All for Joomla All for Webmasters

Social

Diante da dificuldade de atualização do Cadastro Único (CadÚnico), moradores de Ribeirão das Neves se viram obrigados a passar a madrugada na fila para tentar conseguir atendimento na manhã de sexta-feira (21).

O CadÚnico é o principal instrumento do governo para a inclusão de famílias de baixa renda em programas federais, como Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) e Benefício de Prestação Continuada (BPC), além de dar direito ao Auxílio Brasil, entre outros benefícios.

Pelo menos cinco pessoas já formavam fila em frente ao Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Urca na noite desta quinta-feira (20), inclusive com crianças. O atendimento começa às 8h, e somente dez senhas são distribuídas por dia.

Segundo a Prefeitura de Ribeirão das Neves, para diminuir os impactos da alta procura, o município tem feito mutirão de cadastros em horários alternativos e aos fins de semana.

As famílias inscritas no CadÚnico devem atualizar os dados a cada dois anos ou sempre que houver alguma alteração. Quem for convocado para averiguação e revisão de dados deve comparecer a um Cras ou a um posto de atendimento do Cadastro Único do município.

A atualização cadastral é necessária para assegurar a qualidade dos dados e garantir que as informações registradas na base do CadÚnico estejam sempre de acordo com a realidade das famílias.

O prazo final estabelecido pelo Ministério da Cidadania para a revisão dos dados é 11 de novembro.

0
0
0
s2smodern
Foto: Divulgação

Social

O Restaurante Popular da Cidade dos Meninos agora está atendendo a população ao lado da portaria principal da instituição. Lá, é possível almoçar por apenas R$7,00. A refeição também pode ser enviada para outros endereços. O Restaurante conta com serviço de delivery e cobra uma taxa de R$2,00 para realizar as entregas na região central de Ribeirão das Neves. O preço do marmitex varia entre R$7 (pequeno) e R$8 (grande).

A nutricionista Isabella Medeiros garante que a cozinha do Restaurante Popular da Cidade dos Meninos conta com um rigoroso controle de qualidade e o resultado é um bom aporte nutricional com sabor caseiro. "O cardápio é elaborado de acordo com a sazonalidade dos alimentos e doações recebidas. Optamos sempre por usar temperos naturais para minimizar o consumo de sódio e acentuar o sabor natural do alimento. Acompanho o pré-preparo e o preparo das refeições da equipe da cozinha, garantindo que a refeição siga um padrão de qualidade, além do gostinho de lar", disse.  

De acordo com a especialista, no novo endereço o restaurante ampliou a capacidade de público em cerca de 66%. O aumento é visto pela nutricionista com otimismo, principalmente pelo momento difícil que colocou muitas pessoas em situação de insegurança alimentar. "Todo mundo tem direito a uma alimentação acessível, de qualidade, em quantidade suficiente e de modo permanente. No cenário atual, o restaurante popular contribui para uma alimentação equilibrada e nutritiva com um valor acessível à população. Antes servíamos 300 refeições e no local atual vamos conseguir servir até 500 refeições por dia", comemora.

O Restaurante Popular da Cidade dos Meninos funciona de segunda a sexta-feira, das 11h às 13h30, na Rua Ari Teixeira da Costa, 1500 – Bairro Santa Paula, em Ribeirão das Neves.

 

Equipe do restaurante popular - Foto: Divulgação
0
0
0
s2smodern

Social

A Penitenciária José Maria Alkimin, em Ribeirão das Neves, vai doar mais de 50 quilos de tilápias e traíras para as famílias atendidas pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) do município.

A unidade prisional possui três lagoas onde os peixes crescem sem custo de criação. Quatro presos, que atuam em atividades agrícolas da penitenciária, fizeram a retirada dos peixes nesta semana.

Um dos lotes da unidade prisional está sendo preparado para a instalação e o cultivo de uma nova horta.
 
Segundo a administração do presídio, ainda neste ano será possível fazer novas doações.

0
0
0
s2smodern

Social

O Instituto Ânima, em parceria com o Centro Universitário Una, abriu uma linha telefônica para atender idosos vítimas de violência na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O serviço está disponível de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h, pelo telefone 4003-3126.

O objetivo principal é escutar e acolher. O Núcleo conta com uma equipe de profissionais dos cursos de Direito, da Psicologia e do Serviço Social, formada por professores e alunos bolsistas que atendem as ligações de idosos ou pessoas próximas a eles.

"Nossa equipe está preparada para o acolhimento dos idosos, seus familiares, amigos, pessoas que querem conversar sobre a violência contra esse público, em uma perspectiva de entender a realidade revelada, objetivando construir outra realidade livre da violação dos direitos da pessoa idosa", explica Naiane Loureiro dos Santos, gerente de projetos da Universidade Aberta à Pessoa Idosa.

Os atendimentos vão desde o aconselhamento para resolução de demandas individuais do direito constitucional, previdenciário, trabalhista e civil na perspectiva do idoso, passando pelos aspectos sociais e psicológicos, como o acolhimento de vítimas de abusos ou maus-tratos físicos ou psicológicos, violência sexual, abandono, negligência, abuso financeiro e econômico ou autonegligência.

O trabalho conta com a parceria do Conselho Municipal do Idoso, a Delegacia de Proteção ao Idoso, Coordenadoria do Idoso e Defensoria Pública, profissionais do CRAS, CREAS, o SUS e de outros programas sociais.

 

0
0
0
s2smodern

Social

A Falcons University, braço educacional da ONG Gerando Falcões, está com inscrições abertas para o processo seletivo para formação gratuita de líderes sociais que desejam estruturar as ações de suas Organizações Não Governamentais. Os interessados podem se inscrever até 17 de junho por meio da página gerandofalcoes.com/falcons-university.

De acordo com a ONG, a formação terá duração de 6 meses, com a inclusão de um módulo presencial. Para participar, o interessado deve ter mais de 20 anos e apresentar um projeto ou ação social. Uma equipe técnica da Gerando Falcões avaliará a proposta apresentada pelo candidato, que precisa estar alinhada às necessidades de determinada comunidade ou público diretamente beneficiado, bem como apresentar uma proposta eficiente para lidar com algum aspecto dos graves problemas sociais no Brasil, sendo fundamental tanto para coletivos e pilotos quanto para organizações já consolidadas.

Os participantes aprenderão as competências técnicas de gestão, inovação, dados, empreendedorismo e no desenvolvimento das habilidades socioemocionais para trabalharmos juntos na erradicação da fome e desigualdade social. "Os projetos que se destacarem poderão se tornar unidades aceleradas da Gerando Falcões”, destaca Lemaestro, cofundador e Diretor de Educação da Gerando Falcões.

O principal meio de comunicação neste processo de seleção entre a Rede Gerando Falcões e o Participante, para saber todas a informações referentes ao andamento, dúvidas e respostas, será por meio do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. e WhatsApp (11) 99355-5205.

Sobre a Gerando Falcões

A Gerando Falcões é um ecossistema de desenvolvimento social que atua em rede para acelerar o poder de impacto de líderes de periferias de todo país que possuem um sonho em comum: colocar a desigualdade das favelas no museu. Seu foco são iniciativas transformadoras, capazes de gerar resultados de longo prazo. Os projetos se baseiam em esporte e cultura para crianças e adolescentes, qualificação profissional para jovens e adultos e geração de renda. Em Ribeirão das Neves, o grupo atua por meio do instituto O Grito, no bairro Jardim Alvorada, região de Justinópolis.

0
0
0
s2smodern

Social

No mês de outubro, o Clube Atlético Mineiro apresentou os novos uniformes do time feminino. A coleção foi desenhada pelo estilista Athos Henrique, ex-aluno da Cidade dos Meninos, em Ribeirão das Neves.

Athos, que é morador da cidade, estudou corte e costura na instituição e no SENAI, o que o credenciou a entrar no mercado de luxo do mundo da moda. Fez faculdade de moda na UNI-BH em 2015, já atuando na área. Com 10 anos de carreira, o estilista já trabalhou com o stylist Rodrigo Polack, atendendo personalidades como Xuxa, Ludmilla, Gaby Amarantos e Hugo Gloss. Depois dessa experiência em São Paulo, Athos retornou para Belo Horizonte e começou o seu Projeto Nove, sua marca própria.

De acordo com Athos, desenhar o uniforme feminino do Atlético Mineiro foi um ápice na carreira. A oportuniade veio a partir da indicação de uma amiga. “Fui indicado por uma amiga e o clube entrou em contato comigo e pediu para conhecer melhor meu trabalho. Eles gostaram, fechamos contrato e desenhei três opções de uniformes. Demorou alguns meses até eu receber a resposta sobre a escolha”, explicou.

O estilista conta que só entendeu a proporção do que tinha feito depois do lançamento. “Até então era um trabalho grande que eu estava fazendo parte, mas o futebol toca diretamente na emoção das pessoas e aí eu entendi o que eu tinha feito. Tantas pessoas me procuraram e de tantos lugares diferentes que nem sei muito o que dizer, só agradecer mesmo pela oportunidade e seguir fazendo um bom trabalho”, comemorou.

Segundo Athos, a Cidade dos Meninos foi a porta de entrada para o entendimento do que ele queria ser. “Tive vários divisores de água pelo caminho e a Cidade dos Meninos foi um deles, pela base que me deu e a curiosidade que me despertou. Sem contar que Geralda e Salete (instrutoras do curso) foram tão cuidadosas comigo”, finalizou.

0
0
0
s2smodern

Social

No dia 29 de outubro, às 20h, será realizado o 1º Leilão Embaixadoras do Bem, projeto idealizado pela Cidade dos Meninos. A instituição convidada a somar é o Hospital da Baleia, com meta de arrecadação de R$500 mil. O leilão beneficente terá produtos icônicos doados por apoiadores como as bandas Skank e Jota Quest. 

O "Movimento Embaixadoras do Bem" surgiu diante da preocupação com o cenário de crise financeira instaurada no Brasil e a diminuição de arrecadação das ONGs devido a pandemia da Covid-19. E para que o projeto possa ser realizado, a Cidade dos Meninos convidou e uniu mulheres que estão determinadas a serem protagonistas na construção de um mundo plural, igual, democrático e inclusivo. Dulce Azevedo (Cidade dos Meninos), Virgínia Bartolomeu (Tambasa), Maria Alice Coelho (SRM Veículos), Lilian Rogana (TCS) e Julia Galindo (Séculos Relógios), serão as mulheres voluntárias que disseminarão e serão o elo de uma nova corrente do bem.

O leilão é aberto ao público e acontecerá de forma inteiramente digital. A abertura será realizada pelo canal do YouTube da Cidade dos Meninos e do Hospital da Baleia, e sua programação contempla alegria, música, bate-papo, depoimentos e apresentação das peças. Os padrinhos são Beatriz Menin e Rubens Menin. O portal leiloeiro será o iArremate.

Serviço

1º Leilão Embaixadoras do Bem
Data: 29/10/2020
Horário: 20h
Live de abertura: YouTube da Cidade dos Meninos e do Hospital da Baleia.
Leilão: www.iarremate.com

0
0
0
s2smodern

Social

A regra atual é clara: se puder, fique em casa. Mas e aqueles que não têm aonde ficar ou que precisam de algum tipo de ajuda? Sem comércios totalmente abertos e com menos pessoas circulando nas ruas, o acesso às doações ficou mais difícil. Pensando nas pessoas em situação de rua e vulnerabilidade social, a Cidade dos Meninos, instituição que integra o Sistema Divina Providência, uniu forças com empresários e está entregando 650 marmitas diariamente para as pessoas mais necessitadas.

De acordo com Damaris Souza, nutricionista da instituição, as refeições são preparadas com todo o cuidado e acompanhamento nutricional. "A nossa meta é continuar ajudando o maior número de pessoas, pois sabemos que há muitos necessitados. Tudo é feito com muito carinho e com todo o cuidado necessário. E para que não haja aglomeração na porta da nossa unidade, as marmitas estão sendo distribuídas em locais de grande vulnerabilidade social", afirma.

Antônio Benvindo, analista de comunicação da instituição, ressalta que todo o trabalho só é possível através de doações. “Contamos com ajuda de empresário e de diversas pessoas que nos ajudam com doações de mantimentos como arroz, feijão, óleo, macarrão, carne, entre outros. Tudo é muito bem-vindo”, finaliza.

As marmitas são distribuídas em Ribeirão das Neves e Belo Horizonte. Aqui, uma parte vai para os acompanhantes de pessoas internadas no Hospital São Judas Tadeu e outra é distribuída em locais com alto índice de vulnerabilidade social, como nos bairros Rosaneves, Santa Matilde e na Vila Hortinha.

As doações podem ser feitas através de deposito ou transferência bancária para:

Banco: Itaú
Titular: Associação de Promoção Humana Divina Providência
CNPJ: 00.981.069/0006-58
AG: 6572
C/C: 60880-7

 

0
0
0
s2smodern

Social

A Prefeitura de Ribeirão das Neves divulgou, nesta segunda-feira (18), o edital para a realização do Processo Seletivo Simplificado (PSS) nº 001/2020 visando a contratação imediata e cadastro de reserva de candidatos para o cargo de visitador para atuar no Programa Primeira Infância, no Sistema Único de Assistência Social (SUAS).

De acordo com o edital, os candidatos, que devem ter ensino médio completo, serão convocados para ocupar cargo nas unidades dos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) determinados pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania (SMDSC). O salário para o cargo de visitador é de R$ 1.250,00 para uma jornada de 40 horas semanais.

As inscrições serão realizadas via internet, pelo preenchimento do formulário de inscrição disponibilizado no site www.ribeiraodasneves.mg.gov.br, entre os dias 22 de maio e 1º de junho. Os candidatos devem preencher as informações de inscrição e os requesitos relacionados à titulação e experiência profissional.

Os candidatos serão classificados por ordem decrescente de pontuação, e deverão, no ato da convocação, comprovar documentalmente os títulos e experiências informadas na inscrição. A quantidade de vagas não foi definida previamente no edital.

O contrato de trabalho terá prazo máximo de 1 ano, podendo ser prorrogado uma única vez, sem exceder o prazo total de 4 anos. A contratação, conforme edital, não gera estabilidade contratual do profissional com a Administração Municipal.

A íntegra do edital está disponível no site da Prefeitura de Ribeirão das Neves.

 

0
0
0
s2smodern

Um dia para ficar na história da vida de 42 casais de Ribeirão das Neves. Assim foi a sexta-feira (6), data em que a Defensoria Pública de Minas Gerais (DPMG) realizou a segunda edição do Casamento Comunitário na comarca, realizado no auditório da Cidade dos Meninos.

A cerimônia, preparada com a participação de diversos parceiros, além de proporcionar base legal e segurança jurídica para a família, presenteou a todos com o sentimento de amor e solidariedade que marcou o momento. As noivas começaram os preparativos logo cedo, no Instituto Embelleze, onde ganharam maquiagem profissional e penteado especial. Lá mesmo colocaram os vestidos de casamento, disponibilizados gratuitamente pela Gislene Lourdes Madrinha do Coração, e tiveram a primeira sessão de fotos do dia.

A celebração foi completa. Teve entrada dos noivos, pajens e damas no tapete vermelho, marcha nupcial executada pela Banda da Aeronáutica, ornamentação especial, bolo fake, cenários para fotos dos casais, cabine de fotos instantâneas, troca de alianças, benção ecumênica e sorteio de presentes.

O defensor público-geral do Estado, Gério Patrocínio Soares, destacou que o Casamento Comunitário "traz o afeto e o fortalecimento dos laços familiares e possibilita o acesso à realização do sonho de muitas pessoas". Aos noivos, Gério Patrocínio agradeceu a confiança depositada na Defensoria Pública de Minas e desejou, em nome da Instituição, "uma vida repleta de alegria e com uma família muito unida".

 

Com informações da Defensoria Pública de Minas Gerais.

0
0
0
s2smodern

Um grupo composto por candidatos à eleição do Conselho Tutelar, realizada em outubro, se uniu para pedir na Justiça a anulação do processo e a realização de uma nova votação para a escolha de Conselheiros Tutelares em Ribeirão das Neves para o período 2020/2024. O "Juntos Somos mais Fortes" argumenta que houve várias irregularidades durante o todo o processo.

De acordo com o grupo, foram encaminhadas ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), responsável por conduzir o processo, denúncias com indícios de compras de votos, de boca de urna, de propaganda irregular, de candidatos assumindo seções de votação, transporte de eleitores, dentre outros.

Outro ponto que incomodou os candidatos foi a organização das seções eleitorais. Segundo eles, foi disponibilizada uma única sala nas escolas onde foram instaladas as seções eleitorais, o que gerou filas enormes que "impossibilitou a população de exercer seu direito de votar".

No processo, apresentado ao Ministério Público e à Justiça, o grupo anexou supostas provas de divulgação irregular de candidaturas, vinculação político-partidária da candidatos e transporte de votantes, e requereu que o processo seja anulado e o resultado suspenso, acionando judicialmente o prefeito Junynho Martins (PSC) e Ana Maria de Castro, presidente do CMDCA.

Contraponto

Em nota, a Secretária Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania, Gláucia Brandão, destacou que a responsabilidade e a coordenação do processo é do CMDCA, e não do Poder Executivo Municipal. Ela apontou que, ao todo, foram recebidos 22 recursos e 1 denúncia, que, segundo a secretária, foram devidamente analisados e indeferidos pela comissão. "É importante esclarecer ainda que a denúncia foi apresentada contra candidatos ao processo de escolha, e não referente a vícios do mesmo", destacou.

Sobre a possibilidade de que a eleição seja anulada, a secretária afirmou não enxergar essa hipótese. "(Como) os recursos e denúncia apresentados foram indeferidos por ausência de provas e evidências que identificassem irregularidades, não vislumbramos a possibilidade de anulação do mencionado processo".

O RibeiraoDasNeves.net tentou contato com o CMDCA, mas não obteve sucesso.

0
0
0
s2smodern

bg contorno