IBGE.

As inscrições devem ser realizadas exclusivamente pela internet e a taxa é de R$25. O acesso aos editais e ao sistema de inscrições pode ser feito pelo site www.ifmg.edu.br. Há vagas, também, nos campi Bambuí, Congonhas, Ibirité e Ouro Preto.

0
0
0
s2smodern

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFMG) vai ofertar 70 vagas via processo seletivo para cursos de graduação no segundo semestre 2021 no campus Ribeirão das Neves. Os editais, com 35 vagas no curso superior de Administração e 35 vagas no curso tecnólogo em Processos Gerenciais, ambos no período noturno, estão disponíveis no site do IFMG.

As inscrições serão feitas exclusivamente pelo site www.ifmg.edu.br entre os dias 18 de maio e 21 de junho. O período para solicitação de isenção da taxa de inscrição, que custa R$ 25, será de 18 a 25 de maio, também pelo site. A publicação do resultado final do processo seletivo está prevista para 5 de agosto.

Para ingresso nos cursos de graduação, o candidato deverá ter concluído o Ensino Médio até a data da matrícula. Quanto ao processo seletivo, o candidato precisa ter feito as provas do Enem em pelo menos um dos seguintes anos: 2018, 2019 ou 2020, sem ter obtido nota zero em nenhuma das provas do exame, incluindo a redação.

A íntegra dos editais está disponível no site do IFMG

 

0
0
0
s2smodern

Em comemoração ao Dia do Trabalhador, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (IFMG) lançou, neste sábado (1º), a plataforma +IFMG, que vai ofertar cursos de qualificação profissionais.

De acordo com o IFMG, ao todo serão cerca de 100 cursos on-line para levar ainda mais opções de ensino gratuito de qualidade para todos. "Tem capacitações pra quem quer aumentar as chances de entrar no mercado, pra melhorar o desempenho no trabalho, pra empreender", publicou o instituto.

As inscrições já estão abertas para os cursos nas áreas de comunicação, cultura, direitos humanos e justiça, educação, meio ambiente, tecnologia e produção, saúde, trabalho, concursos e vestibulares, e idiomas. Para acessá-los, basta se cadastrar na plataforma e inscriver-se nos cursos, que contam com certificado de participação.

Para conhecer a plataforma, acesse o site mais.ifmg.edu.br.

 

0
0
0
s2smodern

A Uaitec disponibilizou capacitação on-line de cursos na temática de tecnologia da informação, comunicação, negócios e gestão. Das 39 mil vagas oferecidas em parceria com empresas privadas, 23 mil já foram preenchidas. 

A oferta das vagas de cursos on-line pela Uaitec é uma estratégia do Governo de Minas para suprir a demanda por mão de obra qualificada. Com o mercado de trabalho cada vez mais inovador, estão sendo firmandas parcerias com grandes empresas e institutos na área da Educação para disponibilizar oportunidades de aprendizagem em diversas áreas.

Os cursos devem ser considerados uma oportunidade para quem está buscando primeiro emprego, recolocação ou até mesmo para aqueles que querem se arriscar em uma nova profissão.

As inscrições devem ser feitas no site www.uaitec.mg.gov.br, nas guias "Cursos" ou “Trilhas”, fazendo o cadastro na plataforma, selecionando o curso e realizando a inscrição. As aulas estarão disponíveis de imediato durante 30 dias.

 

0
0
0
s2smodern

bg contorno