All for Joomla All for Webmasters

Polícia Civil

  • Polícia Civil de MG promete reduzir trabalho em retaliação ao governo Zema


    Sindicato que representa a categoria orienta servidores a atuarem em regime de "estrita legalidade", o que impacta atendimento a ocorrências e investigações
    Insatisfeitos com a negativa do governo de Minas Gerais em atender o pedido de recomposição de perdas inflacionárias nos salários dos servidores da segurança pública, policiais civis prometem adotar o regime de “estrita legalidade” em todas as delegacias do Estado por tempo indeterminado. O objetivo da medida – na qual servidores reduzem o ritmo de trabalho e só fazem o que está expressamente previsto em lei – é pressionar o Executivo, que ofereceu reajuste salarial de 3,62%, ante o pedido de 41,6% feito pelo Sindicato dos Servidores da Polícia Civil (Sindpol-MG).
    Servidores da Polícia Civil têm recebido orientação para adotar o regime de restrições desde a semana passada. “Não é algo pontual. A estrita legalidade vai ser algo permanente. Inclusive, estamos visitando as delegacias e instruindo os colegas a trabalharem fazendo apenas aquilo que o governo do Estado dê condições”, afirma o presidente do sindicato, investigador Wemerson Oliveira.
    Na prática, segundo Oliveira, a medida pode retardar o atendimento a ocorrências e prejudicar a execução de operações da corporação em todo o Estado. “O cidadão não vai deixar de ser atendido, mas se não tiver papel na delegacia, ele não terá cópia do boletim de ocorrência porque os policiais não vão mais comprar material de escritório com dinheiro do próprio bolso. Se precisarem sair da delegacia para uma investigação, mas a viatura estiver com pneus carecas, os policiais não vão. Isso vai prejudicar a quem? Ao cidadão que teve seu bem furtado ou a vítimas de tragédias sociais, como os crimes de pedofilia e estupro, infelizmente”, exemplifica Oliveira.
    O presidente do Sindpol nega que a categoria fará paralisação, mas argumenta que há risco de que o serviço pare devido à falta de condições de trabalho. “Não tem condições, porque temos policiais que trabalham sozinhos fazendo escolta e transporte de presos, dirigindo viaturas estragadas e com pneus carecas, indo a operações sem coletes à prova de balas ou com coletes e munições vencidos. Temos policiais tirando dinheiro do próprio bolso, dos seus parcos salários, para consertar viaturas”, reclama.


    Ação já foi adotada em 2023

    A medida proposta pelo sindicato é a mesma adotada em junho de 2023, quando os servidores da Polícia Civil também implementaram o regime de estrita legalidade na tentativa de pressionar o governo a conceder recomposição salarial.
    Desta vez, a categoria cobra que o governo de Romeu Zema (Novo) reajuste os vencimentos em 41,6%, referente a perdas sofridas nos últimos sete anos. O Executivo, por sua vez, propõe a revisão geral do subsídio e do vencimento básico dos servidores públicos civis e militares do Poder Executivo, calculado em 3,62% e retroativo a janeiro de 2024. A proposta já foi encaminhada à Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) e aguarda análise da Comissão de Constituição e Justiça.
    Outro lado
    O governo de Minas e a Polícia Civil foram procurados para se posicionarem sobre as declarações do presidente do Sindpol. A reportagem será atualizada logo que os órgãos se manifestarem.

    Readmore
  • Suspeito de matar entregador de pão é preso; sobrinho e esposa são mandantes do crime, afirma polícia


    Caso aconteceu no bairro Vera Lúcia, em Ribeirão das Neves, em julho de 2023.

    Segundo informações do G1, um homem foi preso suspeito de assassinar um vendedor de pães, de 54 anos, em Ribeirão das Neves.
    De acordo com a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), o sobrinho da vítima e a esposa seriam os mandantes do crime, executado pelo primo da mulher. O casal está foragido.
    A vítima foi morta a tiros em cima da moto, quando saía para trabalhar, em julho de 2023. O delegado responsável pelo caso, Marcus Rios, informou que a motivação do crime tem ligação com uma "construção na laje de um imóvel da família" e a venda de uma "rota de pães".
    Ainda segundo o delegado, o casal planejava viajar para o exterior assim que o homem fosse assassinado.
    “Antes da execução, os mandantes iniciaram preparativos para a aquisição da nacionalidade italiana, a fim de permitir a fuga do casal. Eles combinaram previamente que só executariam o plano após a conclusão do procedimento”, disse.
    Os três suspeitos responderão por homicídio qualificado por motivo torpe e por meio que impossibilitou a defesa da vítima.

    Readmore
  • Acidente na marginal da BR-040 deixa duas vítimas fatais na altura do bairro Veneza


    Um acidente na tarde deste sábado (10) deixou dois mortos e um ferido na BR-040, altura do bairro Veneza, em Ribeirão das Neves.

    De acordo com o Corpo de Bombeiros, um carro com três homens capotou na marginal que liga a rodovia à penitenciária público-privada, altura do km 509. Com o impacto do acidente, os dois passageiros que não usavm cinto de segurança foram ejetados do veículo, sendo que um deles foi arremessado até a pista principal da BR-040. O motorista foi socorrido pelo atendimento da Via 040, concessionária que administra a rodovia, e posteriormente transferido pelo helicóptero Arcanjo dos Bombeiros com ferimentos leves.

    A Polícia Militar foi acionada e isolou o local, até a chegada da perícia.

    Até o momento, a trânsito no sentido Sete Lagoas apresenta lentidão até o bairro Liberdade.

    Foto: Corpo de Bombeiros / Divulgação
    Readmore
  • Agentes penitenciários apreendem drogas e celulares no presídio Dutra Ladeira


    Agentes penitenciários apreenderam, nessa quarta-feira (4), drogas e celulares escondidos em um dos pavilhões do presídio Antônio Dutra Ladeira, em Ribeirão das Neves.

    O material foi encontrado durante a passagem do plantão, em um vão de cicrulação de ar da escola do pavilhão dependurado por fios. Foram apreendidos seis celulares, quantidades de cocaína e maconha, uma balança de precisão.

    Segundo a Polícia Militar, os telefones e a droga estavam em um local onde não ficam os detentos.

    O material apreendido foi entregue para a Polícia Civil, que ficará a cargo de investigar o caso.

    Readmore
  • Agentes penitenciários evitaram fuga no presídio José Martinho Drumond, diz Seap


    Agentes de Segurança Penitenciários do presídio Inspetor José Martinho Drumond, em Ribeirão das Neves, impediram uma fuga de presos no dia 3 de fevereiro, após uma ação de vistoria em todas as celas da unidade prisional. A informação foi divulgada pela Secretaria de Administração Prisional (Seap) apenas nesta quarta-feira (7).

    De acordo com a pasta, os agentes que atuam nas guaritas da unidade detectaram um barulho estranho vindo dos fundos da cela e informaram o Coordenador de Segurança, que acionou o setor de Inteligência e o Grupo de Intervenção Rápida (GIR) para realizar uma vistoria geral.

    Durante o procedimento em uma das celas, a equipe do GIR encontrou um buraco que daria acesso a um portão trancado. Foram apreendidos também um facão artesanal e uma teresa (corda feita com tiras de cobertor trançado).

    Para o Secretário de Estado de Administração Prisional, Francisco Kupidlowski, a ação dos servidores representa profissionalismo e dedicação ao trabalho desempenhado. "Esta ação deve servir de exemplo para todos os Agentes Penitenciários do Estado. Exercer de forma zelosa as atividades diárias faz com que a segurança seja garantida nas unidades prisionais, refletindo na segurança dos servidores, presos e comunidade", afirmou o Secretário.

    Os presos envolvidos na ocorrência foram removidos para outras celas. A Polícia Civil realizou perícia técnica no local para apurar os fatos no âmbito criminal e a direção do presídio instaurou um procedimento interno para apurar administrativamente as circunstâncias do ocorrido.

    Readmore
  • Atos de violência doméstica e familiar contra a mulher poderão ser registrados pela internet


    Foi regulamentada na última sexta-feira (19), a Lei estadual nº 23.644, de 22 de maio de 2020, que permite o registro de atos de violência doméstica e familiar contra a mulher pela internet, por meio da Delegacia Virtual de Minas Gerais. Pelo canal, as mulheres também poderão solicitar as medidas protetivas de urgência previstos na Lei Federal nº 11.340/2006 (Lei Maria da Penha).

    A possibilidade de registro virtual da violência doméstica busca garantir proteção às vítimas durante o estado de calamidade pública em decorrência da pandemia de Covid-19, uma vez que as medidas de distanciamento social aumentam o isolamento físico e emocional desse grupo, dificultando o acesso ao sistema de Justiça. A previsão é que o canal já esteja disponível nos próximos dias.

    Conforme o Decreto nº 47.988/2020, que regulamenta a nova lei, poderão ser registrados os delitos de ameaça, lesão corporal, vias de fato e descumprimento de medida protetiva. Para a solicitação virtual do Registro de Eventos de Defesa Social (REDS), serão disponibilizados à população dois formulários: um de caráter não obrigatório, que poderá ser preenchido pela vítima, por seu representante legal ou pelo solicitante responsável pelo registro; e outro de caráter obrigatório, disponibilizado à vítima em formato de checklist, para que ela assinale as opções que entender correspondentes à sua realidade.

    Após o registro da ocorrência, o REDS gerado por meio da Delegacia Virtual de Minas Gerais será encaminhado ao Sistema Integrado de Defesa Social (SIDS) e terá conexão com o Sistema de Informatização e Gerenciamento dos Atos de Polícia Judiciária (PCNET), para adoção das medidas de polícia judiciária.

    Ao receber o REDS, o delegado de polícia, em cumprimento ao artigo 12 da Lei Federal nº 11.340/2006, ouvirá a ofendida preferencialmente por meio eletrônico ou telefônico. Na sequência, o expediente será encaminhado à Justiça, para que seja apreciado o pedido e concedidas as medidas protetivas solicitadas. Casos de flagrante delito não serão registrados por meio da Delegacia Virtual de Minas Gerais.

    De acordo com a nova lei, poderão também ser realizados, por meio da Delegacia Virtual, registros dos atos de violência crianças e adolescentes, idosos e pessoas com deficiência.

    Agravamento da violência

    A coordenadora do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher (CAO-VD), promotora de Justiça Patricia Habkouk, destaca que, embora a medida de distanciamento social seja a mais eficaz, segundo as autoridades sanitárias, para minimizar os efeitos diretos da Covid-19, o regime de isolamento tem imposto uma série de consequências para a vida de milhares de mulheres que já viviam em situação de
    violência doméstica, agravando o quadro. "Elas estão sendo obrigadas a ficar mais tempo em casa sob o controle do agressor, muitas vezes em habitações precárias, encontrando-se ainda mais isoladas de sua rede familiar, de amigos e de trabalho. É importante destacar que nesse período de quarentena os serviços especializados reduziram o atendimento, o que dificulta a comunicação da violência à polícia".

    Patrícia menciona, ainda, que o desemprego e as incertezas econômicas decorrentes do quadro de pandemia são fatores que também aumentam a vulnerabilidade das vítimas, na medida que desencorajam o pedido de socorro. "Esses fatores todos, somados ainda com o aumento do uso de bebidas e de drogas, significam um risco maior de violência para as mulheres, em um país que ocupa o quinto lugar no ranking mundial dos mais violentos para a população
    feminina".

    De acordo com a promotora de Justiça, apesar do agravamento da situação de violência nos lares brasileiros, uma das consequências do isolamento social tem sido a diminuição das denúncias, já que muitas mulheres não têm conseguido sair de casa para fazê-la ou têm medo de realizá-la pela aproximação do parceiro.

    Para acessar a Delegacia Virtual de Minas Gerais, clique aqui.

    Readmore
  • Avó e neta morrem atropeladas por motorista com sinais de embriaguez em Ribeirão das Neves


    Uma mulher de 45 anos e sua neta, de apenas dois anos, foram mortas nesta sexta-feira (1º) depois de serem atropeladas por um carro guiado por um motorista com sintomas de embriaguez no bairro Alterosa, em Ribeirão das Neves.

    Conforme relato da Polícia Militar (PM), o homem, de 48 anos, dirigia um Corsa branco em alta velocidade na avenida A. Em um determinado ponto, o condutor chegou a trafegar na contramão, segundo uma testemunha, quando atingiu as vítimas.

    O helicóptero do Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado, porém os óbitos já haviam sido constatados pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

    O motorista, que não é habilitado e estava com o veículo em situação irregular, foi agredido por quem passava pelo local. Ele se recusou a fazer o teste do bafômetro e foi conduzido à Delegacia de Plantão de Ribeirão das Neves.

    Readmore
  • Bárbara Vitória foi estuprada e morta por asfixia pelo principal suspeito, diz Polícia Civil


    Foto: Arquivo pessoal

    A Polícia Civil de Minas Gerais confirmou nesta quarta-feira (10) que a menina Bárbara Victória, de 10 anos, que desapareceu após ir à padaria, foi estuprada e morta por asfixia.

    A corporação concluiu que o autor do crime foi Paulo Sérgio de Oliveira, de 50 anos, que aparece em imagens registradas por câmeras de segurança ao lado da criança. Ele foi encontrado morto dias após o crime sob suspeita de suicídio.

    A investigação, segundo a Civil, confirmou a conclusão do exame de DNA colhido no corpo da vítima, apontando ser de Paulo Sérgio. O material genético dele foi encontrado nas unhas da criança e no cadarço utilizado para amarrar as mãos dela. A motivação do crime teria sido de cunho sexual.

    Segundo a corporação, Paulo Sérgio também é suspeito de outros crimes semelhantes que estão sendo investigados.

    Readmore
  • Câmera de segurança flagra dupla assaltando posto de combustível em Justinópolis


    Uma dupla foi flagrada durante um assalto em um posto de combustível na noite dessa terça-feira (11), no Distrito de Justinópolis, em Ribeirão das Neves.

    As câmeras de segurança mostram o momento em que os assaltantes chegam a pé ao posto. Enquanto um vai até o caixa, o outro revista os frentistas. Em seguida, eles fogem com cerca de R$ 500.  

    O que chamou atenção foi a ousadia da dupla, que desafiou o ponto de apoio de Polícia Militar (PM), que funciona no estabelecimento.

    O caso está sendo investigado pela Polícia Civil (PC). Até o momento, ninguém foi preso.

    Readmore
  • Caminhada alerta sobre violência contra mulher em Ribeirão das Neves


    Na luta pela conscientização e pelo fim dos casos de violência contra a mulher, representantes do poder público, segurança, judiciário, movimentos sociais e estudantes se reuniram durante caminhada pelas ruas da região central de Ribeirão das Neves. O ato chamou à atenção e alertou à população para o número crescente de casos envolvendo o público feminino.

    Apenas no primeiro semestre de 2019, a Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher registrou 800 boletins de ocorrências, 240 solicitações de medidas protetivas, quatro casos de tentativas de feminicídio, havendo um registro de feminicídio consumado. Os números alarmantes preocupam Carla Amorim, delegada titular da especializada em Ribeirão das Neves. "A violência doméstica é um tipo de crime que não tem uma vítima em específico. Pode acontecer em qualquer classe social e nível cultural. É um tipo de situação que está na sociedade como um todo e que precisa ser combatido diariamente", explicou.

    O prefeito Junynho Martins (PSC) participou da caminhada e alertou sobre a necessidade de continuidade desse trabalho. "Não é apenas nessa data que precisamos combater os casos de violência contra a mulher. Isso deve ser feito todos os dias. Daí a importância da prevenção por meio das ações como o dique 180, entre outras", orientou.

    A secretária municipal de Assistência Social, Glaucia Brandão, descreveu as ações que o município realiza com relação ao tema.  "Temos que manifestar e gritar contra esses casos de violência à  mulher. Estamos fazendo um trabalho em conjunto com a polícia, judiciário, movimentos sociais e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). É uma grande rede para combater e não deixar que essas mulheres se calem diante dos casos de violência. Estamos trabalhando com a economia solidária, inclusão produtiva, entre outras iniciativas, para que elas não fiquem reféns deles por dependência financeira", explica.

    Readmore
  • Carreta com 25 mil litros de combustível tomba e pega fogo na avenida Eduardo Brandão


    Uma carreta carregada com combustíveis tombou e pegou fogo nesta segunda-feira (2), na avenida Eduardo Brandão, em Ribeirão das Neves, no sentido Centro.

    De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, populares conseguiram retirar o motorista da cabine já com muitas queimaduras. Ele foi socorrido para o Hospital São Judas Tadeu. O estado de saúde da vítima não foi divulgado.

    A pista ficou totalmente fechada no local e o fogo, que consumiu 25 mil litros de álcool, se alastrou pela mata às margens do asfalto. Militares realizaram o resfriamento da carreta.

    Segundo os Bombeiros, sete viaturas da corporação foram empenhadas na ocorrência, que contou ainda com o apoio de dois veículos da Polícia Militar (PM) e um da Polícia Civil (PC).

    Foto: Corpo de Bombeiros / Divulgação

    Foto: Corpo de Bombeiros / Divulgação

    Readmore
  • Com lastros em Ribeirão das Neves, polícia faz mega operação para combater pedofilia


    A Polícia Civil fez uma operação na manhã desta sexta-feira (20) para combater a pedofilia em 24 estados e no Distrito Federal, em parceria Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), órgão subordinado ao Ministério da Justiça. Mais de 90 pessoas foram presas em flagrante, segundo informou o ministro da Justiça, Torquato Jardim.

    A operação Luz da Infância contou com 1.100 policiais e tinha mandados de busca e apreensão e de condução coercitiva. Não havia previsão de mandados de prisão, mas os presos foram detidos em flagrante com material pornográfico infantil em quatro estados e no Distrito Federal. O foco da operação é o compartilhamento de fotos pela internet.

    Em Minas Gerais, a Polícia Civil cumpre 14 mandados de busca e apreensão em Ribeirão das Neves, Belo Horizonte, Guaxupé, Itabira, Boa Esperança, Sete Lagoas, Juiz de Fora, Uberlândia e Ipatinga.

    Os alvos foram identificados por meio de um trabalho de cooperação entre a Diretoria de Inteligência da Senasp e a Embaixada dos Estados Unidos no Brasil. A investigação durou seis meses e foi coordenada pela Diretoria de Inteligência (DINT).

    O conteúdo dos computadores está sendo analisado e, caso se confirme a presença de imagens alusivas a menores de idade em situação de pornografia, os donos dos aparelhos serão autuados em flagrante pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

    Conforme o artigo 241-B do ECA, é considerado crime o ato de "oferecer, trocar, disponibilizar, transmitir, distribuir, publicar ou divulgar, por qualquer meio, inclusive por meio de sistema de informática ou telemático, fotografia, vídeo ou outro registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente". A pena prevista é de reclusão de três a seis anos e multa.

    Readmore
  • Corpo de estudante desaparecido é encontrado em mata na região de Justinópolis


    Foto: Arquivo pessoal

    O corpo do estudante Gabriel Lucas de Oliveira Gonçalves, de 23 anos, que estava desaparecido há seis dias, foi encontrado na noite desta segunda-feira (22) em uma mata no bairro Paraíso das Piabas, região de Justinópolis, em Ribeirão das Neves.

    Familiares realizaram uma força tarefa ao longo da semana para tentar localizar o jovem, que havia sido visto pela última vez perto do bairro Tupi, em Belo Horizonte.

    A Polícia Militar (PM) foi acionada na tarde desta segunda-feira (22) após moradores relatarem ter visto uma moto semelhante à do jovem desaparecido. Os militares localizaram o veículo perto de uma mata e confirmaram ser do jovem.

    Em seguida, o Corpo de Bombeiros foi acionado para fazer buscas no local. O corpo foi localizado com roupas semelhantes às que o jovem usava.

    A Polícia Civil (PC) informou que familiares acompanhavam as buscas quando o corpo de Gabriel foi encontrado.

    A Delegacia de Homicídios em Ribeirão das Neves é a responsável por investigar o caso.

    Readmore
  • Corpo de uma mulher é encontrado com tiro na cabeça na região da avenida Eduardo Brandão


    O corpo de uma mulher foi encontrado na madrugada desta sexta-feira (5), no bairro São Luís, em Ribeirão das Neves.

    De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima, que ainda não teve a identicação revalada, foi executada com um tiro na cabeça.

    O corpo foi localizado em uma estrada de terra próximo à avenida Eduardo Brandão.

    Até o momento, não há informação sobre autoria e motivação para o crime. A Delegacia de Homicídios de Ribeirão das Neves vai investigar o caso.

    Readmore
  • Corpo é encontrado sem cabeça e órgão genital em Ribeirão das Neves


    O corpo de um homem decapitado e sem o órgão genital foi encontrado por militares do 40º Batalhão da Polícia Militar na manhã desta sexta-feira (20), em Ribeirão das Neves.

    Os policiais descobriram o cadaver mutilado na rua Andaraí, no bairro Botafogo 1ª Seção. A vítima ainda não foi identificada.

    A perícia foi acionada e os restos mortais removidos para o Instituto Médico-Legal (IML) de Belo Horizonte. A Polícia Civil vai investigar a motivação e a autoria do crime.

    Readmore
  • Crimes raciais


    O número de homicídios de negros nos últimos quatro anos em Belo Horizonte tem sido, pelo menos, quatro vezes maior que o de brancos, segundo dados das delegacias especializadas da Polícia Civil.

    O dado foi apresentado em audiência pública da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) sobre crimes raciais e de intolerância contra a população negra.

    Readmore
  • Desavenças por ciúmes, roubo e tráfico de drogas: 11 pessoas são indiciadas por torturar e assassinar amigos


    Crime aconteceu em Ribeirão das Neves, em outubro de 2023. De acordo com a Polícia Civil, quatro pessoas estão presas, e nove foragidas.

    Dez homens e uma mulher foram indiciados pela Polícia Civil suspeitos de participação na morte e tortura de dois jovens, de 25 e 29 anos, em Ribeirão das Neves, na Grande BH. De acordo com a instituição, até o momento, quatro pessoas estão presas, e nove continuam foragidas.

    O crime aconteceu no dia 15 de outubro de 2023. As vítimas foram encontradas carbonizadas e com as mãos e pés amarrados em uma área de mata, às margens da Estrada dos Mascates, no bairro San Marino.

    Segundo as investigações, o grupo sequestrou os jovens perto da casa onde moravam juntos. Eles foram amarrados com cordas e levados para uma cativeiro, no bairro Santa Paula, na mesma região.

    No local, os amigos foram torturados, assassinados e, em seguida, abandonados em um matagal, onde tiveram os corpos queimados.

    Para o delegado Marcus Rios, os crimes tiveram motivações por desavenças por ciúmes, roubo e tráfico de drogas.

    "Uma das vítimas teve um relacionamento com a ex-companheira de um dos investigados. Essa mesma vítima participou de um assalto a uma mina no interior do estado e um dos comparsas não queria fazer a partilha correta do produto do crime, pelo que instigou o grupo criminoso a praticar o homicídio”, contou.

    Além disso, as vítimas estariam disputando ponto de tráfico na região dominada por esse grupo.

    Os indiciados vão responder por homicídio triplamente qualificado por motivo torpe, tortura e meio que dificultou a defesa das vítimas. A Polícia investiga também se outros crimes foram cometidos no mesmo local.

    Readmore
  • Detendo do regime semiaberto é assassinado a tiros próximo à Câmara Municipal


    Um jovem de 22 anos foi morto a tiros na noite dessa sexta-feira (22) na Avenida dos Nogueiras, próximo à Câmara Municipal de Ribeirão das Neves. Ele era detento do regime semiaberto e estava retornando à penitenciária José Maria de Alkimin depois de trabalhar.

    De acordo com a Polícia Militar (PM), testemunhas informaram que ouviram disparos de arma de fogo por volta das 20h. Uma pessoa informou que uma motocicleta vermelha e um Pálio prata passaram em alta velocidade no local no sentido bairro Sevilha B.

    Quando os militares chegaram ao local, a  vítima já estava sem vida. Após perícia da Polícia Civil (PC), foi constatado que o jovem teve diversas lesões por disparos de arma de fogo por todo o corpo.

    A vítima tinha passagens por homicídio consumado em 2014 e homicídio tentado em 2016, além de tráfico de drogas e posse ilegal de armas.

    Readmore
  • Detento do semiaberto é morto a tiros na saída de penitenciária em Ribeirão das Neves


    Um detento que cumpria pena em regime semiaberto foi morto a tiros na manhã desta quarta-feira (13) enquanto saia rumo ao trabalho do Complexo Penitenciário Público-Privado (CPPP), na região da BR-040, em Ribeirão das Neves.

    De acordo com informações da Polícia Militar (PM), um agente penitenciário acionou a corporação depois de ter escutado os disparos de arma de fogo e avistado o homem caído na porta da penitenciária.

    Como o crime ocorreu fora da penitenciária, a Polícia Civil (PC) deve ficar responsável pelas investigações. Ainda não há pistas sobre motivação e autoria do crime.

    Readmore
  • Disque Denúncia 181


    O Disque Denúncia está completando 10 anos de operação em Minas Gerais. Nesse período, o 181 já recebe 7,6 milhões de chamadas. Ribeirão das Neves está no ranking das 15 cidades que mais registram denúncias, ao lado de Belo Horizonte, Governador Valadares, Santa Luzia, Sete Lagoas, Uberaba, Sabará e Vespasiano.

    O canal de comunicação tem sigilo absoluto e anonimato garantido e é uma importante contribuição ao trabalho da Polícia Civil, da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e Secretaria de Segurança Pública.

    Readmore
  • Disque Denúncia 181 completa 11 anos


    O 181 Disque Denúncia Unificado (DDU) está completando 11 anos de atuação ultrapassando a marca de 8,1 milhões de ligações recebidas em Minas Gerais, uma média de 736 mil por ano. Nesse período, Ribeirão das Neves foi o sexto município que mais originou chamadas ao serviço, atrás apenas de Belo Horizonte, Contagem, Juiz de Fora, Uberlândia e Betim.

    Dessas chamadas, 812 mil se transformaram em denúncias apuradas pela Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros Militar, sendo possível retirar de circulação mais de 38 toneladas de drogas, entre cocaína, maconha e crack; 20,9 mil armas de fogo, como fuzis e submetralhadoras; além de realizar 193,7 mil conduções, prisões, apreensões ou recapturas de criminosos.

    Readmore
  • Dupla é presa por roubar carga de cosméticos avaliada em R$ 30 mil


    A Polícia Civil prendeu em Ribeirão das Neves dois suspeitos, de 20 e 23 anos, de roubar um veículo de uma transportadora última quinta-feira (21), em Contagem. O veículo estava com uma carga de cosméticos avaliada em R$ 30 mil.

    De acordo com a Polícia Civil (PC), uma organização criminosa de subtração de cargas com atuação em Belo Horizonte e região metropolitana já era investigada.

    Os investigadores informaram que, no momento em que o motorista de uma Fiorino da transportadora foi abordado pelos suspeitos, o veículo estava estacionado próximo a um endereço de entrega. A mercadoria foi descarregada em um imóvel próximo ao local da prisão.

    Ainda segundo PC, os suspeitos presos já têm antecedentes por delitos contra o patrimônio. Inclusive, haviam saído do Sistema Prisional recentemente.

    Readmore
  • Durante visita de deputadas estaduais, Delegacia de Mulheres em Ribeirão das Neves pede mais efetivo


    Mais de cinco mil inquéritos estão atualmente em tramitação na Delegacia Especial de Crimes contra a Mulher, o Idoso e o Adolescente deRibeirão das Neves. A maioria é de ameaça e lesão corporal em casos deviolência doméstica contra a mulher, mas também há muitos de abuso sexual contra crianças e adolescentes.

    Esse foi o quadro encontrado pelas deputadas Marília Campos (PT) e Andréia de Jesus (Psol), que participaram da visita técnica ao local realizada pela Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) nesta quarta-feira (29).

    O alto número de inquéritos em andamento, apresentado durante o encontro, é um dos indicativos ressaltados pela delegada Carla Amorim de que é necessário aumentar o efetivo. Segundo ela, há apenas uma escrivã, que é responsável por todas as oitivas - com vítimas, testemunhas e agressores. A própria delegada também atende, em revezamento com outros colegas, outra delegacia da região que está sem titular. Outro problema relatado é que a maioria dos investigadores é de homens, o que dificulta o trabalho, já que muitas das vítimas não se sentem confortáveis em serem atendidas por eles.

    Carla Amorim destacou ainda que, ao contrário de outras delegacias, que se concentram nos crimes e nos agressores, ali o foco é no atendimento das vítimas e no seu encaminhamento para outros atores da rede, como psicólogos, para garantir sua retirada da situação de violência. Assim, seria necessário um treinamento específico aos investigadores, escrivães e delegados, o que não é oferecido pela Polícia Civil.

    Rede de proteção

    Entre os gargalos para melhor encaminhamento das situações estaria a inexistência de uma vara judicial específica no município para atender os casos de violência doméstica. A delegada Carla Amorim explicou que é comum, por exemplo, que o juiz conceda medidas protetivas, que determinam o afastamento do agressor da vítima, como procedimento de urgência e, assim, essa medida acaba extinta pouco tempo depois, sem que as ameaças tenham cessado.

    O encontro desta quarta-feira contou com a presença de outros atores da rede de proteção à mulher de Ribeirão das Neves, como psicólogas e assistentes sociais que atuam na área a partir da prefeitura. Segundo elas, já têm sido realizadas conversas com os representantes do Poder Judiciário, mas ainda de forma muito incipiente. Elas reivindicaram treinamento para os membros desse Poder de forma a garantir que eles entendam as especificidades das violências domésticas.

    Agressão

    Uma mulher que foi atendida na Delegacia durante a visita da comissão deu seu depoimento e contou que se mudou de Ribeirão das Neves com as filhas de 4 e 17 anos para fugir das agressões do ex-marido. Ele, porém, alegou alienação parental para reivindicar a guarda das crianças e o juiz da Vara da Infância a concedeu a ele. Agora, ela não pode nem visitar as filhas. Para lutar pela guarda novamente, precisou retornar a Ribeirão das Neves e voltou a ser agredida e ameaçada pelo ex-companheiro.

    Diante do relato, os presentes ressaltaram que o município conta com apenas uma Vara da Infância, que funciona juntamente com a Vara de Sucessões. Dessa forma, os juízes que atuam na área estão sempre sobrecarregados e têm dificuldades para julgar e acompanhar adequadamente os casos que chegam.

    A deputada Andréia de Jesus, que é moradora de Ribeirão das Neves, também falou da necessidade de fortalecer a Defensoria Pública do município. Segundo ela, para conseguir atendimento no órgão, é necessário dormir na fila para pegar uma senha de atendimento.

    Polícia Militar

    Também o atendimento da Polícia Militar foi citado como um ponto de atenção. Segundo a escrivã Cristiane Dias, é comum ouvir das vítimas que já denunciaram os agressores outras vezes, mas acabaram revitimadas, que voltaram para os maridos ou companheiros porque gostam. A Patrulha de Atendimento à Violência Doméstica da Polícia Militar, que começou a funcionar em Ribeirão das Neves há pouco mais de um ano, de acordo com Cristiane Dias, amenizou o problema.

    A patrulha trabalha em parceria com a delegacia, que indica os casos em que as mulheres ou crianças estão em maior vulnerabilidade para que os militares façam visitas regulares para conversar com vítimas e agressores de forma a evitar violências mais graves. O problema, na avaliação da escrivã da delegacia da Polícia Civil, é que a patrulha da Polícia Militar do município conta com apenas dois policiais, um homem e uma mulher, o que é pouco para atender uma cidade de 400 mil habitantes.

     

    Com informações da Assembleia Legislativa de Minas Gerais.

     

    Readmore
  • Estrutura de ponto de ônibus desaba e deixa mãe e filhos feridos em Justinópolis


    Uma mulher de 49 anos e os dois filhos, de 8 e 17 anos, ficaram feridos na noite desta segunda-feira (10) depois que a estrutura do ponto de ônibus onde estavam desabou sobre eles no bairro Cruzeiro, região de Justinópolis, em Ribeirão das Neves.

    De acordo com a Polícia Militar, as vítimas estavam no banco do ponto de ônibus aguardando o coletivo quando a estrutura cedeu. A mãe, atingida na cabeça e na perna, e a filha mais velha, com lesões nas pernas, foram encaminhadas à UPA Justinópolis.

    A Polícia Civil foi acionada ao local e deve emitir um laudo com as causas do acidente em até 30 dias.

    Em nota, a Prefeitura de Ribeirão das Neves informou que foi determinada a vistoria do abrigo de ônibus nesta manhã, bem como a vistoria dos demais abrigos do município. "A Secretaria de Segurança, Trânsito e Transportes destaca que os pontos de ônibus refletem o estado precário do Transporte Público em todo o país no período pós pandemia e, que após a vistoria tomará providências que se fizerem necessários para proporcionar segurança para a população", reforçou.

     

    Matéria atualizada às 11h59.

    Readmore
  • Família sofre com ataques racistas no muro de casa em Ribeirão das Neves


    Uma família do bairro Sevilha A, em Ribeirão das Neves, tem sido vítima ataques racistas há três meses. O muro de casa, na rua Uberaba, traz várias pichações de injúria racial. Ivan, de 39 anos, e Marilene, de 44, têm três filhos e, segundo eles, não têm inimigos e nem problemas com os vizinhos.

    A última pichação, ocorrida nessa quinta-feira (11), diz "Escravos à venda”. O muro ainda registra dizeres antigos como "Senzala" e "Voltem para a África". A primeira delas foi feita em letras garrafais: "Negros Imundos".

    Revoltados com a situação, moradores da região estão se organizando para promover uma manifestação para cobrar providências e apoiar o vizinho neste sábado (13), às 19h, com faixas e cartazes de repúdio.

    Na manhã desta sexta-feira (12), Ivan vai até a 3ª Delegacia Regional de Polícia Civil, em Ribeirão das Neves, registrar a ocorrência para início das investigações.

    Foto: Arquivo Pessoal

    Readmore
  • Fazendeiro é sequestrado em Ribeirão das Neves depois de negociar compra de bezerros pela internet


    Um fazendeiro do interior de São Paulo foi sequestrado na noite da última sexta-feira (22) após vir a Ribeirão das Neves para comprar bezerros que foram negociados com criminosos de uma quadrilha pela internet.

    De acordo com a Polícia Militar (PM), o fazendeiro de 62 anos, acompanhado de um funcionário, de 55, marcaram com os supostos vendedores na avenida A, no bairro Porto Seguro. Ao chegarem no endereço, os paulistas foram surpreendidos com quatro homens armados, que renderam a dupla e roubaram o carro.

    Durante o período em que foi mantido sob cárcere, o fazendeiro foi ameaçado de morte e obrigado a transferir R$ 80 mil à conta de um homem que, segundo a PM, mantinha ligações com o grupo e é o possível chefe da organização criminosa.

    Depois que a transferência foi realizada, os bandidos amarraram os paulistas em uma árvore de uma área verde às margens da LMG-806 e fugiram com o carro. No entanto, a PM recebeu uma denúncia informando sobre o sequestro e foi iniciada perseguição e os indivíduos chegaram a bater com a caminhonete antes de serem detidos no Centro de Ribeirão das Neves.

    Dentro da Hilux estavam um homem de 21 anos e um adolescente de 17. A dupla disse aos militares onde estavam as vítimas e, ao chegar no local indicado, a PM foi recebida com tiros por outros dois integrantes da quadrilha que conseguiram fugir.

    Dentro da caminhonete foi encontrada uma submetralhadora com 14 munições intactas. O homem apontado como líder do grupo, que recebeu os depósitos da vítima, não foi localizado.

    A ocorrência foi encaminhada para a delegacia de plantão da Polícia Civil de Ribeirão das Neves, que dará início às investigações.

    Readmore
  • Foragido de penitenciária é suspeito de matar casal a facadas na Grande BH e filmar crime


    Homicídios ocorreram no mês passado em Ribeirão das Neves

    Um homem de 40 anos foi indiciado pela Polícia Civil de Minas investigado pelo duplo homicídio de uma mulher, de 60 anos, e do marido dela, de 55, em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O casal foi morto a facadas no dia 1º de março deste ano. O crime foi gravado pelo suspeito, que está foragido e segue sendo procurado pela polícia.

    Conforme apurado pela Delegacia Especializada de Investigação de Homicídios (DEH) em Ribeirão das Neves, vinculada ao Departamento Estadual de Investigação de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), o suspeito do crime é irmão de um inquilino das vítimas. O investigado já estava foragido da Justiça desde fevereiro deste ano, quando cumpria pena por diversos crimes, mas não havia retornado ao sistema prisional após benefício de trabalho externo.

    Ele então passou a residir com o irmão, em um imóvel localizado no bairro Belvedere, em Ribeirão das Neves, no lote onde as vítimas, proprietárias, também moravam.

    Na noite anterior ao crime (29), após uma briga entre os irmãos, a proprietária do imóvel, a vítima de 60 anos, pediu que eles saíssem do local, pois haviam quebrado alguns objetos, tendo o investigado ido dormir na casa de um amigo.

    Na manhã seguinte (1º), o irmão do suspeito se encontrou com o amigo dele e os dois acabaram por se desentender, vindo o irmão do suspeito a atingir golpes de faca contra o homem. O irmão do indiciado foi preso em flagrante naquela ocasião por tentativa de homicídio.

    “Há filmagem dessa vítima caída na rua ensanguentada, imagens estas feitas pelo ora indiciado, que, na gravação, fala que fora seu irmão o autor da agressão”, explicou o delegado responsável, Marcus Rios.

    De acordo com o delegado, no mesmo dia, à noite, o suspeito, acreditando que a idosa de 60 anos teria compartilhado o vídeo, que chegou à polícia, se dirigiu à casa das vítimas e cometeu os homicídios, a facadas.

    Ele ainda fez outra filmagem em cujo áudio atribui a si a autoria desse duplo homicídio e se justifica dizendo que matou os idosos porque eram ‘caguetas’ e responsáveis pela prisão do irmão dele, além de que haviam delatado ele próprio à polícia”, revelou Rios.

    Após o crime, o indiciado fugiu da localidade. A filmagem, que também circulou pela região, foi documentada pela Polícia Civil, e as facas utilizadas no crime, apreendidas.

    A Polícia Civil concluiu o inquérito policial, de mais de cem páginas, e representou pelo mandado de prisão preventiva contra o suspeito, o qual foi indiciado por homicídio qualificado por motivo fútil e por meio que dificultou a defesa das vítimas.

    Readmore
  • Gêmeos que estavam sozinhos em casa morrem esmagados por queda de fogão em Ribeirão das Neves


    Foto: Redes Sociais/Reprodução

    Duas crianças gêmeas, de um ano e cinco meses, morreram esmagadas por um fogão na tarde dessa quinta-feira (7) em Ribeirão das Neves. A mãe dos bebês, Samara Estefani Santos de Deus, foi presa suspeita de abandono de incapaz. Os gêmeos teriam ficado cerca de três horas sozinhos. 

    De acordo com a Polícia Militar (PM), a mulher, de 20 anos, teria deixado as duas vítimas em casa, por volta de 12h30, para levar outros dois filhos para a casa da avó para almoçar. Quando retornou, cerca de três horas depois, encontrou os dois bebês debaixo do fogão e sujos de óleo. A substância estava em uma panela em cima do fogão e não estava quente.

    Uma das crianças ainda teria sido levada para a casa da avó materna. Houve tentativa de reanimá-la, mas o bebê já estava sem vida.

    O pai das crianças disse que estava trabalhando e que tomou conhecimento do fato ao retornar. A mãe disse que levou duas filhas (uma menina de quatro meses e outra de dois anos) para a residência da avó materna para almoçar e tomar banho, enquanto os gêmeos permaneceram em casa. Samara relatou que as residências são próximas – a mãe mora em um beco ao lado. 

    A mãe dos gêmeos contou que voltava com os outros filhos para casa quando entrou na residência e se deparou com os dois bebês debaixo do fogão. 

    Samara informou que não era costume deixar as crianças sozinhas em casa, que o marido não deixou o celular em casa e ela não conseguiu contato com ninguém para tomar conta dos filhos. Ela ainda relatou que tentou falar com uma vizinha, mas não teve resposta.

    Ela foi levada para a delegacia de Ribeirão das Neves e deve ser transferida nesta sexta-feira (8) para o presídio feminino de Vespasiano, até audiência de custódia.

    Readmore
  • Governo de Minas entrega 48 novas viaturas da Polícia Civil, uma será destinada para Neves


    O Governo de Minas entregou na tarde desta segunda-feira (15/4), na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, 48 novas viaturas para a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG).
    A frota será direcionada para delegacias da capital, da Região Metropolitana e do interior, entre unidades especializadas e territoriais.
    Os recursos investidos na aquisição dos veículos são provenientes de convênios federais, transferências especiais e emendas estaduais e somam cerca de R$ 5,7 milhões.

    Municípios contemplados

    No total, serão contempladas delegacias de Polícia Civil sediadas em 33 municípios de diferentes regiões do estado.
    Além da capital Belo Horizonte, Contagem, Betim, Esmeraldas, Ibirité, Mário Campos, Ribeirão das Neves, Lagoa Santa, Santa Luzia, Taquaraçu de Minas, Juiz de Fora, Planura, Passatempo, Três Corações, Bom Despacho, Pará de Minas, Ituiutaba, Santa Vitória, Lagoa Grande, Patos de Minas, Janaúba, Mato Verde, Montes Claros, São Francisco, Caratinga, Barbacena, Diamantina, Caxambu, Inconfidentes, Itajubá, Carmo do Rio Claro, Poços de Caldas e São Sebastião do Paraíso.

    Fonte: Agência Minas

    Readmore
  • Governo de Minas lança Emergência MG: 190, 197 e 193 poderão ser acionados via internet


    Projeto pioneiro no país permite atendimento virtual e amplia alcance de chamadas direcionadas para as polícias Militar, Civil e Corpo de Bombeiros
    O Governo de Minas lançou nesta quarta-feira (29/11), Emergência MG, serviço de acionamento do 190 (Polícia Militar), 197 (Polícia Civil) e 193 (Corpo de Bombeiros Militar) via internet.
    O sistema já está em funcionamento na cidade de Lagoa Santa, por um período de teste por 30 dias, e em breve será expandido para toda Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) e para demais cidades do estado.

    O serviço de atendimento virtual é pioneiro no país e promove a mobilização integrada das polícias e Corpo de Bombeiros via chat. Também poderá ser acionado por meio de site próprio (www.emergencia.mg.gov.br), pelo aplicativo de serviços do Governo de Minas - MG App e pelo aplicativo de mensagens Telegram.

    O novo projeto também é uma ação inclusiva, pois permite o acionamento das polícias e bombeiros por pessoas surdas. A interface com a tecnologia permite, de forma segura, o compartilhamento de localização, envio de fotos e vídeo chamadas. Essa última aplicação pode ser decisiva, por exemplo, na ligação de uma mãe para os bombeiros durante um pedido de socorro para o filho engasgado.

    Readmore
  • Governo do Estado divulga edital de concurso público da Polícia Civil


    O Governo de Minas Gerais publicou edital do concurso público de provas e títulos da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), para o cargo de Delegado de Polícia substituto (nível inicial da carreira). O edital nº 01/18 foi publicado no Diário Oficial Minas Gerais.

    O concurso visa ao preenchimento de 76 vagas para o cargo, com o objetivo de direcionamento para o trabalho nas unidades policiais das Delegacias Regionais de Polícia Civil do interior do estado. As inscrições estarão abertas, neste ano, a partir das 9h do dia 16 de abril e seguem até às 23h do dia 15 de maio, conforme as disposições do edital.

    A jornada de trabalho é de 40 horas semanais, com regime estatutário. O salário inicial para o cargo é de R$ 11.475,57. Conforme o edital, ficam reservadas oito vagas a pessoas com deficiência, o equivalente ao percentual de 10% do total de vagas oferecidas. Ainda segundo o documento, se não houver candidatos com deficiência aprovados ou se o número de pessoas com deficiência habilitadas for inferior ao número de vagas reservadas, essas poderão ser preenchidas por candidatos sem deficiência, seguindo-se a ordem de classificação.

    Além, da aprovação no certame, são requisitos para ingressar no cargo o título de bacharel em Direito, a idade mínima de 18 anos (completados até a data da posse), ser brasileiro nato ou naturalizado, estar em dia com as obrigações eleitorais (em caso de candidato do sexo masculino, também com as militares) e estar em pleno exercício dos direitos civis e políticos.

    As inscrições deverão ser realizadas exclusivamente por meio da internet nos endereços eletrônicos acadepol.policiacivil.mg.gov.br e www.fumarc.com.br. O valor de inscrição no concurso é de R$ 212, recolhido por meio de Documento de Arrecadação Estadual (DAE).

    As bancas examinadoras serão a Fundação Mariana Resende Costa (Fumarc) e a Academia de Polícia Civil de Minas Gerais (Acadepol).

    Readmore
  • Grupo é preso por falsificar 40 toneladas de marca de sabão em pó OMO


    Seis pessoas foram presas suspeitas de falsificar 40 toneladas do sabão em pó Omo. Elas foram detidas em um galpão clandestino em Ribeirão das Neves. O grupo foi alvo da operação "Limpeza Profunda", realizada pela Receita Estadual na manhã de sexta-feira, 3 de maio.
    De acordo com o Jornal O Tempo, as investigações começaram no final de fevereiro. Segundo a Superintendência de Fiscalização da Receita Estadual, o produto sem procedência era colocado em caixas idênticas às da de líder de mercado.
    "Vamos fazer o trabalho pericial, e o procedimento investigativo continua para localizar onde está sendo fabricado esse sabão e qual seria o destino do produto. O foco é descobrir todos que estão por trás do esquema de falsificação”, contou o delegado Magno Machado, da Polícia Civil, que acompanhou a operação.
    A investigação agora busca identificar os fabricantes clandestinos e o comércio que adquiriu a mercadoria para revenda. Segundo a Receita Estadual, a estimativa é que o esquema de falsificação tenha causado milhões de reais de prejuízo aos cofres públicos.
    “Trabalhamos para garantir a concorrência leal entre os contribuintes do nosso estado. Com base nas investigações de inteligência analítica e de auditorias, a Receita Estadual chegou a este estabelecimento que faz a falsificação do sabão em pó Omo. Esses produtos seguem para o comércio com notas fiscais falsas”, revelou o auditor fiscal Pierre Julião.


    A empresa


    A Unilever, responsável pela fabricação do sabão Omo, tem fábrica instalada em Pouso Alegre, no Sul de Minas. Ela está na cidade desde a década de 1970, onde emprega, atualmente, 1.100 profissionais, com 800 funcionários diretos e 300 indiretos.

    Readmore
  • Homem é suspeito de tentar matar ex-mulher a facadas no bairro Jardim Colonial


    Uma mulher de 34 anos está internada em estado grave no Hospital São Judas Tadeu após ter sido esfaqueada pelo ex-marido no bairro Jardim Colonial, em Ribeirão das Neves, na noite dessa terça-feira (8). O filho do casal presenciou o crime.

    De acordo com a Polícia Militar, ao ver a vítima gritar por socorro, o garoto saiu correndo de casa e pediu ajuda aos vizinhos contando que o pai estava agredindo a mãe. A dona de casa foi encontrada em cima de uma cama com cinco perfurações no tórax e braço esquerdo.

    O suspeito de 39 anos fugiu após a tentativa de homicídio, mas foi encontrado andando às margens da BR-040 também esfaqueado. Ele também foi encaminhado para o hospital municipal.

    A suspeita é que o crime estaria associado ao fato de o homem não aceitar o término do relacionamento.

    Readmore
  • Homem morre afogado em lagoa localizada no bairro Santa Margarida


    Um homem, cuja identificação ainda não foi realizada, morreu afogado nessa quarta-feira (16) em uma lagoa próxima à rua Begônia, no bairro Santa Margarida, em Ribeirão das Neves.

    De acordo com o Corpo de Bombeiros, a corporação recebeu a informação de que a vítima teria ficado submersa na lagoa por volta de 40 minutos. Após mergulho, os militares localizaram o corpo do homem, de aproximadamente 40 anos.

    A Polícia Militar (PM) e o rabecão da Polícia Civil (PC) foram acionados.

    Readmore
  • Homem teria tido cabeça e órgão genital decepados por vingança de estupro


    O corpo do homem encontrado sem a cabeça e o órgão genital na manhã desta sexta-feira (20) no bairro Botafogo 1ª Seção, em Ribeirão das Neves, ao que tudo indica, pertence a Fernando Martins dos Santos, de 22 anos. A carteira de identidade da vítima foi encontrada próximo ao cadáver.

    De acordo com testemunhas, uma mulher foi estuprada e o filho dela resolveu se vingar matando o estuprador. Ele e mais dois suspeitos de envolvimento no homicídio foram presos nesta tarde em um bar na região de Justinópolis.

    A Polícia Civil já começou as investigações e está interrogando os suspeitos e ouvindo testemunhas. Uma corda e uma faca foram encontradas próximo ao corpo. A cabeça e o órgão da vítima ainda não foram localizados.

    Readmore
  • Homem vai preso depois de matar amante a facadas em Ribeirão das Neves


    Um homem de 36 anos foi preso na madrugada deste domingo (28) suspeito de matar a amante, de 45 anos, a facadas no bairro Rosimeire, em Ribeirão das Neves.

    De acordo com a Polícia Militar, o homem contou que mantinha um relacionamento extraconjugal com a vítima há 2 anos e que a convivência sempre foi conturbada porque a mulher ameaçava contar sobre o caso para a esposa dele.

    O suspeito se escondeu no quarto da amante, com as luzes apagadas, e, quando a mulher entrou no quarto, ele a golpeou no peito e no abdome. O homem ainda relatou que tentou fugir após cometer o crime, mas foi detido por populares e agredido com socos, chutes e pauladas.

    O Serviço de Atendimento Móvel (Samu) e a perícia da Polícia Civil estiveram no local. A ocorrência foi encerrada na Delegacia de plantão de Ribeirão das Neves.

    Readmore
  • Irmãos morrem esfaqueados no bairro Jardim Colonial; polícia investiga crime


    Dois irmãos foram esfaqueados em uma casa na madrugada deste domingo (15), no bairro Jardim Colonial, em Ribeirão das Neves. As duas vítimas, de 27 e 30 anos, chegaram a serem socorridas com vida, porém não resistiram e vieram a óbito.

    O irmão mais velho faleceu ainda no Hospital Municipal São Judas Tadeu. Já o mais novo foi transferido para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, em Belo Horizonte, mas também não resistiu.

    De acordo com o boletim de ocorrência, o crime foi durante a madrugada na Alameda Pelicanos. As vítimas foram encontradas inconscientes e com perfurações no peito após denúncia anônima.

    A perícia esteve no local e a Polícia Civil vai investigar o caso.

    Readmore
  • Membros de facção criminosa são julgados em BH; presídios nevenses servem de estadia


    A Justiça mineira começou a julgar nesta segunda-feira, no Fórum Lafayette, em Belo Horizonte, 28 membros da facção paulista Primeiro Comando da Capital (PCC), acusados de assassinatos, tráfico de drogas, formação de quadrilha e ordenamentos de queimas de coletivos.

    O julgamento, que já é considerado o maior da história do Estado, deve terminar somente na sexta-feira (30). Até lá, os presos devem ficar pelo menos alguns dias em Ribeirão das Neves. Eles estavam em regime diferenciado no presídio de segurança Máxima Francisco Sá, no Norte de Minas.

    Um forte aparato de segurança está sendo utilizado pela Polícia Militar e conta com o apoio das tropas especializadas como Rotam e Bope para o acompanhamento e transporte dos presos.

    A informação é de que no sábado (24), os detentos foram alojados no presídio Inspetor José Martinho Drumond. Ao fim da tarde desta segunda-feira (26), eles foram encaminhados para a penitenciária Antônio Dutra Ladeira.

    O RibeiraoDasNeves.net tentou contato com a Secretaria de Administração Prisional (Seap) para comentar o fato, mas por questões de segurança não foi informado em quais presídios eles ficarão durante os dias do julgamento.

    Readmore
  • Menos da metade dos homicídios são resolvidos pela polícia em Minas Gerais


    Os dados são de 2022 e constam no Relatório Estatístico de Mortes Violentas Intencionais elaborado pela instituição com base em boletins de ocorrência e inquéritos.

    Quatro em cada dez homicídios registrados em Minas Gerais em 2022 foram elucidados pela Polícia Civil. A informação é do Relatório Estatístico de Mortes Violentas Intencionais elaborado pela instituição com base em boletins de ocorrência e inquéritos.
    No ano passado, foram instaurados 2.688 inquéritos. Desse total, 1.187 foram esclarecidos. A taxa de elucidação, metodologia criada pela Polícia Civil, é de 44%.

    O estado de Minas Gerais é dividido em 19 regiões de segurança e, em algumas delas, esse índice foi ainda menor. Uma delas, a de Contagem, inclui cidades como Brumadinho, Betim, Esmeraldas, Ribeirão das Neves e São Joaquim de Bicas e teve uma taxa de elucidação de apenas 23,66%. Em Belo Horizonte, a Polícia Civil conseguiu esclarecer 32,06% dos casos.Nesta faixa estão incluídas as cidades de Betim, Brumadinho, Esmeraldas, Ribeirão das Neves e São Joaquim de Bicas.

    Na região de segurança de Vespasiano, que engloba as delegacias de Sabará, Santa Luzia, Lagoa Santa e Jaboticatubas, também na Grande BH, a taxa de elucidação é de 28,80%.

    Em Belo Horizonte, a Polícia Civil conseguiu esclarecer três a cada dez homicídios registrados No ano passado. Segundo a instituição, o índice foi de 32,06%.

    Explicações
    Segundo o sindicato que representa os servidores da Polícia Civil, uma das explicações para a não conclusão de inquéritos pode ser a falta de investigadores.

    Atualmente, a instituição tem 6.126 desses profissionais. O ideal seria o dobro do efetivo para desempenhar a função. Entretanto, destaca que em alguns casos, o silêncio de testemunhas e a falta de registros dificultam o trabalho policial.

    Readmore
  • Ministério Público deflagra terceira etapa da Operação Hexagrama em Ribeirão das Neves e RMBH


    O Ministério Público de Minas Gerais (MP-MG) deflagrou, nesta segunda-feira (9), com apoio da Polícia Militar e da Polícia Civil, a Operação Hexagrama – Fase III, para cumprir 18 mandados de prisão preventiva de policiais militares, 12 mandados de prisão preventiva de policiais civis e outros 3 mandados de prisão preventiva, além de 60 mandados de busca e apreensão.

    Os mandados foram expedidos pelo Juízo da Vara Criminal da Comarca de Nova Lima e pela 4ª Auditoria da Justiça Militar Estadual, que deferiram o requerimento ministerial. As ordens judiciais autorizaram a entrada em residências e em locais de trabalho dos policiais civis e militares de Belo Horizonte, Ribeirão das Neves, Santa Luzia, Esmeraldas, Contagem, Nova Lima, Vespasiano, Sabará, Betim e Lagoa Santa.

    A operação é a terceira fase da Operação Hexagrama, originalmente deflagrada em 6 de março de 2020, em que foram presas 14 pessoas – entre as quais dois policiais civis e cinco policiais militares – envolvidas na exploração de jogos de azar, em Belo Horizonte, e em outras quatro cidades da região metropolitana.

    Com a continuidade das investigações, foram identificados outros 32 novos integrantes do grupo criminoso, entre eles 18 policiais militares e 12 policiais civis, alvos da atual fase da operação.

    A organização criminosa está sendo investigada pela prática dos crimes de corrupção ativa, corrupção passiva, exploração ilegal de jogos de azar, homicídio, extorsão, ameaça, lesão corporais, dano ao patrimônio, destruição de cadáver, comércio ilegal de armas de fogo de uso restrito e acessórios, disparo de arma de fogo em via pública e lavagem de dinheiro.

    Participaram da operação quatro promotores de Justiça, 54 policiais militares da Corregedoria-Geral da Polícia Militar, oito policiais militares do Batalhão Rotam e 70 policiais civis da Corregedoria-Geral da Polícia Civil.

    Readmore
  • Ministério Público prende integrantes de organização criminosa que atuava em Ribeirão das Neves


    O Ministério Público de Minas Gerais (MP-MG), em ação conjunta com as Polícias Militar, Civil e Rodoviária Federal, deflagrou, nesta terça-feira (9), a Operação Integração, destinada a desmantelar uma associação criminosa atuante na distribuição e venda de drogas em várias regiões do Estado.

    De acordo com o MP, foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão e seis mandados de prisão preventiva em desfavor dos investigados nos municípios de Ribeirão das Neves, Belo Horizonte, Itaúna e Itatiaiuçu pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e organização criminosa.  

    A investigação surgiu a partir do compartilhamento de informações entre a Inteligência da PRF e do Gaeco, razão pela qual a operação foi batizada de Integração. O principal objetivo da operação foi desmantelar uma organização criminosa especializada na distribuição de grande quantidade de drogas oriundas do estado do Mato Grosso do Sul para Minas Gerais.  

    Segundo a corporação, o grupo realizava o transporte era realizado por veículos de passeio. Um veículo abandonado na BR-381, na região de João Monlevade, em março, com 198 tabletes de maconha deu início à investigação.

    Readmore
  • Moradores executam a tiros suspeito de estuprar criança em Justinópolis


    Um homem de 26 anos foi executado com cerca de 20 tiros, na madrugada desta quinta-feira (30), no bairro Santa Fé, em Justinópolis, por moradores revoltados. A vítima era suspeita de ter estuprado a neta da companheira.

    A Polícia Militar foi acionada por volta das 2h no beco Santa Rosa, onde acharam o rapaz já sem vida. A perícia constatou que ele foi atingido por vários disparos na cabeça, costas e pernas.

    A mulher do homem assassinado compareceu ao local e o identificou. A ex-nora teria contado no bairro que ele teria estuprado sua filha, o que teria motivado o homicídio.

    O caso será investigado pela Delegacia de Ribeirão das Neves.

    Readmore
  • Morte de homem após assalto a fiéis em monte foi por 'causa indeterminada', diz polícia


    A Polícia Civil concluiu o inquérito que apurava uma tentativa de roubo a fiéis que estavam participando de um ritual de oração em um monte no bairro Paraíso das Piabas, em Ribeirão das Neves. O resultado da apuração foi apresentado pela corporação nesta quarta-feira (16) em entrevista coletiva.

    Durante a tentativa de assalto, um dos suspeitos morreu. O outro suspeito conseguiu fugir em direção a um matagal, mas se apresentou à polícia dias depois.

    De acordo com a Polícia Civil, a causa da morte do assaltante é indeterminada. "Não havia nenhuma violência contra o corpo. Foi uma questão fisiológica. Acreditamos que a quantidade de drogas que ele usou acabou colaborando com o estresse que ele sentiu no momento do assalto, causando o infarto que levou a óbito", disse o delegado Alex Daton.

    Ainda segundo o delegado, o suspeito que fugiu colaborou com as investigações e disse que desistiu do roubo após desmaiar. "Ele se entregou à polícia no dia 8 de junho e vai aguardar o julgamento em liberdade", finalizou Dalton.

    Readmore
  • MP aponta que organização criminosa está por trás dos 'gatos' de água e energia em Ribeirão das Neves


    Uma organização criminosa pode estar por trás de um esquema de fornecimento ilegal de água e en energia a grandes empresários e moradores de classe média e alta em Ribeirão das Neves. O Ministério Público de Minas Gerais afirma que há indícios de participação de atuais e ex-funcionários da Cemig e de terceirizados da Copasa.

    “Infelizmente, corrupção não tem fronteiras, nem classes sociais, temos desde morador pobre que faz gato no poste e elástico no hidrômetro, até fraudes sofisticadas de redes de supermercados, academias, lavanderias, que compram esse serviço de uma organização criminosa”, disse o promotor Henrique Macedo.

    Para coibir estas ligações clandestinas, o MP realizou uma operação nessa terça-feira (2) com as polícias civil e militar. O objetivo desta força-tarefa era, além de identificar os envolvidos, possibilitar que técnicos da Copasa e da Cemig fizessem uma perícia para detectar o “modus operandi” da quadrilha.

    Quarenta imóveis no bairro Vale das Acácias foram vistoriados. Segundo o Ministério Público, é neste bairro onde acontece a maior perda de água da Copasa e onde há mais indícios de fraude da Cemig. Outros 280 imóveis do condomínio serão fiscalizados até 15 de março.

    De acordo com a Copasa, metade dos imóveis vistoriados apresentaram irregularidades e a companhia afirmou que uma indústria está sob análise de lançamento de esgoto irregular na rede. Além disso, a água que é fornecida para boa parte dos moradores não é tratada, o que é crime.

    "Não tira apenas dinheiro da Copasa, é uma atitude criminosa que provoca contaminação da água e tira a regularidade do abastecimento de água de outras pessoas", explicou a diretora de Relacionamento e Mercado da Copasa, Cristiane Schwanka.

    "A sociedade paga por essa perda de energia, podendo a tarifa do consumidor mineiro ser mais em conta se não houver essa perda", afirmou o engenheiro de Controle e Perdas da Cemig, Armando Fernandes Rocha.

    A Polícia Civil informou que não houve conduzidos em relação à irregularidade de energia ou água. Duas pessoas foram presas em virtude de mandado de prisão que estava em aberto.

     

    Readmore
  • MP deflagra operação de combate ao tráfico de drogas, associação para o tráfico e lavagem de dinheiro


    O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), junto com as Polícias Civil, Militar e Penal de Minas Gerais, deflagrou, nessa quinta-feira (1º), a Operação Thunderbolt, para combater tráfico de entorpecentes, associação para o tráfico e lavagem de dinheiro em Formiga, Tiros, Belo Horizonte e Ribeirão das Neves.

    A investigação durou aproximadamente sete meses. Foram expedidos 21 mandados de prisão temporária e dois mandados de internação de menores, e 35 mandados de busca e apreensão. Entre os presos estão alunos que vendiam droga dentro da Faculdade em Formiga. Dois investigados foram presos em flagrante, durante a operação, e a maioria foi presa hoje.

    Os mandados foram cumpridos nas cidades mineiras de Formiga, Tiros, Belo Horizonte e Ribeirão das Neves. Em Belo Horizonte e em Tiros, foram cumpridos um mandado de prisão em cada cidade.

    Foram empenhados na operação 84 policiais militares, uma equipe da Rotam em BH, uma equipe do Gaeco-Patos de Minas, 51 policiais civis e 16 policiais penais.

    Readmore
  • MP vai apurar se houve vacinação indevida contra o coronavírus em Ribeirão das Neves


    O Ministério Público de Minas Gerais (MP-MG) vai investigar possíveis casos de vacinação indevida contra o coronavírus em Ribeirão das Neves. O órgão instaurou processo administrativo para apurar possíveis irregularidades no processo de imunização na cidade.

    A Ouvidoria Geral do Estado também recebeu três denúncias de irregularidades na vacinação no município.

    Nesta quarta-feira (17), a coluna da Edilene Lopes, da rádio Itatiaia, informa que a Polícia Civil também instaurou inquérito para investigar as denúncias de fura-fila da vacina na cidade. "A Polícia Civil recebeu informações de troca de imunizantes por caixas de cerveja, de servidores falecidos que constariam na lista de vacinados e de servidores de outras pastas que também estariam entre os contemplados", afirmou a jornalista.

    O secretário de Saúde Rodrigo Augusto Vieira declarou, na última segunda-feira (15), na Câmara Municipal, que o município segue Plano Nacional de Imunização (PNI) e deliberação do Governo do Estado que estabelece os grupos prioritários. Na ocasião, o gestor se comprometeu a divulgar a lista dos vacinados, o que, até o momento, não ocorreu.

     

    Readmore
  • Mulher é encontrada com corpo carbonizado dentro de casa, em Ribeirão das Neves


    O corpo de uma mulher foi encontrado carbonizado dentro de casa, no bairro São Januário, em Ribeirão das Neves, na madrugada desta quinta-feira (8). A vítima morava há poucos meses no local. Um vizinho dos fundos chamou a polícia, mas quando os militares chegaram, pouco puderam fazer.

    De acordo com a polícia, a principal suspeita da polícia é de que o caso se trata de um acidente, já que a mulher sofria de um quadro de depressão e epilepsia e dormia com o ventilador do lado da cama. Apesar disso, hipótese de um crime não está descartada.

    Os bombeiros que acreditam que incêndio pode ter sido provocado por um curto-circuito. A Polícia Civil vai investigar o caso.

    Readmore
  • Mulher é executada na frente dos filhos pequenos no bairro Fazenda Castro


    A Polícia Militar procura por um homem que assassinou Márcia Madalena Costa Soares, de 38 anos, dentro da casa dela no bairro Fazenda Castro, em Ribeirão das Neves, na noite dessa terça-feira (8). Os três filhos menores de idade da vítima presenciaram o crime.

    A corporação foi acionada por um vizinho da mulher após ele escutar gritos e barulhos de tiros no residência. Quando chegou ao imóvel, ele encontrou a mulher deitada em uma cama. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado, mas ela não resistiu aos ferimentos.

    Segundo a perícia, ela foi baleada oito vezes no antebraço, tórax e cabeça. Uma das filhas da vítima, uma menina de apenas 11 anos, contou que o assassino da mãe estava encapuzado e que fugiu correndo após o homicídio.

    A Polícia Civil vai investigar o crime, cuja motivação ainda é desconhecida.

    Readmore
  • Neves recebe uma viatura para Polícia Civil, de 190 entregues pelo Governo de Minas


    O governador Romeu Zema e a chefe da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), delegada-geral Letícia Gamboge, entregaram, nesta segunda-feira (27/11), durante solenidade realizada na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, 190 novas viaturas para delegacias da capital, Região Metropolitana e interior, entre unidades especializadas e territoriais.


    Os recursos investidos na aquisição dos veículos são provenientes de emendas parlamentares da bancada federal mineira e somam cerca de R$ 25,9 milhões. No total, serão contempladas delegacias de Polícia Civil sediadas em 116 municípios de diferentes regiões do estado.


    As viaturas serão destinadas aos seguintes municípios:
    Abaeté (uma), Águas Formosas (uma), Aimorés (uma), Aiuruoca (uma), Além Paraíba (uma), Alpinópolis (duas), Andrelândia (duas), Araguari (uma), Areado (uma), Arinos (uma), Barbacena (duas), Belo Horizonte (33), Betim (uma), Boa Esperança (duas), Bocaiúva (duas), Bom Sucesso (uma), Bonfinópolis de Minas (uma), Borda da Mata (uma), Brumadinho (duas), Cachoeira de Minas (uma), Caldas (uma), Campestre (uma), Campina Verde (uma), Capelinha (uma), Carangola (uma), Caratinga (uma), Carlos Chagas (uma), Carmo de Minas (uma), Carmo do Rio Claro (uma), Cássia (três), Cataguases (uma), Caxambu (uma), Cláudio (uma), Conceição do Rio Verde (uma), Conselheiro Pena (duas), Contagem (uma), Coromandel (uma), Coronel Fabriciano (uma), Diamantina (três), Divino (uma), Entre Rios de Minas (uma), Ervália (uma), Galiléia (uma), Governador Valadares (três), Guanhães (uma), Ibirité (uma), Iguatama (uma), Ipanema (uma), Ipatinga (sete), Itabirito (uma), Itaguara (uma), Itajubá (uma), Itanhomi (uma), Itapagipe (uma), Ituiutaba (três), Iturama (quatro), Jacinto (uma), Jaíba (uma), Janaúba (duas), Jequeri (uma), Juiz de Fora (uma), Lagoa Santa (uma), Leopoldina (uma), Machado (uma), Manhuaçu (três), Manhumirim (uma), Martinho Campos (duas), Matozinhos (uma), Medina (uma), Minas Novas (duas), Mirabela (uma), Miradouro (uma), Miraí (uma), Montalvânia (uma), Montes Claros (quatro), Muzambinho (uma), Nazareno (uma), Nova Ponte (uma), Nova Resende (uma), Nova Serrana (duas), Oliveira (uma), Ouro Branco (duas), Ouro Fino (uma), Pará de Minas (uma), Paraisópolis (uma), Passos (duas), Patrocínio (duas), Pedra Azul (uma), Perdizes (uma), Perdões (uma), Pirapora (três), Pompéu (duas), Ponte Nova (uma), Porteirinha (uma), Pouso Alegre (duas), Prata (uma), Ribeirão das Neves (uma), Sabinópolis (uma), Salinas (uma), Santa Juliana (uma), Santa Luzia (uma), Santa Rita do Sapucaí (uma), Santa Vitória (duas), Santana do Paraíso (uma), São Gotardo (uma), São João del-Rei (duas), São João Nepomuceno (uma), Serro (uma), Taiobeiras (uma), Teófilo Otoni (uma), Timóteo (uma), Três Pontas (uma), Ubá (uma), Uberaba (uma), Uberlândia (uma), Várzea da Palma (uma).

     

    Readmore
  • Oitavo Círculo


    A operação conjunta entre Polícia Civil e Ministério Público desta sexta-feira (22) foi batizada de "Oitavo Círculo" em referência à obra do escritor italiano Dante Alighieri "A Divina Comédia", em que descreve o inferno como sendo formado por nove círculos concêntricos.

    No oitavo círculo do inferno estariam os fraudadores e corruptos, submergidos em um lago de espesso piche fervente; os que tentassem ficar com a cabeça acima do caldo seriam torturados por demônios, que os dilacerariam.

    Segundo o escritor, em vida os corruptos tiraram proveito da confiança que a sociedade depositava neles; no inferno estão submersos em caldos, pois as negociações eram feitas às escondidas.

    Readmore