All for Joomla All for Webmasters

Cinegrafista da TV Globo é agredido durante reportagem na UPA Justinópolis

Um repórter cinematográfico da Globo Minas foi agredido e teve parte da câmera quebrada na manhã desta terça-feira (30) na UPA Justinópolis, em Ribeirão das Neves.

De acordo com o site G1, Alexandro Ribeiro e a repórter Larissa Carvalho estavam no local fazendo reportagem sobre dengue e ouviam reclamações de pacientes que disseram que esperavam mais de 15 horas para serem atendidos. Enquanto a equipe registrava a situação, dois homens de uniforme preto escrito Guarda Patrimonial tentaram impedir o trabalho e um deles deu um tapa nas costas do repórter cinematográfico e ainda danificou o equipamento.

Ainda segundo o G1, a agressão ao profissional da Globo Minas não foi pior porque pacientes que estão na recepção da UPA intervieram.

A Polícia Militar (PM) foi chamada pela coordenação da UPA e os policiais tentavam organizar o atendimento.

Em nota, a Prefeitura afirmou lamentou o episódio e prometeu tomar as providências necessárias. "A agressão é um atentado aos profissionais que cumpriam seu dever e não se coaduna com o perfil e nem as orientações da atual Administração. A Prefeitura Municipal de Ribeirão das Neves pede desculpas à emissora pelo fato, lamentável sob quaisquer aspectos e informa que todas as providências estão sendo tomadas para apurar responsabilidades pelo episódio".

Veja a íntegra da nota emitida pela Prefeitura

Fomos informados na manhã desta terça feira, 30 de abril, que uma equipe de jornalismo da TV Globo foi agredida nas portas da UPA de Justinópolis, em Ribeirão das Neves, por um dos guardas patrimoniais que ali trabalham. A agressão é um atentado aos  profissionais que cumpriam seu dever e não se coaduna com o perfil e nem as orientações da atual Administração.

A Prefeitura Municipal de Ribeirão das Neves pede desculpas à emissora pelo fato, lamentável sob quaisquer aspectos e informa que todas as providências estão sendo tomadas para apurar responsabilidades pelo – insistimos – lamentável episódio.

 

0
0
0
s2smodern

Casos em acompanhamento: 8.930

Casos confirmados: 2.085

Casos em presídios: 287

TOTAL DE CASOS: 2.372

Óbitos confirmados p/ Covid-19: 66

Casos curados: 1.593

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde de
Ribeirão das Neves 
Última atualização: 03/08/2020

 

bg contorno