All for Joomla All for Webmasters

Em junho, Ribeirão das Neves registrou aumento de mais de 500% nos casos de coronavírus

Ribeirão das Neves iniciou, nessa terça-feira (30), a fase de regressão no funcionamento do comércio do município, onde apenas estabelecimentos de serviços considerados essenciais podem abrir as portas. A medida é, segundo a Prefeitura, uma resposta aumento no número de casos confirmados de coronavírus na cidade, que teve um acréscimo de 528% no mês de junho.

No primeiro boletim epidemiológico do mês, Ribeirão das Neves registrava 94 casos e 2 óbitos em decorrência de complicações da Covid-19. Já nesta terça-feira (30), último dia do mês, o município, de acordo com o relatório da Secretaria Municipal de Saúda, tinha 590 pacientes infectados e 14 mortos pelo coronavírus. Um aumento de 528% no número de ocorrências da doença no sexto mês de 2020.

Durante o mês, o prefeito Junynho Martins (DEM) editou dois decretos. A partir do dia 13 de junho, acabou-se com rodizío de horários (bancos no turno da manhã e comércio à tarde/noite) e houve a proibição do funcionamento de setores específicos. Do dia 30 em diante, novo decreto ainda mais rigoroso determinou o funcionamento apenas dos serviços considerados essenciais. Nesse sentido, Ribeirão das Neves seguiu os passos de grandes cidades como Belo Horizonte, Contagem e Betim no recuo da flexibilização do funcionamento do comércio.

 

Evolução dos casos de coronavírus em Ribeirão das Neves
0
0
0
s2smodern

Casos em acompanhamento: 8.930

Casos confirmados: 2.085

Casos em presídios: 287

TOTAL DE CASOS: 2.372

Óbitos confirmados p/ Covid-19: 66

Casos curados: 1.593

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde de
Ribeirão das Neves 
Última atualização: 03/08/2020

 

bg contorno