All for Joomla All for Webmasters

Polícia

A Polícia Civil (PC) realizou, nesta quarta-feira (4), uma operação contra o tráfico de drogas no distrito do Veneza, em Ribeirão das Neves.

De acordo com a corporação, foram cumpridos ao menos sete mandados de busca e apreensão, com objetivo de fazer levantar indícios para apontar alvos suspeitos de comendar bocas de fumo.

Ainda segundo a PC, foram apreendidos aparelhos celulares, dinheiro em espécie e drogas. Um homem com antecedentes foi conduzido para a Delegacia de Ribeirão das Neves.

0
0
0
s2smodern

Polícia

Um jovem de 22 anos foi morto a tiros na noite dessa sexta-feira (22) na Avenida dos Nogueiras, próximo à Câmara Municipal de Ribeirão das Neves. Ele era detento do regime semiaberto e estava retornando à penitenciária José Maria de Alkimin depois de trabalhar.

De acordo com a Polícia Militar (PM), testemunhas informaram que ouviram disparos de arma de fogo por volta das 20h. Uma pessoa informou que uma motocicleta vermelha e um Pálio prata passaram em alta velocidade no local no sentido bairro Sevilha B.

Quando os militares chegaram ao local, a  vítima já estava sem vida. Após perícia da Polícia Civil (PC), foi constatado que o jovem teve diversas lesões por disparos de arma de fogo por todo o corpo.

A vítima tinha passagens por homicídio consumado em 2014 e homicídio tentado em 2016, além de tráfico de drogas e posse ilegal de armas.

0
0
0
s2smodern

Polícia

O Ministério Público de Minas Gerais (MP-MG) promoveu, na tarde desta sexta-feira (22), na sede da Procuradoria-Geral de Justiça, em Belo Horizonte, uma coletiva de imprensa para dar detalhes da Operação Oitavo Círculo, realizada nesta manhã na Prefeitura de Ribeirão das Neves.

O promotores Peterson Queiróz Araújo, da 2ª Promotoria de Justiça da comarca de Ribeirão das Neves, e Fabrício José da Fonseca Pinto, do Grupo de Atuação Especial de Promotores de Defesa do Patrimônio Público (GEPP), explicaram que existem robustos indícios de que 12 pessoas desviaram recuros públicos mediante pagamento de serviços de locação de máquinas pesadas, como tratores e retroescavadeiras, que nunca foram prestados.

"Eles prestavam um número menor de horas de prestação de serviços de máquinas pesadas, mas recebiam pelo valor total do contrato. Não havia, portanto, comprovação dos valores recebidos, o que demonstra o indício de peculato, que é o desvio de dinheiro público", disse o promotor Fabrício José.

De acordo com os promotores, a ação desta sexta serviu para levantar provas e verificar a possibilidade de desvios em contratos das empresas com outros municípios da Grande BH. Essa foi a primeira fase da operação, cuja investigação segue em segredo de Justiça e os nomes dos envolvidos não foram revelados. Os promotores afirmaram, porém, que o prefeito Junynho Martins (PSC) não é alvo dessa investigação.

Segundo o MP, os crimes que estão sendo apurados são organização criminosa, peculato e fraude eml licitação. Há ainda indícios de corrupção e lavagem de dinheiro.

Na operação desta sexta, ainda confome os promotores, foram apreendidos R$ 17 mil em espécie em Sete Lagoas e R$ 4 mil em Belo Horizonte. Os envolvidos não conseguirar comprovar a origem do dinheiro e os valores foram depositados em juízo.

Em nota à imprensa, o prefeito Junynho Martins disse ser muito cedo para comentar qualquer coisa sobre o ocorrido, mas afirmou ter determinado a abertura imediata de uma auditoria interna, buscando detectar as irregularidades alegadas pelo o Ministério Público. "Nós também queremos saber, com a máxima transparência, a verdade dos fatos", disse o chefe do Executivo nevense.

0
0
0
s2smodern

Polícia

A Prefeitura de Ribeirão das Neves divulgou, no início da tarde desta sexta-feira (22), uma nota de esclarecimento acerca da operação policial ocorrida nesta manhã.

Na nota, a Prefeitura afirma que não há o que comentar neste momento e que é necessário esclarecer que não houve nenhuma prisão efetuada nesta operação, que tampouco contou com a participação da Polícia Federal. A administração municipal ainda desmentiu que a operação tenha tido suporte aéreo, conforme diziam as primeiras informações do dia.

O governo também informou que, em função da intervenção ocorrida, os serviços foram suspensos no período da manhã, mas retornam normalmente no expediente vespertino.

Veja a íntegra da nota:

A prefeitura de Ribeirão das Neves foi alvo de uma operação policial na manhã desta sexta-feira, realizada pela Polícia Civil.
Segundo o mandado expedido pelo judiciário, foram feitas apreensões de alguns documentos referentes a licitações de máquinas e veículos .
Como se trata de procedimento investigatório, o Governo entende que não há maiores comentários a se fazer neste momento. É preciso aguardar o que essas investigações irão concluir.
Neste momento o que a Prefeitura Municipal pode fazer para esclarecer seus servidores e o público é apenas desmentir situações e “fakes news” que surgiram nas redes sociais:
01 - NÃO HOUVE nenhuma prisão decretada e nem realizada nesta investigação
02 - NÃO HÁ participação da Polícia Federal nesta ação. Trata-se, como dito acima, de ação executada pela POLÍCIA CIVIL, agindo a pedido do Ministério Público.
03 - Não é verdade que a operação teria contado com suporte aéreo. O helicóptero que foi visto sobrevoando a Prefeitura nesta manhã é de uma emissora de TV.

Finalmente, a Prefeitura informa que em função da intervenção desta manhã, decidiu suspender os serviços no período matutino, retornando seu expediente normal a partir  das 12 horas com serviços internos e atendimento ao público.
Tão logo tenhamos maiores informações voltaremos a publicar através de Nota Oficial, como forma de coibir a ventilação de informações desautorizadas, algumas postadas com outras intenções que visam apenas aumentar a confusão do público.
Ribeirão das Neves 22/11/2019
PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DAS NEVES

 

0
0
0
s2smodern

Polícia

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) deflagrou na manhã desta sexta-feira (22), com o apoio da Polícia Militar e da Polícia Civil de Minas Gerais, uma operação na manhã desta sexta-feira (22) na Prefeitura de Ribeirão das Neves. O foco da ação conjunta é combater crimes cometidos pela administração pública, entre eles fraudes licitatórias que teriam desfalcado os cofres públicos em R$ 4,3 milhões.

De acordo com o MP, foram expedidos 22 mandados de busca e apreensão na sede da prefeitura de Ribeirão das Neves e em Justinópolis, e em sedes de empresas e residências de investigados em Ribeirão das Neves, Belo Horizonte, Sete Lagoas e Ibirité.

A força policial se concentrou no gabinete do prefeito e no pátio da sede do Poder Executivo municipal. Agentes fortemente armados fazem vigília em frente a um posto de gasolina no bairro São Pedro, onde existe um conjunto de lojas no qual funcionam várias empresas.

Segundo o MP, uma organização criminosa composta por empresários, agentes públicos e políticos teriam executado crimes de fraude à licitação e de peculato. O objetivo da quadrilha era desviar recursos públicos mediante pagamentos por serviços não prestados no setor de locação de máquinas pesadas.

Em nota, a Prefeitura de Ribeirão das Neves afirmou ter orientado os servidores municipais que colaborem com a polícia e com o Ministério Público para garantir total acesso aos documentos públicos na investigação que está sendo realizada no município.

Ainda segundo a nota, a Administração Municipal está apurando as informações junto à polícia, pois desconhece qualquer ato de irregularidade da atual gestão e, assim que estiver tudo esclarecido,  fará um pronunciamento oficial.

 

0
0
0
s2smodern

Polícia

Uma batida parou o trânsito no fim da tarde dessa quarta-feira (9) na rotatória de entroncamento entre a LMG-806 e a Avenida Eduardo Brandão, em Ribeirão das Neves. No carro atravessado na pista estavam dois homens que fugiam da polícia.

Os bandidos roubaram o carro na saída de um supermercado em Justinópolis. Um motorista de aplicativo e uma passageira com criança no colo foram ameaçados e obrigados a sair do veículo e, na sequência, os bandidos fugiram.

As vítimas avisaram a polícia na mesma hora. Os militares cercaram as principais vias da região para tentar prender os criminosos. Eles passaram em frente ao 40º Batalhão, onde lhes foi solicitado que parassem o veículo. No entanto, eles evadiram do local e a perseguição começou.

Após a batida, os criminosos tentaram fugir a pé. Um deles tentou sacar uma arma de fogo da cintura e foi alvejado pelos militares. Com um tiro na perna, ele foi socorrido sob escolta ao hospital  sem perigo de morte. O comparsa se entregou à polícia.  

Com eles, foram apreendidos uma réplica de pistola, um revólver, telefones celulares e o dinheiro apurado no roubo. De acordo com a PM, o jovem baleado havia saído há poucos dias da prisão tendo migrado para o regime semiaberto.
 
A ocorrência deu um nó no trânsito da região. Foram formados quilômetros de congestionamento até que os trabalhos da polícia fosse finalizado.

0
0
0
s2smodern

Polícia

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, na noite dessa terça-feira (10) um carregamento de 50 mil maços de cigarros aromatizados contrabandeados de produção na Indonésia. A apreensão ocorreu por volta das 22h45, no KM 508 da BR-040, em Ribeirão das Neves.

Durante atividade da Operação Lábaro, os agentes abordaram um caminhão na cor vermelha. Em conversa com os policiais, o condutor demonstrou grande contradição.

Com isso, foi feita busca minuciosa no veículo, onde foi encontrado um compartimento falso de, aproximadamente, 12 metros cúbicos na parte do baú do veículo. Ao ser aberto, foi possível perceber a existência de diversas caixas de cigarros aromatizados.

Diante da carga oculta encontrada, o homem confessou aos policiais que receberia R$2 mil pelo transporte.

De acordo com a PRF, a ocorrência foi encaminhada para a Polícia Federal de Belo Horizonte.

 

Com informações da PRF.

0
0
0
s2smodern

Polícia

Um homem foi morto a tiros na madrugada deste domingo (25) após ter tentar invadir uma casa pelo telhado no bairro Florença, em Ribeirão das Neves.

De acordo com a Polícia Militar (PM), um dos moradores disse que o pai, ao ouvir os passos do suspeito, pegou o revólver calibre 38 e acertou três disparos no suspeito, que não foi identificado, sendo dois no tórax e um no braço.

Ainda segundo a corporação, o homem que efetuou os disparos, um idoso de 61 anos, fugiu do local e ainda não foi localizado pela polícia. A ocorrência foi encerrada na delegacia de homicídios de Ribeirão das Neves.

0
0
0
s2smodern

Dois homens foram presos suspeitos de estelionato na madrugada desta sexta-feira (23), no bairro Atalaia, em Ribeirão das Neves. Na casa de um deles, foram apreendidas várias cédulas de identidade utilizadas para aplicar golpes.

A Polícia Militar (PM) foi acionada pela esposa de um deles, que afirmou ser vítima de violência doméstica. A mulher relatou que estava em seu trabalho quando foi ameaçada pelo marido e o amigo. Os dois estavam armados e fugiram, segundo a vítima.

Na casa da mulher, a PM encontrou diversos espelhos de cédula de identidade com fotos, sem fotos e nomes diferentes em cima do sofá. Ela disse que o marido, junto com o comparsa, aplica golpes se passando por outras pessoas.

De acordo com a polícia, algumas vítimas já teriam registrado boletins de ocorrência por ter nomes e CPFs sendo utilizados de forma indevida.

0
0
0
s2smodern

Cinco homens foram presos suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas, na manhã desta quarta-feira (21), em uma operação realizada pela Polícia Civil na região do bairro Veneza, em Ribeirão das Neves.

De acordo com a corporação, a ação policial começou na semana passada com o objetivo de cortar a ligação de criminosos já presos com traficantes que ainda estão na rua.

Na última sexta-feira (16), 12 detentos foram ouvidos na delegacia. Nesta quarta, a operação teve continuidade e foram cumpridos três mandados de prisão e outros três busca e apreensão. Outros dois homens foram presos, sem mandados, porque também são suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas.

Ainda de acordo com o delegado que comanda os trabalhos, a operação vai continuar nos próximos dias. A polícia espera cumprir outros 15 mandados de prisão.

0
0
0
s2smodern

A Polícia Civil deflagrou, nesta quinta-feira (25), a Operação "Muro Limpo" para cumprir mandados de busca e apreensão contra pichadores simultaneamente em Ribeirão das Neves, Belo Horizonte, Contagem e Esmeraldas.

No total, a Justiça mineira expediu oito ordens judiciais. Em nota, a Polícia Civil informou que o objetivo da ação é "coibir crimes de pichação e crimes de dano ao patrimônio público e privado praticados por associação criminosas".

De acordo com o delegado Eduardo Figueiredo, da Delegacia Estadual de Investigação de Crimes Contra o Meio Ambiente (DEMA), em todos os endereços foram encontrados materiais que fazem ligação dos alvos com as infrações.

Atualmente, a punição para quem é flagrado pichando patrimônio público é de, no máximo, três anos de detenção.

0
0
0
s2smodern

bg contorno