All for Joomla All for Webmasters
Foto: Divulgação

Cultura

Ribeirão das Neves iniciou, em 2022, o Projeto Hora da Palavra, que tem como objetivo divulgar as três bibliotecas públicas municipais para os moradores, realizando encontros entre usuários e escritores ou pessoas que atuam na área da cultura nestes espaços. Com isso, as bibliotecas Ilka Maria Munhoz Gurgel, Terezinha de Carvalho Labanca, que são públicas, e Indústria do Conhecimento, que integra o Sesi, vão receber, ao longo do ano, três etapas deste evento cada uma.

As ações são realizadas sempre na última sexta-feira do mês, das 15h às 16h, de forma itinerante entre as três instituições, tendo sempre um convidado que trabalha na área da cultura para promover e despertar o interesse pelos livros e pela leitura.

A Superintende de Cultura do Município, Andréia Patrícia, que também é escritora, foi a criadora do projeto. Ela explica que a intenção da prefeitura é avaliar os resultados para, se possível, ampliar a realização dos eventos, para que cada biblioteca organize encontros mensais em seus espaços. "Nosso objetivo é levar as pessoas ligadas à literatura para que elas conversem com a população e falem do seu trabalho. Com isso, também divulgamos as bibliotecas municipais e seus acervos", detalhou.

O projeto teve início em março deste ano e segue até o mês de novembro e já contou com escritores, contadores de história, professores e historiadores em suas atividades. Em agosto a atividade será realizada na Biblioteca Ilka Maria Munhoz Gurgel, que fica na rua São Vicente, 62, no Centro,  e terá a participação da escritora e contadora de história Delba Menezes.

Para a bibliotecária Celme Aparecida da Costa, responsável pelo espaço do próximo evento, a expectativa é que o encontro proporcione uma boa interação com o público. "Vai ser um bate-papo gostoso e por recebermos uma escritora que é do município, então também vamos ter esse aspecto de fortalecer os laços locais. E essa atividade é importante nesse momento após a pandemia, porque as bibliotecas fecharam por muito tempo e algumas até nem reabriram, com isso o público, que esteve afastado, está voltando a frequentar a biblioteca", descreveu.

 

Foto: Divulgação

 

Celme também falou da importância de iniciativas para criar leitores e ampliar o contato com os livros. "São desafios constantes para os Bibliotecário e esse projeto é um caminho, mas também estamos buscando outros, como a atualização do telecentro que funciona na biblioteca. Estamos seguindo em frente, para não deixar a biblioteca fechar, pois sabemos o quanto ela é importante para a comunidade", finalizou.

 

Foto: Divulgação

 

 

Foto: Divulgação

 Confira o endereço e telefone das bibliotecas em Ribeirão das Neves:

Biblioteca Indústria do Conhecimento
Rua Pedro Leopoldo, 1915, B. Botafogo
Telefone: (31) 3638-2946

Biblioteca Terezinha de Carvalho Labanca
Rua Carmélia Loffi, 195, Justinópolis
Telefone: (31) 3638-1822

Biblioteca Ilka Maria Munhoz Gurgel
Rua Arlete de Oliveira Souza, 120, Centro
Telefone: (31) 3624-4356

 

Com informações do Conselho Regional de Biblioteconomia de Minas Gerais.

0
0
0
s2smodern

Cultura

A primeira edição do Festival de Cinema de Ribeirão das Neves será realizada entre os dias 17 e 20 de agosto. O evento prevê debates, oficinas e sessões de cinema que ocorrerão em vários espaços da cidade.

A programação contempla, no fim de semana, um verdadeiro cinema a céu aberto será montado em praça pública, com a exibição de filmes para a população – a exibição será na Praça do bairro Sevilha A, região central da cidade. Toda a programação é gratuita.

De acordo com os organizadores, o festival visa desenvolver o mercado do audiovisual no município, principalmente do cinema, a partir da construção de novos públicos para produções nacionais independentes e formação de novos produtores, diretores e demais profissionais do setor.

O evento é uma realização do Instituto Cultural Semifusa em parceria com o projeto Noite de Cinema e a empresa Abdução Filmes.

Confira programação completa:

 

Serviço

Festival de Cinema de Ribeirão das Neves
Data: 17 a 20/08
Local: Casa Semifusa, Cine Teatro Popular e Praça do Sevilha A
Preço: gratuito

 

0
0
0
s2smodern

Cultura

Cortes nobres da Parrila Uruguaia como bife de chorizo e paleta de cordeiro. Além do tradicional churrasco brasileiro com picanha, contrafilé, espetinhos e diversas comidas típicas de vários países estão no cardápio do 32° Churrascão do Lar dos Meninos, marcado para o dia 19 de agosto, às 20 horas, na sede da unidade que fica localizada no bairro Olhos d’Água, em Belo Horizonte.

É a oportunidade de experimentar diversas culinárias, apreciar bebidas e aproveitar os shows do cantor Bê Souza, da Banda Vire Mexe e do Pepê Figueiredo.

Os ingressos podem ser adquiridos pelo Sympla, retirados pessoalmente no Centro Administrativo do Sistema (rua dos Caetés, 741, Centro de Belo Horizonte), ou no Lar dos Meninos (rua São Vicente, nº 30, Bairro Olhos D’água). O valor do ingresso individual é vendido por R$229, criança por R$110 e casal por R$429.

O Churrascão é um dos mais antigos eventos beneficentes realizados pelo Sistema Divina Providência, que acontecia na Cidade dos Meninos, com o objetivo de gerar fluxo de caixa para as despesas geradas com a manutenção do projeto. "O Lar dos Meninos depende mensalmente de uma receita de cerca de R$ 180 mil. O valor arrecado nos ajuda nas diversas despesas e continuar proporcionando educação, esporte, profissionalização, entre outros, para diversos adolescentes", diz Thiago Nascimento, superintendente do Lar dos Meninos.

O evento é open bar e vai até 1h da manhã regado a chopp e coquetéis, além de bebidas não alcoólicas como suco, refrigerante e água. Além do churrasco, espaguete, pastéis e pizzas estarão no cardápio, assim como frutas tropicais da estação. Para sobremesa serão servidas iguarias típicas da gastronomia mineira como doce de leite, goiabada e doce de
mamão acompanhados de queijo minas.

Serviço

32º Churrascão do Lar dos Meninos
Data: 19/08
Horário: De 20h às 1h
Local: Rua São Vicente, 30, Bairro Olhos D’água - Belo Horizonte
Valores: convite individual R$ 229, criança R$110 e convite casal R$429

0
0
0
s2smodern

Cultura

A Paróquia de Nossa Senhora das Neves divulgou a programação religiosa da 83ª Festa da Padroeira. Neste ano, a programação vai do dia 27 de julho até o dia 7 de agosto.

Os destaques são a novena, que começa nesta quarta-feira (27), e a carreata em homenagem a Nossa Senhora das Neves, que acontece no dia 5 de agosto, Dia da Padroeira.

As celebrações serão transmitidas ao vivo pela página da Paróquia Nossa Senhora das Neves

Confira a programação completa:

0
0
0
s2smodern
Reprodução

Cultura

O prefeito Junynho Martins utilizou as redes socias nesta terça-feira (19) para anunciar a volta da tradicional Festa de Agosto, em comemoração à Padroeira de Nossa Senhora das Neves. Após dois anos sem a realização do evento em função da pandemia do coronavírus, neste ano as grandes atrações serão os sertanejos Cleiton & Camargo e Paula Fernandes.

A festa acontecerá nos dias 4, 5,6 e 7 de agosto no entorno do Estádio Municipal Ailton de Oliveira, na região central de Ribeirão das Neves.

Além dos shows renomados, completam o time de atrações musicais Gabriel Tadeu, Taty Gomes, Hannah Quaresma, Van Lopes, Igor Niz, Chega Junto, SambaduB, Vih Ribeiro e Tiago Rios.

Os ingressos para a festa deverão ser retirados gratuitamente no site Sympla

 

0
0
0
s2smodern

Cultura

O músico, cantor, violonista e compositor Talmer Oliveira, artista residente em Ribeirão das Neves-MG, lança seu primeiro single intitulado, “Ai Quem me Dera”, com as músicas “A Fábula dos Pássaros do Cerrado” e a que dá nome ao trabalho, “Ai Quem Me Dera”.

As duas composições são inspiradas nos grandes mestres dos clássicos do Samba brasileiro, como Dorival Caymmi, Adoniran Barbosa, Jamelão, Monsueto, Cartola, João Bosco e Chico Buarque. A música “A Fábula dos Pássaros do Cerrado” foi composta por Talmer Oliveira e escrita por ele e sua companheira Deisy Santos. A temática da canção paira sobre o trágico e o absurdo que é a irresponsável interferência humana sobre a natureza e os animais, desencadeando na destruição da fauna e da flora terrestre, sobretudo, no Cerrado.  

Já a música “Ai quem me dera” é inspirada nos tradicionais sambas de breque de teor cômico e social. Na antiguidade, o filósofo Aristóteles afirmou que a comédia era destinada aos homens inferiores, fato reproduzido até nossos dias atuais, no cinema, na televisão e em todas as artes que reproduzem a vida das pessoas humildes como cômica e banal.

A proposta da letra dessa canção é de desconstruir essa banalização da vida das pessoas humildes e socialmente excluídas, afirmando suas lutas e vivências. O lançamento é pelo selo Semifusa Ecos, nova iniciativa do Instituto Cultural Semifusa que objetiva a distribuição digital de música com foco em artistas periféricos.

O single será lançado nas plataformas digitais no dia 3 de setembro. Haverá live no canal do YouTube de Talmer às 19h.

0
0
0
s2smodern

O Bolinho, guloseima em forma de grafite tradicional na Grande BH, está ocupando, desde o último sábado (21), as paredes externas da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Justinópolis.

Quem estiver passando pela avenida Denise Cristina da Rocha, em Justinópolis, pode acompanhar o resultado do trabalho. O grafiteiro Leonardo Snake participou da pintura do muro.

O "presente" do Bolinho na UPA Justinópolis faz parte das comemorações de 12 anos do personagem.

0
0
0
s2smodern

A Paróquia de Nossa Senhora das Neves divulgou a programação religiosa da 82ª Festa da Padroeira. Neste ano, a programação vai do dia 24 de julho até o dia 5 de agosto, Dia da Padroeira.

Os destaques são a novena, que começa no dia 27 de julho, e a carreata em homenagem a Nossa Senhora das Neves, que acontece no dia 5 de agosto, quinta-feira.

Em função da pandemia do coronavírus, as celebrações serão feitas respeitando os protocolos sanitários. Para participar presencialmente, os fiéis deverão realizar agendamento prévio na secretaria da paróquia pelo telefone (31) 3625-0495.

As celebrações serão transmitidas ao vivo pela página da Paróquia Nossa Senhora das Neves

Confira a programação completa:

0
0
0
s2smodern

A noite do último sábado (3) foi especial. Mesmo sem o calor humano das edições anteriores, a Grande Final do 8ª Prêmio de Música das Minas Gerais, esteve memorável com show da cantora e compositora Aline Calixto, transmitido ao vivo do Teatro Municipal Manuel Franzen de Lima, de Nova Lima e o anúncio de Tamara Franklin, em primeiro lugar, com a música 'Estrupo', de sua autoria. A canção 'Meu Jardim', de Sérgio Pererê, de Belo Horizonte, interpretada por ele e pela cantora Mayí, ficou em 2º lugar e em 3º lugar a música 'Noite de São', de Leo Brasileiro, defendida pelo Grupo Guaimbê de Poços de Caldas.

A final contou com reapresentação das 12 finalistas, que estarão no CD online do festival. Além de prêmio em dinheiro, os vencedores ganharam um contrato com a iMusica para distribuição das canções na Claro Música. Os 60 classificados, entre os mais de 800 inscritos este ano, também poderão ser ouvidos na plataforma de streaming da Claro.

A vencedora desta edição, a rapper Tamara Franklin, nasceu e cresceu em Ribeirão das Neves. Tem 16 anos de carreira e dois alguns solos, “Anonima” e “Fugio”. Tamara agradeceu o reconhecimento ao seu trabalho e disse que ter uma composição que fala da condição do negro no Brasil e no mundo e as múltiplas violações de direitos, é uma imensa esperança. “Receber a notícia no dia 3 de julho, dia do combate à discriminação racial, e saber que a minha música foi eleita pelos jurados a melhor composição do Estado, é uma certeza de que os olhares e posicionamentos estão se propondo a mudar”, comemorou.

A edição deste ano do Prêmio celebrou a música mineira e seus talentosos compositores em apresentações online, o que possibilitou ao público conhecer o trabalho autoral dos artistas classificados. “Um mês inteiro de lives, que promoveram integração entre os músicos, público e todos os envolvidos. Uma festa linda que preencheu o coração neste momento tão duro e cumpriu com os objetivos do festival”, afirma Henrique Cunha, coordenação de comunicação do Prêmio.

A Grande Final do Prêmio de Música das Minas Gerais também foi transmitida ao vivo na Claro TV no canal 500 e pode ser revista no canal do Prêmio no YouTube. O Prêmio de Música das Minas Gerais é realizado através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais, com o patrocínio da Claro, apoio institucional iMusica e Claro Música, apoio da Apoio 7Meio Filmes, Prefeitura de Nova Lima, Rádio 98 FM BH, Rádio Cidade Juiz de Fora. Gestão da Espaço Ampliar, Nossa Senhora das Produções e Nossa Produtora, produção Trium Brasil e FEH e realização Governo de Minas Gerais, Governo diferente, Estado eficiente.

 

0
0
0
s2smodern

bg contorno