All for Joomla All for Webmasters

Nailla Mara

O treinamento de força e hipertrofia conhecido como "musculação" nos oferece vários benefícios alem da estética.

Entende-se por hipertrofia o aumento do diâmetro da fibra muscular, ou seja, aumento de massa muscular e a força muscular segundo KOMI (2006) é a força ou torque máximos que um músculo ou grupo muscular pode gerar em velocidade específica ou determinada. Força é a quantidade máxima de tensão que um músculo ou grupamento muscular pode produzir em um padrão específico de movimento realizado em determinada velocidade (KNUTTGEN e KRAEMER, 2009).

Força muscular é uma capacidade física e por isso uma pessoa nasce com ela e apenas a desenvolve ao longo da vida. Ao treiná-la todos podemos ficar mais fortes à medida que vencemos os estímulos aplicados. Um treinamento específico pode melhorar essas variáveis alem de tonificar a musculatura; auxiliar na prevenção de doenças como a osteoporose (fortalecendo músculos e tendões que são ligados os ossos prevenindo a doença), portanto uma excelente atividade para os idosos alem de fortalecer ossos e músculos há o aumento de massa magra e diminuição do percentual de gordura retardando o processo de "sarcopenia", muito comum numa certa fase de nossas vidas, que é a perda de massa magra e fraqueza muscular; diminui o risco de doenças cardiorrespiratórias, hipertensão e diabetes; melhora o sistema imunológico; melhora o humor, dentre outros benefícios.

Portanto, aliado de uma boa alimentação e de um treinamento com acompanhamento de um profissional, não há motivos para você ficar parado. O importante é exercitar!

 

0
0
0
s2smodern

Hoje, as academias estão lotadas de “marombeiros”, pessoas que querem aumentar a força e a massa muscular, mas qual atividade seria adequada para atingir esse objetivo?

Os exercícios físicos são compostos por componentes o qual chamamos de “Componentes do Rendimento”, dentre esses componentes temos o que chamamos de resistência que é a “capacidade psicofísica do esportista de suportar a fadiga ou de recuperar-se  rapidamente do esforço físico.” (GRECO E BENDA, 2007). A resistência possui várias classificações entre elas têm a “Resistência Anaeróbia ou Anaeróbica” definida como a qual o suprimento de oxigênio não é suficiente para a combustão oxidativa, ou seja, são exercícios realizados sem a presença de oxigênio na célula, por se tratar de uma atividade de curta duração, não passando de um minuto, por isso, não dando tempo do oxigênio chegar até a célula. São exemplos destas atividades algumas provas do atletismo, natação e a musculação.

Para obter um ganho na massa e na força muscular a musculação é a atividade preferida para quem quer atingir esse objetivo. Para que isso ocorra é necessário combinar uma série de treinos melhor indicada para o seu biótipo, com uma alimentação rica em proteínas e descanso. Porque as proteínas? A contração muscular realizada durante uma atividade física ocorre através da síntese protéica. Porque o descanso? O nosso organismo se recupera no repouso e o tempo indicado é de 48 horas no mínimo, se isso não ocorre, o músculo fica fadigado e não ocorrerá a hipertrofia muscular (aumento da massa e da força muscular).

Portanto, a série de exercícios, a alimentação e o repouso estão diretamente ligados e andam juntos para que haja um melhor resultado. Todo e qualquer exercício físico deve ser feito sob orientação, para que não ocorra o contrário do que desejas.

0
0
0
s2smodern

Nos tempos de hoje, pergunta-se muito sobre o que é necessário para ter uma vida saudável? A procura do indivíduo por corpos “perfeitos” e peso ideal tem sido um dos maiores fatos que levam o ser humano a praticar exercícios físicos sem nenhuma orientação. As academias lotam meses que antecedem o verão, estação onde o indivíduo quer mostrar um corpo esbelto, mas esquece que para ter um corpo “perfeito” também é necessária uma saúde “perfeita”.

Procurar um médico antes de fazer qualquer atividade é sempre o indicado e todos nós sabemos. O médico diagnosticará problemas ou não, que possa a ver em nosso corpo. Em seguida fazer uma avaliação física é muito indicado, pois o avaliador físico analisará as informações de seu médico e as suas condições físicas e irá encaminhar-te para uma atividade adequada ao seu perfil biotipológico e físico. Procurar também um nutricionista te auxiliará na alimentação para manter uma dieta saudável.

Atividades consideradas “aeróbicas” (de maior duração), geralmente são as mais procuradas pelas mulheres, pois há maior perda calórica. Ex: Caminhada, bicicleta, dança, ginástica, natação, entre outras. As atividades consideradas “anaeróbicas” (de menor duração), geralmente são preferenciais nos homens, principalmente atividades que trabalham a força e a hipertrofia muscular, como exemplo a musculação.

Entretanto, para chegarmos à terceira idade, com saúde e bem-estar, a prática de um exercício físico e bons hábitos alimentares contribuirá para tal, mas não esquecendo que, praticar exercício físico tem que ser sob orientação de um educador físico, lembrando que médico não pode prescrever nenhuma atividade, somente o educador físico.

0
0
0
s2smodern

Para adquirir uma qualidade de vida relacionada à saúde é preciso entendermos qual a diferença entre atividade física e exercício físico.

Atividade Física é definida, segundo Caspersen (1985), como qualquer movimento corporal produzido pelos músculos esqueléticos que resulta em gasto energético maior do que os níveis de repouso, ou seja, são movimentos básicos executados no nosso dia a dia como, por exemplo: andar, descer e subir escadas, correr para pegar o ônibus, etc.

O exercício físico, segundo Pereira (2009), pode-se definir como “aquele que mantém ou aumenta a aptidão física em geral e tem o objetivo de alcançar a saúde e também a recreação. A razão da prática de exercícios inclui: o reforço da musculatura e do sistema cardiovascular; o aperfeiçoamento das habilidades atléticas; a perda de peso e/ou a manutenção de alguma parte do corpo”, ou seja, o exercício físico deve ser planejado, estruturado e repetitivo e sempre ser realizado sob orientação e/ou acompanhamento de um profissional, assim durante a prática será possível atingir os objetivos esperados se forem corretamente orientados.

A prática do exercício físico em nossa vida resulta-nos em benefícios com o nosso corpo e a mente. Sendo bem estruturado, planejado e orientado, os objetivos a serem alcançados pela prática do exercício físico serão benéficos à saúde, no caso contrário, um exercício físico praticado sem estrutura, sem planejamento e sem orientação resultará no efeito contrário ao objetivo esperado e ocasionará complicações à saúde.

Portanto, o exercício físico necessita de um planejamento e uma estrutura adequada para cada indivíduo. Seja qual for o motivo e o objetivo que queira alcançar através da prática de um exercício físico, procure um médico e um educador físico para orientá-lo, seja ele uma simples caminhada ou uma prática esportiva.

0
0
0
s2smodern

Nos últimos anos, tem-se usado e dito muito o termo “qualidade de vida”, afinal, o que seria qualidade de vida? Inúmeros autores e educadores físicos chegaram a conclusão que a qualidade de vida está relacionada ao bem estar do ser humano, seja ele relacionado à saúde, educação, emprego, ou seja, suas condições de vida. É um senso comum incluir a prática da atividade física, para alcançar a tão almejada “qualidade de vida”. Sabemos que, são os inúmeros benefícios que a prática da atividade física fornece à nossa saúde, mas está além do nosso físico, dentre esses benefícios incluem-se os aspectos psíquicos, cognitivos e afetivos-socias e a prática do lazer.

Com o passar do tempo a predominância de doenças do mundo contemporâneo tem participado cada vez mais da vida do indivíduo. Um exemplo é o “sedentarismo”. Ele é responsável por desencadear inúmeras patologias fisiológicas e psicologias ao individuo como a obesidade, hipertensão, estresse, dentre outras. A sociedade contemporânea visa a qualidade de vida em sucesso ocupacional, um lar adequado para se viver e uma família estável, onde não faltará conforto e bem estar, porém acabam esquecendo de cuidar do corpo e da mente.

Séculos passados a prática do exercício físico tinha como objetivo a formação de atletas, hoje ele visa a inclusão do indivíduo em atividades que o levarão a obter benefícios a sua saúde física e mental melhorando a sua qualidade de vida, que também melhorará seu desempenho no trabalho, escola, em casa, etc.

Portanto, no mundo contemporâneo os aparecimentos de patologias relacionadas ao modo de vida do individuo aumentam fazendo com que, diminua a qualidade de vida da população. O número de preocupações dos indivíduos e a “falta de tempo” contribuem para o “esquecimento” da prática do lazer e/ou de uma atividade física, mas sabemos que ela e uma alimentação saudável contribuirão para melhorar a sua qualidade de vida trazendo um bem-estar ao seu corpo e a sua mente.

0
0
0
s2smodern

Os artigos publicados são de inteira responsabilidade de seus autores. As opiniões neles emitidas não exprimem, necessariamente, o ponto de vista do RibeiraoDasNeves.net.

bg contorno