All for Joomla All for Webmasters

Minas Consciente

  • Academias, bares e autoescolas vão voltar a funcionar em Ribeirão das Neves


    A partir desta quarta-feira (26), academias, bares e autoescolas vão poder voltar funcionar em Ribeirão das Neves. A medida de flexibilização da abertura do comércio foi publicada por decreto no Diário Oficial dos Municípios Mineiros (DOMM), dentro da Onda Vermelha e da Onda Amarela do Plano Minas Consciente, do Governo de Minas Gerais.

    De acordo com a Prefeitura de Ribeirão das Neves, os bares, restaurantes e lanchonetes poderão funcionar de segunda à sexta, das 11h às 22h, com atendimento e consumo no interior dos estabelecimentos.

    Aos finais de semana, eles só poderão funcionar para retirada no balcão ou entrega em domicílio. O consumo de bebida alcoólica dentro destes estabelecimentos continua proibido.

    Já as academias e outros locais de prática de atividades físicas poderão funcionar sem restrição de horário, mas o atendimento deverá ser feito por agendamento, para evitar aglomerações. Ao todo, Ribeirão das Neves possui 50 academias de ginástica.

    Atividades já liberadas na cidade, de acordo com o Decreto 093/2020:

    Comércio varejista/atacadista: de 11h às 19h;
    Cabeleireiros e similares: entre 11h e 20h, e aos sábados entre 9h e 17h;
    Atividades no formato drive-in: de segunda-feira a sábado, de 11h às 19h;
    Academias: sem restrição de horário, com atendimento feito por agendamento;
    Autoescolas: sem restrição de horário, com atendimento feito por agendamento.

    Readmore
  • Após liminar da Justiça, Ribeirão das Neves opta por aderir ao programa 'Minas Consciente'


    A partir da próxima segunda-feira (20), Ribeirão das Neves passa a integrar o "Minas Consciente", plano do Governo do Estado destinado a orientar a retomada segura das atividades econômicas com ondas de flexibilização das medidas de isolamento social em cada município.

    A decisão, conforme a Prefeitura de Ribeirão das Neves, se deu a partir de deliberação do Comitê Gestor do Plano de Prevenção e Contingenciamento em Saúde do Covid-19 do município. "Após analisar as informações e o contexto do histórico do coronavírus no município, (o comitê) sugeriu a adesão do município ao Minas Consciente", disse a administração municipal, em nota.

    A decisão acontece uma semana após o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) ter determinado liminarmente que os municípios que não aderiram ao programa cumprissem normas de distanciamento social e permitissem apenas o funcionamento de serviços essenciais. Na última segunda-feira (13), o prefeito Junynho Martins (DEM) havia declarado que a Granbel estava avaliando a possibilidade de uma ação conjunta dos municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte para derrubar a liminar.

    Como Ribeirão das Neves está vivenciando a fase de controle desde 29 de junho, quando foi publicado o Decreto nº 074/2020 que estabelecia a liberação da abertura do comércio apenas para os itens considerados essenciais, além da obrigatoriedade do uso de máscara, álcool gel 70%, isolamento social, nesse momento a adesão não tem nenhum impacto significativo, ou seja, as medidas sanitárias e a restrição do comércio continuam na mesma linha.

    O protocolo do Minas Consciente está disponível aqui.

    Readmore
  • Chega a 40 o número de óbitos relacionados ao coronavírus em Ribeirão das Neves


    O Boletim Epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) desta segunda-feira (20) informa que já são 40 óbitos confirmados em decorrência do coronavírus em Ribeirão das Neves. Em relação à última semana, o número de mortes cresceu 53%, quando eram registrados 26 óbitos no dia 13 de julho.

    O número de casos confirmados também cresceu bastante, chegando à marca de 1.660 confirmações, sendo 1.387 no município de maneira geral e 273 nos presídios. O número de casos suspeitos está em 7.476 e o de casos curados está em 1.047, segundo a SMS.

    Nesta segunda-feira, o município passou a integrar o "Minas Consciente", plano do Governo do Estado destinado a orientar a retomada segura das atividades econômicas com ondas de flexibilização das medidas de isolamento social em cada município. Agora, a Prefeitura depende da decisão do Governo de Minas para reabrir o comércio.

    .

    Boletim epidemiológico desta segunda-feira

     

     

    Readmore
  • Em meio à pandemia, academias são interditadas por descumprimento do decreto em Ribeirão das Neves


    Cinco academias foram interditadas nessa quarta-feira (22) pela vigilância sanitária de Ribeirão das Neves, por descumprimento do decreto que proíbe o funcionamento do comércio do município em função do coronavírus.

    De acordo com a Prefeitura, a operação de fiscalização para verificar o cumprimento das medidas de protocolo do Plano Minas Consciente começou na última segunda-feira (20).

    Ao todo, 16 academias foram fiscalizadas e cinco notificadas. Segundo a administração municipal, não houve aplicação de multa. Com a ação, os espaços ficarão interditados até que haja autorização para o funcionamento. Os estabelecimentos também deverão regularizar toda a documentação.

     

    Readmore
  • Governo do Estado lança novas regras para o Minas Consciente; veja ao que muda


    O governador Romeu Zema (Novo) lançou, nesta quarta-feira (29), as novas regras para o plano Minas Consciente, criado pelo Governo de Minas para orientar a retomada segura e responsável da economia nos municípios. O novo protocolo, que considerou uma consulta pública com centenas de contribuições, pretende adequar as regras ao momento de platô da pandemia no estado, que indica estabilidade no número de novos casos e óbitos. Para definir as mudanças, também foi considerado o aumento de 71,8% no número de leitos de UTI na rede pública de Saúde nos últimos três meses.

    De acordo com o Governo do Estado, as mudanças do Minas Consciente passarão a valer no dia 6 de agosto, quando o Comitê Extraordinário Covid-19 divulgará as ondas a serem seguidas por cada microrregião.

    O governador ressaltou que o novo plano foi desenvolvido para simplificar as regras, tornar os critérios mais intuitivos e contemplar as necessidades específicas dos municípios, principalmente aqueles com menos de 30 mil habitantes. 

    Zema também destacou que a segunda fase do plano acontece após a decisão judicial que impôs aos municípios a adesão. "Vimos a necessidade de regionalizar ainda mais, para considerar as características específicas das cidades, já que elas deverão obrigatoriamente seguir as regras a partir de agora. Por isso, teremos agora a divisão por macrorregião e também por microrregião, com as ondas indicadas para cada uma delas. Os gestores poderão optar por qual regra aderir, a mais ampla ou a mais específica, de acordo com os critérios que julgar mais adequados no seu município", explicou.

    O governador lembrou que o momento ainda não é de relaxamento e é fundamental continuar adotando os critérios de proteção para manter a doença sob controle em Minas.

    As novas ondas do plano serão divididas da seguinte forma:

    Onda 1 - Vermelha – Serviços essenciais
    Exemplos: supermercados, padarias, farmácias, bancos, depósitos de material de construção, fábricas e indústrias, lojas de artigos de perfumaria e cosméticos, hotéis

    Onda 2 – Amarela – Serviços não essenciais
    Exemplos: lojas de artigos esportivos, eletrônicos, floriculturas, autoescolas, livrarias, papelarias, salões de beleza

    Onda 3 – Verde – Serviços não essenciais com alto risco de contágio
    Exemplos: academias, teatros, cinemas, clubes

    Atividade especial
    Escolas (seguirão regras específicas)

    Protocolo

    Além da mudança na divisão das ondas, o novo plano trará um protocolo único de higiene e distanciamento, a ser cumprido por todas as empresas. As definições específicas, como regras a serem seguidas em refeitórios ou alojamentos, estão disponíveis no site do Minas Consciente

     

    Readmore
  • Veja o que pode e o que não pode abrir em cada fase do programa 'Minas Consciente'


    Com a adesão desde a última segunda-feira (20) ao "Minas Consciente", plano do Governo do Estado destinado a orientar a retomada segura das atividades econômicas, o comércio nevense sobre nova alteração em seu funcionamento, principlamente em relação ao que é e o que não é considerado essencial.

    Anteriormente, nos decretos municipais, os serviços essenciais eram definidos pelo chefe do Executivo nevense. Agora, com a adesão ao plano, as atividades se enquandram em ondas, que recebem uma cor simbólica para cada fase de flexibilização.

    Na onda verde, à qual estamos neste momento, contempla apenas os serviços essenciais. Nela, são permitidos atividades agropecuárias, alimentos, bancos e seguros, construção civil, energia, siderurgia, hotéis, serviços de saúde, telecomunicação, imprensa, transporte, veículos e correios. além de tratamento de água e esgoto (veja lista no link ao final desta matéria).

    Posteriormente, as ondas branca (primeira fase), amarela (segunda fase) e vermelha (terceira fase), serão liberadas para funcionamento de forma progressiva, conforme indicadores de capacidade assistencial e de propagação da doença, avaliando o cenário de cada região do estado e a taxa de evolução da Covid-19.

    Existem ainda setores que deverão retomar no pós pandemia, que envolve agências de viagem, atividades artísticas, eventos, recreação e lazer, atvidades esportivas, publicidade, dentre outros, que são classificados na cor roxa. Além disso, existem setores especiais (cinza), cujas atividades exigem especifidades próprias, como a administração pública em geral, educação, transporte aéreo e rodoviário, dentre outros.

    Para ver a tabela completa com o que pode abrir em cada fase, basta acessar o site do Minas Consciente.

     

    Readmore

Casos em acompanhamento: 12.789

Casos confirmados: 3.208

Casos em presídios: 307

TOTAL DE CASOS: 3.515

Óbitos confirmados p/ Covid-19: 134

Casos curados: 2.737

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde de
Ribeirão das Neves 
Última atualização: 25//09/2020