All for Joomla All for Webmasters

Aluna do IFMG em Ribeirão das Neves vence competição nacional sobre economia

A estudante do terceiro ano do curso Técnico Integrado em Administração do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (IFMG) do Campus Ribeirão das Neves, Lidia Nataly de Sousa, conquistou o primeiro lugar no desafio "Quero ser Economista 2020", organizado pelo Conselho Federal de Economia (Cofecon). A competição foi realizada entre os dias 4 e 29 de maio, e os inscritos deveriam responder a desafios propostos semanalmente pela organização. O resultado da competição foi divulgado este mês, e a conquista rendeu à Lidia uma premiação de R$ 1.500,00.

Segundo a aluna, o primeiro lugar foi muito comemorado. "O sentimento é de muita felicidade e gratidão, principalmente por ter sido algo que eu me empenhei bastante para alcançar", comentou. Ainda de acordo com Lidia, a vontade de participar do desafio é antiga. Desde o ano passado, quando conheceu a competição em uma aula de introdução à economia, a jovem já demonstrou interesse, porém, não conseguiu participar ativamente naquele ano.

Já em 2020, a história foi diferente. Lidia lembrou-se do desafio e decidiu realizar sua inscrição. Além disso, segundo ela, a disputa tornou-se ainda mais importante devido à pandemia do coronavírus, já que as aulas estavam suspensas e a competição era uma maneira de manter-se em contato com os estudos. "Por ter participado do desafio durante a quarentena, consegui me dedicar durante as semanas", afirmou.

Sobre a competição

O desafio "Quero ser Economista", realizado virtualmente, teve o objetivo de aproximar e trabalhar conteúdos econômicos junto a estudantes secundaristas de todo o Brasil. Para isso, o Cofecon propôs desafios diários que incluíam o acompanhamento de vídeos nos quais economistas apresentavam temas relevantes à área, a solução de "enigmas" relacionados a pensamentos econômicos e, ainda, a resolução de atividades propostas pela organização.

Na última semana de competição, os participantes tiveram que gravar um vídeo, de até dois minutos, tratando de um tema econômico de escolha livre. Os materiais foram postados na página do desafio no Facebook e no Instagram e aqueles que chegaram a 100 curtidas e 10 comentários conquistaram a classificação para a final.

Em sua produção, Lidia abordou a noção de economia comportamental e ainda contou com a participação do servidor do IFMG, Gilberth Santos, que fez a tradução para a Linguagem Brasileira de Sinais. Sobre este recurso, a estudante afirmou que a ideia partiu de uma atenção à acessibilidade. Além disso, Lidia ainda ressaltou que, nos anos anteriores, nenhum vídeo contou com esse recurso, por isso também decidiu incluir. "Eu não queria que meu vídeo fosse excludente, o tema é muito interessante e eu sinto que todos deveriam ter acesso", disse.

Sobre o tema, a estudante disse que a escolha do conceito de economia comportamental como pano de fundo do vídeo se deu a partir de uma questão proposta ao longo da competição que despertou seu interesse. "Eu me identifiquei bastante com o tema por relacionar questões mais sociais, que são da minha área de interesse".

Os vídeos classificados para a final, dentre eles o de Lidia, foram avaliados por uma comissão que atribuiu pontos às produções, segundo critérios como clareza na explanação, coerência, precisão, relevância, criatividade e originalidade. Essa pontuação foi somada aos pontos conquistados ao longo das semanas e, no caso de Lidia, a aluna obteve 1940 pontos ao final da competição. Com o resultado, a jovem sagrou-se campeã da edição de 2020 do desafio.

Contribuições acadêmicas

A aluna ainda avaliou a competição como uma ferramenta importante para seu desenvolvimento acadêmico e pessoal. "Acredito que o desafio contribui em diversos aspectos, como em minha maturidade acadêmica, e que também é uma conquista muito importante, que de certa forma sempre vai me marcar como o início de um percurso maior, tanto acadêmico quanto pessoal", completou.

Por fim, a jovem revelou um desejo de que sua vitória sirva de inspiração para outras alunas e estudantes negras de todo o Brasil. "Espero que seja um bom exemplo para outras meninas pretas verem que podem ocupar qualquer espaço que quiserem", finalizou.

 

0
0
0
s2smodern

Casos em acompanhamento: 6.561

Casos confirmados: 1.121

Casos em presídios: 264

TOTAL DE CASOS: 1.385

Óbitos confirmados p/ C0ovid-19: 26

Casos curados: 831

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde de
Ribeirão das Neves 
Última atualização: 13/07/2020

 

bg contorno