All for Joomla All for Webmasters

UPA Justinópolis

  • Acidente deixa vítima fatal na Avenida Denise Cristina da Rocha, em Justinópolis


    Uma pessoa morreu e outros três ficaram feridas em um acidente nesta segunda-feira (30) na avenida Denise Cristina da Rocha, em Justinópolis. Um carro de passeio chocou-se contra um poste e ficou destruído.

    De acordo com informações da TV do Povo, um homem, que não teve a identidade divulgada, foi jogado para fora do veículo e morreu na hora. As demais vítimas ficaram feridas e foram encaminhadas para a UPA Justinópolis e para o Hospital João XXIII, em Belo Horizonte.

    A polícia isolou o local e desviou o trânsito pelas ruas da região até a normalização do fluxo.

    Readmore
  • Câmara cria comissão especial para apurar irregularidades em atestados de médicos


    A Câmara Municipal instalou, na reunião dessa terça-feira (27) uma comissão especial para investigar supostas irregularidades na apresentação de atestados de saúde por médicos que atuam na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Justinópolis, em Ribeirão das Neves.

    A decisão foi tomada depois de denúncia do vereador Ramon do Girico (MDB), que na última segunda-feira (26) fez uma transmissão ao vivo pelas redes sociais para denunciar uma médico que, segundo o parlamentar, deveria estar de plantão na UPA mas estava atendendo em seu consultório particular, que seria no Hospital Lifecenter, na zona sul de Belo Horizonte, depois de comunicar que estava com problemas de saúde.

    No vídeo, Ramon do Girico marcou uma consulta com o médico no consultório particular no mesmo horário que o mesmo deveria, ainda conforme o vereador, estar atendendo na UPA. Assim que o médico abriu a porta do consultório, o parlamentar o questionou sobre a apresentação de atestado falso e o clima esquentou.

    Com a repercussão do caso, a Câmara decidiu pela abertura da comissão especial, que será formada, além do próprio Ramon, pelos vereadores Carlinhos Figueiredo (MDB), Fábio Caballero (PPS), Neuza Mendes (PPS) e Vanderlei Delei (PTC).

    Ainda durante a reunião da Câmara, o vereador Ramon afirmou que o médico lhe fez ameaças pelo telefone e que o Secretário Municipal de Saúde, Júnior Mota, teria desligado o profissional do município. "O médico William Bicalho me ligou hoje, me processa que você vai perder seu CRM. O secretário de Saúde prontamente demitiu esse vagabundo", revelou.

    O que dizem as partes

    O RibeiraoDasNeves.net conversou com o Dr. William Bicalho Hastenreiter por telefone. Ele disse que é vítima de perseguição e ameaças pois vem "denunciando medidas adotadas pela gestão municipal", como o corte de salários de médicos e demissões em massa. Especificamente sobre a denúncia do vereador, William afirmou que a mesma não procede, pois ele jamais apresentou atestado médico ao município na segunda-feira, dia 26 de novembro, e que o vereador marcou consulta em horário anterior ao do início do plantão. O médico afirmou também que vai comprovar todos os fatos em juízo, uma vez que pretende acionar o parlamentar na Justiça.

    Por meio da assessoria de imprensa, o Hospital Lifecenter afirmou que não atende a especialidade de pediatria, que o mesmo exerce na UPA, e o médico citado não faz parte do corpo clínico do hospital. "No mesmo complexo em que o hospital está localizado também estão instalados um hotel, um estacionamento, uma farmácia, lojas e um condomínio de consultórios particulares com administrações distintas e portarias independentes sem nenhuma conexão com a área hospitalar", informou.

    Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde confirmou que a demissão do médico William Bicalho Hastenreiter ocorreu nessa terça-feira (27). Segundo o órgão, o pediatra era funcionário contratado de livre nomeação e exoneração. "A administração já vem acompanhando vários casos de cumprimento de carga horária. Com essa denúncia, foi mais uma concretização disso. Nosso maior objetivo é o atendimento aos usuários", disse o secretário Júnior Mota.

    Readmore
  • Cinegrafista da TV Globo é agredido durante reportagem na UPA Justinópolis


    Um repórter cinematográfico da Globo Minas foi agredido e teve parte da câmera quebrada na manhã desta terça-feira (30) na UPA Justinópolis, em Ribeirão das Neves.

    De acordo com o site G1, Alexandro Ribeiro e a repórter Larissa Carvalho estavam no local fazendo reportagem sobre dengue e ouviam reclamações de pacientes que disseram que esperavam mais de 15 horas para serem atendidos. Enquanto a equipe registrava a situação, dois homens de uniforme preto escrito Guarda Patrimonial tentaram impedir o trabalho e um deles deu um tapa nas costas do repórter cinematográfico e ainda danificou o equipamento.

    Ainda segundo o G1, a agressão ao profissional da Globo Minas não foi pior porque pacientes que estão na recepção da UPA intervieram.

    A Polícia Militar (PM) foi chamada pela coordenação da UPA e os policiais tentavam organizar o atendimento.

    Em nota, a Prefeitura afirmou lamentou o episódio e prometeu tomar as providências necessárias. "A agressão é um atentado aos profissionais que cumpriam seu dever e não se coaduna com o perfil e nem as orientações da atual Administração. A Prefeitura Municipal de Ribeirão das Neves pede desculpas à emissora pelo fato, lamentável sob quaisquer aspectos e informa que todas as providências estão sendo tomadas para apurar responsabilidades pelo episódio".

    Veja a íntegra da nota emitida pela Prefeitura

    Fomos informados na manhã desta terça feira, 30 de abril, que uma equipe de jornalismo da TV Globo foi agredida nas portas da UPA de Justinópolis, em Ribeirão das Neves, por um dos guardas patrimoniais que ali trabalham. A agressão é um atentado aos  profissionais que cumpriam seu dever e não se coaduna com o perfil e nem as orientações da atual Administração.

    A Prefeitura Municipal de Ribeirão das Neves pede desculpas à emissora pelo fato, lamentável sob quaisquer aspectos e informa que todas as providências estão sendo tomadas para apurar responsabilidades pelo – insistimos – lamentável episódio.

     

    Readmore
  • Número de casos suspeitos de dengue se multiplica 23 vezes no ano em Ribeirão das Neves


    Ribeirão das Neves já registrou em 2019, até o momento, 5.400 casos suspeitos de dengue. O número é 23 vezes maior que os 233 casos sob suspeita registrados no ano passado. Para encarar a situação, a Secretaria Municipal de Saúde vai realizar, nesta sexta-feira (3), a partir das 7h30, a ação "Todos contra o mosquito Aedes Aegypti", com concentração no pátio da Prefeitura a partir das 7h30.

    O objetivo, segundo a pasta, é convocar os nevenses a vistoriar casas e quintais e,  simultaneamente, realizar a coleta de materiais inservíveis e recicláveis em pontos estratégicos, a fim de eliminar criadouros do mosquito transmissor da doença.

    O alarmante número de casos suspeitos da doença se reflete na procura nas unidades de saúde do município, como o Hospital São Judas Tadeu e as UPAs Justinópolis e Joanico. Para reforçar o atendimento aos pacientes, a SMS criou duas unidades de reposição volêmica (hidratação), uma na UPA Justinópolis, com atendimento de 7h às 19h, e outra nas dependências da Cidade dos Meninos, aberta de 8h às 17h.

    Readmore
  • Padrasto é suspeito de espancar enteada de 4 anos; vítima teve perna quebrada


    Uma menina de quatro anos deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento de Justinópolis nesse domingo (24) com a perna quebrada após ser vítima de agressão.

    De acordo com a Polícia Militar (PM), o principal suspeito é o padrasto dela, de 19 anos. A mãe da vítima disse que ao chegar do trabalho percebeu que a filha estava muito machucada e a levou para a UPA.

    O padastro foi encontrado em casa, ele tentou fugir, mas foi pego pelos policiais. Ele confessou o crime e alegou que estaria "corrigindo" a criança.

    A vítima foi transferida para o Hospital de Pronto Socorro João XXIII, em Belo Horizonte. O suspeito foi levado para a delegacia de Ribeirão das Neves.

    Readmore
  • Para enfrentar pandemia do Coronavírus, Ribeirão das Neves possui 12 respiradores artificiais


    No cenário de pandemia do Coronavírus, Ribeirão das Neves tem apenas 12 respiradores artificiais, equipamento essencial para o atendimento de pacientes acometidos com gravidade pela doença, disponíveis em suas unidades de Saúde do município. A informação foi revelada nessa segunda-feira (13) pelo prefeito Junynho Martins (DEM), durante transmissão ao vivo pela internet.

    De acordo com o chefe do Poder Executivo, 8 dos equipamentos estão em funcionamento, e 4 estão em manutenção por um parceiro da iniciativa privada. "Nós temos 12 (respiradores), quatro estão em manutenção na Fiat Chrysler", disse Junynho.

    Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), um dos grandes problemas no enfrentamento da pandemia é a precariedade do sistema de saúde, com falta de leitos, unidades de terapia intensiva (UTI), médicos especialistas e os equipamentos essenciais para enfrentar o vírus, como respiradores.

    No Hospital São Judas Tadeu e nas duas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) não existem leitos de UTI. O RibeiraoDasNeves.net apurou, junto a profissionais de Saúde do município, que existem 6 respiradores na Hospital, e um em cada UPA - instada a ratificar a informação, a Administração Municipal não retornou o nosso questionamento.

    A OMS orienta que o mínimo recomendado de um leito de UTI para cada 10 mil pessoas. Como Ribeirão das Neves tem estimado pelo IBGE 335 mil habitantes, o sistema de saúde municipal, portanto, deveria ter, no mínimo, 33 vagas de terapia intensiva.

    Readmore
  • Reunião na ALMG vai discutir situação de pacientes de UPAs em Ribeirão das Neves


    Debater a situação de pacientes das UPAs de Ribeirão das Neves (Região Metropolitana de Belo Horizonte), especialmente os que necessitam de atendimento especializado. Esse é o objetivo principal da audiência pública que a Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) realiza nesta quarta-feira (9), às 9h, no Plenarinho III.

    De acordo com o gabinete do deputado Iran Barbosa (PMDB), que solicitou a reunião, a solicitação da audiência partiu do vereador de Ribeirão das Neves Ramon Romagnoli, que estaria verificado falhas, principalmente atrasos, nas transferências de pacientes para a Capital, o que já teria provocado inclusive algumas mortes.

    Além de representantes de Ribeirão das Neves, também foram convidados para a reunião gestores de outros municípios vizinhos.

    Readmore
  • Unidades de Saúde de Ribeirão das Neves começam a receber novos ventiladores pulmonares


    A Prefeitura de Ribeirão das Neves recebeu, nesta segunda-feira (29), o primeiro lote com 10 ventiladores pulmonares para equipar a rede pública de Saúde do município no atendimento aos pacientes acometidos com quadro grave de Covid-19.

    De acordo com o secretário Rodrigo Augusto Vieira, serão destinados cinco aparelhos para o Hospital São Judas Tadeu, quatro para a UPA Justinópolis e um para a UPA Centro, que estarão funcionando a partir da próxima quarta-feira (1º). Segundo ele, ainda haverá nova entrega de mais 10 unidades nas próximas semanas e a doação de mais 4 aparelhos de um consórcio de saúde. .

    A chegada dos aparelhos de respiração mecânica acontece a 15 dias da previsão do pico da pandemia do coronavírus. "A gente espera que não precise usar. A gente pede à população o uso correto da máscara e só sair de casa se for extremamente necessário", reforçou Rodrigo.

    O prefeito Junynho Martins (DEM), acompanhado do vice-prefeito Vitório Junior (PSD), visitou a área do hospital na qual estão sendo instalados os aparelhos. "É muito importante que você faça a sua parte, evitando aglomeração. Vamos chegar ao número de 35 leitos semi-intensivos no município", declarou o chefe do Executivo nevense.

    Segundo a assessoria da Prefeitura de Ribeirão das Neves, o valor pago por cada respirador foi de aproximadamente R$ 60 mil. 

    Histórico

    No início da pandemia do coronavírus, Ribeirão das Neves possuia apenas 12 respiradores artificiais, sendo que 8 dos equipamentos estavam em funcionamento e 4 em manutenção. 

    Os aparelhos estarão funcionando a partir de quarta-feira nas unidades. O valor pago por cada respirador foi de R$ 60.300,00, com um total de R$ 603.000,00 (seiscentos e três mil reais).
    Readmore
  • UPA Joanico volta a abrir as portas à população; hospital ainda restrito às urgências


    Depois de ficar aproximadamente 10 dias fechada devido à tempestade do fim de novembro, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Joanico Cirilo de Abreu, no Centro de Ribeirão das Neves, retomou o atendimento à população no último final de semana.

    De acordo com a Prefeitura, a unidade recebeu profissionais e pacientes que estavam no Hospital São Judas Tadeu para atender clínica médica, ortopedia e cirgurgia ambulatorial de urgência.

    O hospital continua atendendo apenas casos de urgência e emergência, com risco eminente de morte. A pediatria que era feita no São Judas Tadeu passa a atender na UPA Justinópolis.

    Depois do desastre, o município já recebeu sinalização do Governo Federal de que irá receber mais de R$ 3 milhões para recuperar as unidades de saúde atingidas pelas chuvas, sendo R$ 2 milhões anunciados na última segunda-feira (4) e R$ 1 milhão pelo presidente Michel Termer na última quinta (7).

    Readmore
  • UPA Justinópolis é fechada por suspeita de caso de sarampo em adolescente


    A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Justinópolis acaba de ser fechada neste domingo (1º) em função da suspeita de uma adolescente infectada por sarampo.

    De acordo com informações da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o atendimento foi restrito, conforme protocolo da área, e só serão atendidos casos de urgência e emergência. Uma equipe de imunização está sendo mobilizada para acompanhar o caso na unidade.

    O secretário de Saúde, Junior Mota, afirmou que todos os pacientes e servidores que tiveram contato com a adolescente serão vacinados. A orientação da secretaria é que, quem precisar de atendimento nas próximas horas, deverá se encaminhar ao Hospital São Judas Tadeu ou à UPA Centro.

    Em nota, a Prefeitura afirmou que a jovem não estava com cartão de vacina em mãos e, consequentemente, não comprovou se é imunizada contra a doença. Veja a íntegra da nota:

    A Prefeitura de Ribeirão das Neves, através da Secretaria de Saúde, informa que  uma adolescente deu entrada na unidade com alguns sintomas suspeito de sarampo. A jovem não estava com o cartão de vacina e, consequentemente,  não comprovou se é imunizada. Por esse motivo, para preservar os pacientes presentes na UPA Acrizio, ocorreu um bloqueio. A UPA foi fechada para vacinar todos os presentes. Após o bloqueio e  vacinação, a unidade será reaberta e a paciente isolada, até a confirmação dos exames.

    Atualização:A Secretaria de Saúde informou, no fim da tarde deste domingo (1º), que o atendimento na unidade já foi restabelecido.

    Readmore
  • Viatura da Guarda Civil Municipal sofre perda total em acidente na LMG-806, sentido Centro


    Readmore

Casos em acompanhamento: 8.930

Casos confirmados: 2.085

Casos em presídios: 287

TOTAL DE CASOS: 2.372

Óbitos confirmados p/ Covid-19: 66

Casos curados: 1.593

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde de
Ribeirão das Neves 
Última atualização: 03/08/2020