All for Joomla All for Webmasters

Operação conjunta combate ligações clandestinas de água e energia em Ribeirão das Neves

As polícias Militar e Civil e a Promotoria de Defesa do Consumidor fazem, nesta terça-feira (2), uma operação contra ligações clandestinas de água e energia, os popularmente chamados "gatos", em Ribeirão das Neves.

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) participa com 23 funcionários e a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), com 44. Quarenta imóveis no Condomínio Vale das Acácias são vistoriados.

A Copasa estima um prejuízo de R$ 13 milhões, por mês, por causa deste tipo de fraude em todo o estado. Já a Cemig, de R$ 450 milhões, por ano.

O dono do imóvel suspeito de participar da fraude pode ser levado para a delegacia e responder por furto qualificado, que tem pena de dois a oito anos de prisão. "A Copasa perde 70% da água enviada pra Neves. Isso levou a perceber que há algo errado. Começamos a ver que tínhamos vários tipos de fraude, como adulteração de hidrômetro, alteração na leitura, incluindo obras clandestinas", disse o promotor de Defesa do Consumidor Henrique Nogueira Macedo.

 

0
0
0
s2smodern

Casos suspeitos: 18.871

Casos confirmados: 5.692

Casos em presídios: 386

TOTAL DE CASOS: 6.078

Óbitos confirmados p/ Covid-19: 169

Casos curados: 5.245

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde de
Ribeirão das Neves 
Última atualização: 30/12/2020

 

bg contorno