All for Joomla All for Webmasters

Copasa é acusada de cobrar por tratamento de esgoto inexistente a moradores de Justinópolis

Cerca de 37 mil usuários de 70 bairros da Copasa de Ribeirão das Neves podem ser indenizados por cobrança indevida.

Segundo a Arsae-MG, a agência que regula o serviço prestado pela companhia, os moradores pagaram por coleta e tratamento de esgoto que não estavam sendo feitos.

As cobranças indevidas superam R$ 5,6 milhões. No processo, a Arsae determina devolução em dobro, com correção, nas faturas seguintes.

De acordo com a agência, o problema ocorreu entre fevereiro e junho de 2020 por causa do rompimento de um interceptor e a paralisação da Estação de Tratamento de Esgoto de Justinópolis.

A Copasa, que ainda pode recorrer da decisão, até o momento não se manifestou sobre o assunto.

0
0
0
s2smodern

Casos suspeitos: 18.871

Casos confirmados: 5.692

Casos em presídios: 386

TOTAL DE CASOS: 6.078

Óbitos confirmados p/ Covid-19: 169

Casos curados: 5.245

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde de
Ribeirão das Neves 
Última atualização: 30/12/2020

 

bg contorno