All for Joomla All for Webmasters

Em tempos de pandemia, solidariedade. As ações continuam

Como o Movimento Neves Jr, composto por estudantes do IFMG de Ribeirão das Neves, desenvolveu um conjunto de ações solidárias para incentivar o comércio local, o emprego e a renda

Artigo escrito a quatro mãos entre Márcio Rosa Portes e Junio Cruz1

O Movimento Neves Jr, constituído por estudantes dos cursos do IFMG, Campus Neves, transformou-se em um importante e estratégico coletivo de transformação econômica e social no município de Ribeirão das Neves.

Ao longo, deste atípico ano de 2020, o Movimento Neves Jr desenvolveu e executou uma série de ações de voluntariado e de solidariedade, de modo a auxiliar pessoas e empreendedores dos mais diversos ramos de negócios. A atuação sempre se pautou pelo respeito, qualidade na prestação de serviços e principalmente na transparência, que tem sido até aqui a maior marca da atuação deste coletivo, além-claro daquilo que move os seus integrantes, a solidariedade em tempos de crise.

A Solidariedade nunca foi tão exigida dos empreendimentos como agora, num cenário de pandemia, total abandono em relação às pessoas, micro e pequenas empresas e empreendimentos solidários, onde estes se viram sem rumo e sem nenhum apoio viável e efetivo para sobreviver nestes longos meses de pandemia que se arrastam. Nesse cenário, o comércio foi fechado e reaberto em tempos incorretos, não conseguindo salvar nem a economia e muito menos às vidas da nossa tão sofrida gente.

Mais do que nunca é bom destacar dois pontos pertinentes na atuação do Movimento Neves Jr. O primeiro ponto, o Movimento Neves Jr realiza suas atividades, sejam as operacionais ou as gerenciais, com o trabalho árduo e voluntário de estudantes do IFMG, Campus Ribeirão das Neves. Esses estudantes são voluntários do mais alto quilate, destaques em seus cursos e na sua atuação acadêmica, trazendo assim qualidade aos trabalhos realizados. O segundo ponto, o Movimento Neves Jr tornou-se um coletivo do povo de Ribeirão das Neves, atendendo seus trabalhadores, empreendedores, ativistas sociais e qualquer pessoa que necessite e busque apoio na sua área de atuação.

Pois bem, seguindo sua vocação em ser transparente, este artigo tem como função, mais uma vez, prestar contas à comunidade dos resultados das atividades executadas pelo Movimento Neves Jr, neste período de pandemia, tendo como recorte temporal a continuidade do que foi exposto no último artigo publicado em abril deste ano por diversos veículos de comunicação da cidade.

O Movimento Neves Jr se lançou na cena empreendedora de Ribeirão das Neves com uma ação específica, a campanha Compre em Casa. Essa campanha consistiu em prestar serviços de consultoria gerencial no desenvolvimento de estratégias de marketing, por meio de soluções de comunicação digital para as Redes Sociais. O objetivo central foi a visibilidade dos empreendimentos e de seus produtos nas Redes Sociais, buscando reforçar ou introduzir as empresas nas vendas por meio online, por tele-entrega ou por delivery e assim, melhorar a penetração de mercado e as vendas.

Na primeira edição da campanha Compre em Casa, realizada nos meses de março e abril, 28 (vinte e oito) empresas foram atendidas. Na segunda edição da campanha, no mês de agosto, outras 25 (vinte e cinco) foram beneficiadas. Neste sentido, um total de 53 (cinquenta e três) empresas foram envolvidas. Empresas estas de pequeno porte e de variados ramos de negócios. A campanha foi construída e executada por uma equipe estudantes voluntários, sendo orientados pelo, também voluntário, professor Márcio Rosa Portes.

A primeira edição da campanha teve duração de 12 dias (de 27/03 até 12/04) e atingiu cerca de 21.500 pessoas nas visualizações nas Redes Sociais, com aproximadamente 3.200 envolvimentos. A média dia de pessoas atingidas nas visualizações foi de 1.787 e, por empresa, 794. Foram atendidos, de forma gratuita, 28 empresas dos segmentos de comércio e serviços, distribuídos nos seguintes tipos de negócios: hamburgueria, açaí, marmitex, produtos de crochê, bares, produtos de chocolate e páscoa, salgados, gelados, perfilados de aço, produtos de bem estar e máscaras para proteção ao COVID-19, serviços de bem estar, tele-entrega, tele-gás, mecânica e cursos de idiomas.

Na segunda edição, no mês de agosto, a campanha teve uma duração de 16 dias (de 05/08 até 21/08), quatro dias a mais que na primeira edição, e atingiu cerca de 29.000 pessoas nas visualizações nas Redes Sociais, obtendo, aproximadamente, 7.500 pessoas atingidas a mais que na primeira fase, com, aproximadamente, 4.000 envolvimentos, sendo 800 a mais que na primeira fase. A média dia de pessoas atingidas nas visualizações foi de 1.812 e, por empresa, 1.160, sendo ambos maiores que na primeira edição. Foram atendidos, de forma gratuita, 25 empresas dos segmentos de comércio e serviços, distribuídos nos seguintes tipos de negócios: hamburgueria, açaí, marmitex, produtos de crochê, bares, produtos de chocolate e páscoa, salgados, gelados, serviços de bem estar, tele-entrega, tele-gás, mecânica e cursos profissionalizantes.

Muitos empreendimentos tiveram suas finanças seriamente comprometidas por causa da pandemia, passando por situações desesperadoras, sem ter nenhuma esperança de mudança ou de reorganização das contas. Muitos, além de fechar seus negócios, não conseguiram migrá-los para plataformas online e acabaram sem nenhuma chance de sobrevivência.

Mais uma vez é preciso frisar que os empreendimentos não tiveram um efetivo apoio do poder público. Com certo atraso viram alguns programas de financiamento serem liberados, porém com uma burocracia para serem acessados e que mais pareceria peça de publicidade do governo e não um mecanismo efetivo para salvar as micro e pequenas empresas.

Buscando mitigar essa situação, o Movimento Neves Jr montou uma equipe qualificadíssima de estudantes voluntários, orientados pelo Professor Márcio Rosa Portes, que estudaram a fundo os programas de financiamento disponíveis, destacando a Lei Federal 13.999/2020 - Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte – PRONAMPE e a Lei Estadual 2.081/2020 – Programa Estadual para Garantir a Sobrevivência das Empresas e Preservar Empregos – BDMG.

A partir deste estudo, foram executadas três ações de divulgação dos programas de financiamento. A primeira ação, a Lei Federal 13.999/2020 - Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte – PRONAMPE. A segunda ação, a Lei Estadual 2.081/2020 – Programa Estadual para Garantir a Sobrevivência das Empresas e Preservar Empregos – BDMG. Por fim, a terceira ação, um post que divulgava a liberação de mais recursos.
A divulgação chegou a aproximadamente 2.050 empresas, onde destas mais de 10% engajaram-se diretamente nas divulgações mostrando algum tipo de reação, o que ajuda no processo de exposição dos programas.

Mesmo sabendo da dificuldade dos empreendedores em acessar o programa, o Movimento Neves Jr esteve disponível para ajuda-los e orientá-los na busca do recurso e sempre fez chegar à informação correta em tempo hábil para que os empreendimentos tivessem a oportunidade de tentar alcançar o recurso e tentar garantir a sobrevivência.

O Movimento Neves Jr além de sua história no apoio e defesa da atividade empreendedora, também, possui a vocação de ajuda humanitária e de defesa do acesso ao emprego e a renda, dignos e de qualidade, entendendo que somente a dignidade é capaz de proporcionar uma sociedade melhor para se viver. Nessa linha, o movimento sempre fez questão de divulgar vagas de emprego para a população Nevense.

No período de pandemia, onde muitas pessoas perderam seus empregos e quem estava desempregado viu a concorrência por uma vaga aumentar significativamente, o Movimento Neves Jr divulgou três importantes processos seletivos que davam ao menos esperança para as pessoas na busca pela dignidade do emprego.

Nesse contexto, foi realizada uma primeira e ampla divulgação do Processo Seletivo da FHEMIG que, além da dignidade do emprego, ajudava na ocupação das vagas no Hospital de Campanha, importante ferramenta no enfretamento da COVID-19. Esta divulgação alcançou, aproximadamente, 1.800 pessoas.

O Segundo Processo Seletivo divulgado foi o do AVANTE Social que consistia em vagas para Educador Social, Serviços Gerais e Cozinheiro em Unidade de Acolhimento Institucional para Crianças e Adolescentes Junto ao Instituto Jurídico para Efetivação da Cidadania e Saúde – Avante Social. O processo chegou a alcançar, aproximadamente, 4.000 pessoas, que tiveram a oportunidade de ter o conhecimento da vaga e concorrer.

O terceiro Processo Seletivo, com o maior número de visualizações, foi o de Menor Aprendiz da BRF, que demonstra como a Juventude tem buscado se inserir no mundo de trabalho, mas o que lhe falta são as oportunidades necessárias, visto o total de, aproximadamente, 6.500 visualizações na publicação, demonstrando que existem jovens interessados em ingressar no mundo de trabalho e não tem a devida chance.

Por fim, para provimento de vagas na companhia que iria cuidar das vagas na área de combate a Pandemia, na nossa querida Ribeirão das Neves, o Movimento Neves Jr divulgou o Processo Seletivo que alcançou, aproximadamente, 320 pessoas, de modo a garantir acesso as pessoas e provimento de importantes vagas neste período de COVID-19.

A divulgação de vagas de emprego chegaram a, aproximadamente, 12.500 pessoas, mostrando a necessidade que o trabalhador está de exercer seu ofício e levar dignidade a sua casa, assim como o compromisso do Movimento Neves Jr com o trabalhador, seja com aquele que empreende ou com o que colabora com o empreendimento de outros.

Além das atividades virtuais, ocorreu no mês de junho a doação de álcool em Gel para duas importantes instituições na nossa cidade. Continuando as atividades da Campanha Em Tempos de Pandemia, Solidariedade, foi entregue o primeiro lote, com aproximadamente 340 litros de álcool em gel, para o Instituto Bom Samaritano, na segunda-feira, dia 15 de junho, através das negociações do nosso orientador, Professor Márcio Rosa Portes, junto a Sra. Sônia Rodrigues, proprietária do Grupo Unibeleza, localizado em Belo Horizonte, foi possível a doação de mais 260 litros de álcool em gel para a Cidade dos Meninos (Sociedade São Vicente de Paula).

A presente atitude, associada aos serviços de consultoria prestados ao Instituto Bom Samaritano (IBS) e a Associação Bandeirantes (ABBA), reforça a atuação do Movimento Neves Jr junto as Instituições (ONG’s) que atuam com obras sociais, fazendo a caridade e a assistência social para pessoas em condições de vulnerabilidade social da nossa cidade.

O Movimento Neves Jr continua seguindo sua vocação solidária, com o trabalho dos voluntários, tanto na gestão quanto na execução das atividades, seguimos fortes e a disposição da sociedade nevense, sempre carregando conosco a máxima que nos fez nascer e existir, Em Tempos de Pandemia, Solidariedade.

________________

1 Júnio Cruz é Graduado em Gestão Pública, Estudante de Administração de Empresas no IFMG – Campus Ribeirão das Neves e de Ciências Econômicas, e atualmente é Diretor Presidente do Movimento Neves Jr.

0
0
0
s2smodern

Os artigos publicados são de inteira responsabilidade de seus autores. As opiniões neles emitidas não exprimem, necessariamente, o ponto de vista do RibeiraoDasNeves.net.

Casos suspeitos: 18.871

Casos confirmados: 5.692

Casos em presídios: 386

TOTAL DE CASOS: 6.078

Óbitos confirmados p/ Covid-19: 169

Casos curados: 5.245

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde de
Ribeirão das Neves 
Última atualização: 30/12/2020

 

bg contorno