All for Joomla All for Webmasters

Violência em Neves preocupa

Olá amigos do portal RibeiraoDasNeves.net!

Já usamos este espaço para falar sobre educação, transporte, saúde e agora chegou a hora de falarmos sobre a violência em Ribeirão das Neves. Por mais que o assunto seja delicado, polêmico ao ser discutido e traga uma visão negativa quando é relacionado com nossa cidade, precisamos falar sobre isso.

Como se não bastasse essa repercussão negativa divulgada diariamente nos meios de comunicação, infelizmente as últimas notícias que teremos de abordar não são nada boas. É que os índices de violência, no aspecto geral, aumentaram em nossa cidade. Dados do Atlas da Violência, divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), mostram que Neves ocupa o terceiro lugar em taxa de homicídios entre as cidades com mais de 100 mil habitantes. O município ficou atrás apenas de Betim e Governador Valadares.

Outro dado alarmante e que precisa ser levado à luz da sociedade, são os altos índices de violência contra a mulher. Uma pesquisa recente mostrou que em média, por mês, cerca de 40 mulheres entram com um pedido de medida protetiva na cidade, algo muito assustador e preocupante. São vítimas que em último caso precisam recorrer à esfera judicial para resguardar a própria vida.

Apesar dos números exagerados, o fato talvez não seja surpresa para quem reside na cidade, já que é só lembrar que todos os dias nos deparamos com notícias desse tipo nas páginas policiais. No entanto, esses dados não podem ser apenas contabilizados e virarem estatísticas. Quando o assunto é violência, é obrigação do Estado dar condições de ir e vir à sociedade. Segurança é de âmbito estadual, no poder público.

E para que isso aconteça, uma série de ações precisam ser adotadas e colocadas em prática. A ampliação das parcerias entre os órgãos de segurança e a comunidade, programas de prevenção à criminalidade, principalmente, com o terceiro setor/ONGs, podem ser uma das opções.

Nessa "guerra" para redução dos números da violência, o município também deve contribuir. É preciso que hajam maiores cobranças junto às autoridades estaduais para aplicação de medidas mais efetivas. E que a administração também faça a sua parte. Um caso recente na cidade, foi da base administrativa da Polícia Militar (PM), que ficava na entrada do Veneza. Em função de problemas com irregularidades no imóvel, o local acabou sendo fechado. A base foi transferida para uma localidade distante do ponto principal da região, fator que acabou prejudicando os moradores e comerciantes. Uma situação simples, que poderia ter sido resolvida sem que os munícipes fossem prejudicados.

Caso não sejam adotadas medidas voltadas especificamente para Neves, elaboradas em conjunto pelo Governo do Estado e a administração municipal, os índices de violência continuarão  sendo destaque nos veículos de comunicação. Ações de contrapartida, intensificação das estratégias do efetivo de Guarda Municipal são apenas o início de uma série de providências que precisam ser tomadas, urgentemente.

Volte em breve! Um abraço e até a próxima!!

0
0
0
s2smodern

Os artigos publicados são de inteira responsabilidade de seus autores. As opiniões neles emitidas não exprimem, necessariamente, o ponto de vista do RibeiraoDasNeves.net.

Casos em acompanhamento: 12.543

Casos confirmados: 3.162

Casos em presídios: 307

TOTAL DE CASOS: 3.469

Óbitos confirmados p/ Covid-19: 127

Casos curados: 2.703

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde de
Ribeirão das Neves 
Última atualização: 21//09/2020

 

bg contorno