All for Joomla All for Webmasters

Maria das Graças de Oliveira

  • Desemprego e inflação em Ribeirão das Neves são muito maiores que no Brasil, apontam pesquisas


    Se antes da pandemia a economia brasileira já não era das melhores, o Coronavírus trouxe ainda mais incertezas e aprofundou a crise no país. Em Ribeirão das Neves, pesquisas indicam que a situação econômica, especialmente no que tange inflação e desemprego, também são preocupantes. O tema foi discutido nessa terça-feira (2) numa live com o professor Márcio Rosa Portes e o diretor da Neves Consultoria Jr, Júnio Cruz.

    Com relação à inflação, uma pesquisa feita pelo campus Ribeirão das Neves do Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG), coordenada pela professora Maria das Graças de Oliveira, mostrou que o índice médio apurado no município, no período entre novembro de 2019 e fevereiro de 2020, foi de 16%. No Brasil, o IPCA, índice que mede a inflação, foi de apenas 2,13% no mesmo período. Além disso, a pesquisa mostrou ainda que dentro do próprio município o índice varia bastante: -1% na região Central, 20% em Justinópolis, e 18% no distrito do Veneza.

    Segundo o professor Márcio, a diferença percebida entre as regiões do município se deve à questão da oferta e demanda. "Existe uma baixa oferta. No Veneza, não temos oferta variada de supermercados. Se melhorar a competição entre as empresas, o preço tende a cair", explicou. Em Justinópolis, segundo o professor, o fenômeno é a proximidade da capital que faz a diferença. "É muito comum o morador de BH comprar na cidade vizinha. O maior poder aquisitivo desse público faz o comerciante elevar seus preços", acrescentou. "No centro você tem a maior oferta e os preços caem", finalizou.

    A pesquisa também coletou o preço médio da cesta básica em R$ 367,88 no município. Novamente, existem variações, sendo as mais caras em Justinópolis (R$ 389,40) e Veneza (R$ 375,46), e a mais barata na região Central (R$ 341,56). A título de comparação, o Dieese registrou, em fevereiro deste ano, o gastou mensal de R$ 459,10 em Belo Horizonte.

    Desemprego

    A pesquisa do desemprego nasceu a partir de um trabalho de conclusão de curso de uma moradora de Justinópolis, Dina Costa, em um curso de gestão pública. Ela foi feita com base num universo de 328 entrevistados, sendo 50% da região Central 37% de Justinópolis e 13% do Veneza.

    No quesito ocupação, 24% das pessoas se declararam desempregados, 22% empregados da iniciativa privada e 18% do setor público. Empreendedores e empresários somaram 11%, mesmo percentual de estudantes. Dos ocupados, 64% afirmaram exercer suas atividades na cidade e 36% em outros municípios. "Se considerarmos que Ribeirão das Neves tem aproximadamente 200 mil habitantes na população economicamente ativa, o percentual corresponde a 48 mil pessoas desempregadas", alertou o professor Márcio.

    A taxa de desemprego do Brasil subiu para 12,6% no trimestre encerrado em abril, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua Mensal (PNAD Contínua), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Ou seja, o desemprego em Ribeirão das Neves é, conforme aponta a pesquisa, praticamente o dobro do índice verificado no país.

    Para Dina, responsável pela condução da pesquisa, a explicação de tal diferença pode ter resposta na escolaridade média da população nevense. "Baixa escolaridade é igual a alto desemprego, o que indica que a cidade carece de treinamento profissional para dirimir essa diferença entre as taxas", avaliou.

    O bate papo sobre inflação e desemprego está disponível no Facebook e no Youtube. Veja abaixo:

     

     

    Readmore
  • Dos campos à gestão: a história do nevense ilustre Wilson Piazza contada no IFMG


    O ex-jogador do Cruzeiro e da Seleção Brasileira, Wilson Piazza, esteve no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (IFMG) em Ribeirão das Neves na última semana para realizar uma palestra em comemoração ao Dia do Administrador a convite da Diretora Maria das Graças de Oliveira e do estagiário Júnio Cruz, do Curso de Administração.

    O convidado, que nasceu e viveu em Ribeirão das Neves até os 11 anos de idade, abordou o tema "Dos Campos à Gestão: a História de Wilson Piazza", onde contou sua trajetória enquanto ex-atleta profissional que após o fim da carreira passou a atuar como gestor de empresas e de associações de assistência a antigos jogadores.

    O palestrante motivou a todos a buscar seus objetivos de modo a enfrentar as barreiras impostas pela e vida e profissão e expôs também a dificuldade de migrar dos campos para uma área gerencial.

    Por fim, Wilson Piazza parabenizou o Instituto Federal pelo trabalho com os estudantes e pela formação das futuras gerações de Ribeirão das Neves e distribuiu autógrafos aos presentes.

     

    Readmore
  • IFMG faz doação de 300 protetores faciais à Secretaria de Saúde de Ribeirão das Neves


    O Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG) realizou, na última quarta-feira (20), a entrega de 300 protetores faciais a instituições de saúde em Ribeirão das Neves.O EPI (Equipamento de Proteção Individual) será utilizado por profissionais que atuam no atendimento a pacientes infectados pelo novo coronavírus.

    As doações foram destinadas à Prefeitura, que realizará a distribuição para as unidades de saúde. No total, o IFMG já distribuiu gratuitamente 22 mil protetores faciais para instituições de saúde pública em 18 municípios do Estado.

    No ato de entrega, a instituição de eniso foi representada pela diretora-geral do campus Ribeirão das Neves, Maria das Graças Oliveira, e do diretor de Administração e Planejamento, Philipe Fioravante. Em meados de abril, o IFMG já havia realizado a entrega de 400 litros de álcool 70% para a Secretaria de Saúde de Ribeirão das Neves para utilização nas unidades hospitalares da cidade.

    A produção dos protetores tipo "face shield" é resultado do acordo de cooperação do IFMG com indústria de borrachas com sede em Mateus Leme, iniciativa que faz parte do projeto "Rede de Colaboração”. Esse acordo permitirá a produção de até 27.440 unidades desse equipamento de proteção que será utilizado por profissionais que atuam no atendimento a pacientes infectados pelo Coronavírus.

     

    Readmore
  • IFMG se destaca no ranking de escolas do Enem 2019; veja as notas das instituições nevenses


    O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (IFMG) obteve destaque entre as escolas públicas de Minas Gerais em mais uma edição do ranking de desempenho das escolas do Brasil no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2019). Os dados foram divulgados pelo Ministério da Educação, no dia 26 de junho, e tabulados pela startup Evolucional.

    Em Ribeirão das Neves, o IFMG se destacou com a melhor média das escolas analisadas, com 605 pontos de média, melhor colocação no ranking. Em segundo lugar, ficou a E. E. Alizon Themoter Costa, com média de 524 pontos. Fechando o pódio, ficou a E. E. Cidade dos Meninos, com média de 514 pontos.

    O levantamento da Evolucional analisou os dados dos alunos que cursaram o terceiro ano do Ensino Médio em 2019 e não tiraram nota zero em nenhuma das provas objetivas e na redação. A média de cada escola só foi calculada se, pelo menos, metade dos concluintes estiveram no Enem, respeitada a participação mínima de dez alunos.

    A professora Maria das Graças Oliveira, diretora-geral do campus Ribeirão das Neves, celebrou os resultados. "A comunidade acadêmica está orgulhosa e feliz. E mais, apesar das dificuldades advindas da pandemia, nos sentimos motivados a buscar maior qualidade e desempenho no desenvolvimento de nossos alunos", comemorou.

     

    Enem por escola 2019 - Plataforma Evolucional

     

     

    Readmore
  • Rua de acesso à portaria principal do IFMG será asfaltada ainda neste ano


    A Prefeitura de Ribeirão das Neves e o Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG) anunciaram, nessa sexta-feira (24), que a rua Vera Lúcia de Oliveira Andrade, que dá acesso à entrada principal da instituição de ensino, será asfaltada no âmbito do programa Asfalto Novo.

    A intervenção é uma demanda antiga da comunidade escolar que, sem acesso pela rua do Fórum, tem que dar a volta no bairro Sevilha B até acessar a entrada secundária do IFMG. A situação é mais crítica para os alunos, que precisam caminhar por aproximadamente 30 minutos para chegar até a portaria 2.

    De acordo com a Prefeitura, a via, de cerca de 500 metros, será pavimentada ainda este ano. "O orçamento para a reestruturação desta via ficará em torno de R$1.000.000,00 (um milhão de reais), e a obra será realizada com recursos próprios da prefeitura", disse a administração municipal, em nota. Ainda segunda a Prefeitura, o edital de licitação para a realização dessa obra foi publicado nessa quinta-feira (23), cujo certame está previsto para agosto.

    Pelas redes sociais, a deputada estadual Andréia de Jesus (PSOL) afirmou ter destinado uma emenda parlamentar para ajudar na pavimentação da entrada principal do Campus. "Foi liberada emenda no valor de R$265.000,00, indicada para o asfaltamento da rua de acesso principal ao Instituto Federal (IFMG), no campus de Ribeirão das Neves", declarou.

    Em nota, a diretora-geral do Campus Ribeirão das Neves, Maria das Graças de Oliveira, afirmou que a melhoria das condições de acesso ao campus trará benefícios para toda população nevense. "A pavimentação trará qualidade de vida para todos que acessam o campus, uma vez que a nova estrutura viária permitirá acesso seguro e rápido pela via, bem como melhor acesso aos fornecedores no suprimento de mercadorias dentro do campus", avaliou. A diretora ainda afirmou que a partir do atendimento dessa demanda o IFMG tende a crescer na cidade. "A obra de pavimentação será primordial para ampliação da estrutura do campus, aumentando a oferta de cursos e vagas para alunos do município", finalizou.

    Readmore

Casos em acompanhamento: 8.930

Casos confirmados: 2.085

Casos em presídios: 287

TOTAL DE CASOS: 2.372

Óbitos confirmados p/ Covid-19: 66

Casos curados: 1.593

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde de
Ribeirão das Neves 
Última atualização: 03/08/2020